13 novembro 2010

MEC divulga gabarito do Enem

O Ministério da Educação (MEC) já disponibilizou os gabaritos das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A divulgação tinha sido impedida por uma liminar que suspendeu a avaliação, mas o dispositivo foi derrubado nesta sexta-feira, 12, pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

O MEC vai reaplicar o Enem para estudantes que tenham sido prejudicados pelo erro nos 21 mil cadernos de prova amarelos que apresentaram erro de montagem e não continham todas as 90 questões. O ministério acredita que a maioria dos candidatos conseguiu trocar o material e fez a avaliação sem dificuldades. Até o momento, o levantamento da pasta aponta que cerca de 200 candidatos farão um novo exame.

Confira abaixo os arquivos com os gabaritos do Enem 2010 clicando:

Sábado

Prova amarela
Prova branca
Prova azul
Prova rosa

Domingo

Prova amarela
Prova cinza
Prova azul
Prova rosa

Fonte: Agência Brasil

Um comentário:

  1. Enem - UMA VERGONHA NACIONAL,
    O Governo lançou uma pá de lama de vez na educação brasileira ao não anular o ENEM deste ano. Cofirmado erro de 100% das provas com gabarito errrado e a falta de informação dos fiscais para orientar os candidatos em todo o país por si só justificaria a anulação ainda que o presidente do INEP tenha ido na mídia dizer que todos os fiscais informaram aos candidatos como proceder. É uma mentira descabida. Converse com os fiscais em quaisquer locais de aplicação das provas pelo Brasil e com os candidatos. Imagine o transtorno para um candidato que está se submetendo a uma seleção disputada se deparar com esa situação sem saber como marcar o gabarito. Para quem enfrentou algum concurso saberá o abalo emocional. Enquanto em alguns lugares os fiscais orientaram para ignorar a ordem do gabarito. Isto caracteriza a quebra do princípio da igualdade entre os candidatos.
    Para não bastar vem o problema das provas amaelas nas quais o governo concentrou a atenção. O ministro vem defendendo inclusive pressionou a justiça federal e a OAB para dizer que é capaz de fazer outra prova para estes candidatos em igualdede de condições. É no mínimo chamar a justiça e a população de imbecil. Ainda que de forma subjetiva conseguisse fazer outra prova no mesmo nivel estes candidatos estariam com grande vantagem em relação aos demais porque já saberiam o nível da prova e terão cerca de 30 dias a mais para fazer esta prova. Isto é igualdade de condições?
    Fora isto são as denúncias em todo o páis da falta de segurança do concurso. Tem denúncias em todo o país de candidatos portando celular e ligado durante a realização das provas além de denúncias de vazamento do tema da redação.
    O mais impressionante é a justiça suspender a liminar da justiça federal do Ceará ouvindo apenas o ministro da educação. Será que há indepedência de poderes no Brasil?

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.