16 novembro 2010

O Trânsito no Crato - Por: LUCIELDO MOREIRA DE OLIVEIRA


Como em qualquer grande centro, o transito na cidade do Crato-CE, começa a nos preocupar. Preocupar por quê? Bem se observarmos a cada dia que se passa mais veículos está sendo colocados em circulação em nosso município e as autoridades responsáveis por essa situação, nada tem feito para conter ou amenizar o grande caos que se formou hoje pelas ruas centrais de nossa cidade.

Um volume absurdo de veículos, principalmente motos e nenhuma política sócio educativa para um transito mais organizado. Hoje o pedestre colocar o pé na faixa de segurança e é mesmo que assinar a sua sentença de morte, um absurdo, um verdadeiro vandalismo. Vez por outra presencio carros e motos passarem ali na Praça Siqueira Campos em alta velocidade, colocando em risco a vida dos pedestres.

Ai, eu me pergunto. O que faz hoje o DEMUTRAN para coibir isso? Absolutamente nada, a não ser multar sem nenhum precedente e colocar redutores de velocidades pela manhã, para que os vândalos arranquem durante a noite, para na próxima manhã os agentes de transito estarem colocando redutores de velocidades de novo, as famosas “tartarugas”. Uma vez postei um tópico no Orkut, perguntando o porquê de não se colocar lombadas eletrônicas em nossa cidade, pois o percentual de apressadinhos que passam em alta velocidade nas lombadas eletrônicas é quase zero. Ai um agente de transito me respondeu que o custo para tal beneficio era absurdo e inviável. Bom eu acho que o fabricante dessas “tartarugas já ganhou dinheiro que dava pra comprar umas 300 lombadas eletrônicas.

Motos. Hoje em quase todos os quarteirões do centro tem um posto de motos. Uma coisa absurda. Existe também os próprios donos de estabelecimentos comerciais que fazem questão de estacionar o seu veiculo novo em frente a sua loja, ocorrendo com isso a perda de um estacionamento para o cliente de sua própria loja. Dá pra entender isso?

Bom trago aqui algumas sugestões para a problemática. Criação da zona azul; Colocação de agentes em todas as faixas de pedestres e realização de uma campanha de educação antes de se multar; Colocação de lombadas eletrônicas e criação de estacionamento para motos.

LUCIELDO MOREIRA DE OLIVEIRA
CORRETOR DE IMÓVEIS

2 comentários:

  1. Oportuníssima esta postagem!

    E o pior, Lucieldo: todos (eu escrevi todos) se julgam donos dos espaços de estacionamento na cidade de Crato.

    Exemplifiquemos UMA ÚNICA RUA: a Tristão Gonçalves, popularmente conhecida como “Rua da Vala”.
    Lá proliferam dezenas de placas, tipo: “Estacionamento privativo”.
    Qualquer dono ou inquilino de um imóvel, naquela rua, passa uma mãe de cal na casa e pinta também no meio-fio da calçada – por conta própria – uma faixa amarela, proibindo as pessoas de estacionar.

    A Rua da Vala virou uma casa de Mãe Joana!

    Aliás, tem um portão enorme com este aviso: “Não estacione. Evite que seu carro seja rebocado”.
    Faltou dizer quem é o dono do pedaço, que dispõe a seu bel prazer do guincho do Demutran.

    Gaiatice!

    E o Demutran (que só sabe multar) nem substituiu a lâmpada do sinal existente na esquina com a Rua Bárbara de Alencar (que de tão velha não é mais verde, virou uma tonalidade cinza) ainda permite que funcionários multem e apliquem pontos negativos nas carteiras dos desamparados proprietários de veículos, que numa emergência, estacionem por poucos momentos diante de um “estacionamento privativo”, que os donos da rua criaram.

    Você tem razão: o trânsito de Crato é o maior problema hoje desta cidade.

    A única coisa que fazem é colocar blocos de concreto ou tartarugas nas estreitas ruas da cidade...
    Tivéssemos visão de futuro teriam implantado – quando nada – a zona azul nestas ruas centrais, já que os motoristas não têm direitos e os proprietários dos espaços urbanos usam e abusam – ao seu bel prazer – desses “estacionamentos privativos” ignorados pelo Demutran...

    ResponderExcluir
  2. Concordo com a postagem,,

    O trânsito está cada vez pior, levando-se em consideração o desenvolvimento da região, e a facilidade com que se compra um veículo hoje em dia, o número de automóveis está cada vez maior.

    A dificuldade em arranjar uma vaga para estacionar hoje em dia é uma coisa impressionante, as vezes da vontade de voltar pra casa pois parece impossível. Eu que trabalho proximo a praça Siqueira Campos, as vezes preciso estacionar meu carro na Praça da Sé ou então lá na R. Pedro II.

    O DEMUTRAN precisa criar medidas que melhorem o fluxo dos veículos assim como garantam maior segurança para a população, como foi citado anteriormente, não se respeitam mais as faixas para passagem dos pedestres. Já aconteceu comigo de parar antes da faixa para esperar um pedestre passar e o carro que vem atrás do meu ficar buzinando impacientemente, como se eu estivesse agindo de forma errada.
    Absurdo atrás de absurdo, falta de educação e conhecimento.

    Abraço,

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.