21 novembro 2010

Coluna Armando Rafael -- Notícias do Cariri

Belezas da Chapada do Araripe
1 -- Esta belíssima foto – feita pelo jornalista Antônio Vicelmo foi publicada no “Diário do Nordeste”, na edição do último dia 17 – e mostra a Ponte de Pedra, existente no município de Nova Olinda. Trata-se de um dos mais bonitos cartões-postais do Cariri. Segundo o paleontólogo Álamo Feitosa: “esta ponte corresponde a uma geoforma esculpida em arenitos, resultado da erosão provocada pela água ao longo de milhões de anos. No passado, a ponte era usada como caminho para os índios Kariris para ter acesso a uma fonte de água cristalina que ainda hoje existe nas proximidades”.

2Já as duas fotos abaixofeitas por Heládio Teles Duartesão do Arajara Park, localizado no município de Barbalha (e distante apenas 14 km de Crato), um parque ecológico e temático dotado de muitas atrações e equipamentos de diversão, entre eles dois tobogãs, várias piscinas e um riacho artificial.














A mais rara das virtudes
Juazeiro do Norte cultiva a gratidão para com seus benfeitores. Monsenhor Francisco Murilo de Sá Barreto, falecido há cinco anos, já é nome do Centro de Apoio aos Romeiros e de uma ponte construída sobre o Rio Salgadinho. Mas a população quer mais. E pediu ao governador do Ceará que o Hospital Regional tivesse o nome do Vigário do Nordeste. Pedido aceito, promessa cumprida! No próximo dia 10 de dezembro, com a presença do Presidente da República, será inaugurado o Hospital Regional Monsenhor Murilo de Sá Barreto. Homenagem merecida.

Regional da CNBB se reunirá em Crato
Que litoral que nada! O Regional Nordeste 1 da CNBB–Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, que engloba as 9 dioceses do Ceará, escolheu a cidade de Crato para sediar a sua assembléia anual, em 2011. A reunião acontecerá entre os dias 12 e 14 de novembro, no Centro de Expansão Dom Vicente Matos, localizado no bairro Granjeiro. Além dos bispos de Crateús, Crato, Fortaleza, Iguatu, Itapipoca, Limoeiro do Norte, Quixadá, Sobral e Tianguá, virão também os presidentes das Pastorais dessas dioceses, num encontro que reunirá mais de 100 religiosos. O Presidente da CNBB-NE 1 é o arcebispo de Fortaleza, Dom José Antônio Aparecido Tosi Marques.

Manda quem pode, obedece quem tem juízo
É sério. Sem temer a possibilidade de ser vaiado pela população (como vem ocorrendo sempre que aparece em solenidade pública), o prefeito de Juazeiro do Norte, Manoel Santana (PT), deverá participar – no próximo dia 10 de dezembro – da inauguração do Hospital Regional Monsenhor Murilo de Sá Barreto, ao lado do presidente da República e do governador do Estado. A estratégia que o prefeito juazeirense vai usar – para neutralizar a provável vaia – será mandar bom número de servidores da Prefeitura para aplaudi-lo na hora que seu nome for anunciado. Coisa que já fez em outras oportunidades, a exemplo da votação do seu impeachment em sessão da Câmara Municipal.

Espírito natalino
A mídia anuncia com estardalhaço que o Cariri “já está vivendo o espírito natalino”. Qual espírito? Sou do tempo em que a finalidade principal do Natal era lembrar o nascimento do Menino Jesus, início da redenção da humanidade. Época que as famílias participavam da Missa do Galo e ornamentavam suas casas com as tradicionais lapinhas. Tempo no qual as pessoas enviavam e recebiam cartões natalinos, com coloridas ilustrações da Sagrada Família no estábulo de Belém (à esquerda) ou com os Reis Magos e seus camelos atravessando um deserto. (à direita) Hoje o Natal se resume ao consumismo desenfreado. As novas catedrais são os Shoppings com pisos de granito e ar-condicionado, onde as pessoas fazem filas para as compras. A noite de 24 de dezembro passou a ser a data da “ceia”, esta feita em meio aos drinks e comidas importadas: chester, panetone, nozes, amêndoas e frutas cristalizadas. Momento onde as atenções são divididas entre a árvore dos presentes e a telinha global, exibindo o show anual de Roberto Carlos. Pouca gente se lembra do Menino Jesus... Podem me tachar de saudosista inveterado, mas sinto falta do espírito de natal de antigamente...



Decadência dos Correios
Quem ainda cultiva o antigo hábito de expedir cartões de Natal, via ECT, vai ter o desprazer de ver os selos carimbados com carimbos enormes, feios e sem estética, similares aos usados nos atrasados países africanos. Além da corrupção, amplamente denunciada pela mídia nos últimos oito anos, bem como o constante atraso na entrega das correspondências, os Correios brasileiros regrediram também até nos carimbos. Antes eles eram confeccionados em metal. Hoje são feitos de borracha, (veja um protótipo ao lado) lembrando mais os antigos cortadores de bolacha existentes nas padarias do passado. Triste!

Memória do Crato
Este 2010 lembra o centenário de conclusão da parte inferior da torre do lado norte, da Catedral de Nossa Senhora da Penha. Na verdade existem duas datas – gravadas em alto relevo – naquela torre: 1910-1911. É que a parte superior só foi concluída um ano depois. Construída pelo vigário da então Matriz de Crato – padre Quintino Rodrigues de Oliveira e Silva – nomeado três anos depois primeiro bispo desta diocese, é idêntica a outra torre, a do lado sul, que levou dez anos para ser construída: 1852-1863. Sobre Dom Quintino assim escreveu o historiador Irineu Pinheiro: “Dom Quintino (quando bispo) manteve aberto o seminário local, fundou colégios, inaugurou a primeira cooperativa de crédito no sul do Estado, o Banco do Cariri. Notável sua ação espiritual através de pregações, visitas pastorais, etc. Morreu paupérrimo, em 28 de dezembro de 1929, tendo dado tudo o que ganhou em sua longa vida de padre e bispo”.

Curtas
*** Entre os dias 28 de fevereiro e 3 de março de 2011, o arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, se reunirá com cerca de 100 padres daquela arquidiocese, em retiro espiritual no Centro de Expansão Dom Vicente Matos, em Crato. Depois da reunião do clero pernambucano, o bispo e os padres das dioceses de Cajazeiras (PB) e Palmeira dos Índios (AL) virão a Crato com o mesmo objetivo.

*** Promovida pela Secretaria de Cultura e Turismo de Missão Velha foi aberta nesta 5ª feira, 18, no Cariri Clube daquela cidade a mostra "Luiz Gonzaga na Terra da Luz rumo ao Centenário". O evento segue até o próximo dia 24. O centenário de nascimento de Gonzagão será em 2013. Luiz Gonzaga tinha grande afeto pelo Crato, que considerava como a sua segunda cidade. Será que Crato também vai ser ingrato com o cantor e deixará seu centenário passar em brancas nuvens?

*** Completou um ano e dois meses que foi colocada uma enorme placa do “Governo da Revolução Democrática” (sic), na Praça Feijó de Sá, localizada no triângulo Crajubar em Juazeiro do Norte, anunciando a reforma daquele logradouro. Gozador, o povo juazeirense comenta que a obra ou é financiada pelo PAC ou só tem um pedreiro e um servente, pois a reconstrução se arrasta em passo de tartaruga.

*** Dom Fernando Panico regressou de Roma na última 4ª feira, dia 17. No do próximo dia 12 de dezembro ele irá a Sobral participar da sagração do novo bispo daquela diocese, dom Odelir José Magri.

*** Na próxima 2ª feira, dia 22, a Diretoria do Fórum de Turismo e Cultura do Cariri/ Fecomercio/Sebrae promovem sua reunião mensal no prédio da Câmara de Vereadores,
em Santana do Cariri.

*** Na foto abaixo, a maquete do Portal da Fé, previsto para ser construído numa das entradas de Juazeiro do Norte. A imagem dispensa maiores detalhes sobre a originalidade do portal, que se for feito virará atração turística...



11 comentários:

  1. Caro Armando

    Li sua coluna e muito me admirou a gratidão que o povo de Juazeiro tem com seus benfeitores. É por isso que essa cidade tem quase 250 mil habitantes. Um povo que trabalha, que reinvindica, que luta por melhoramentos.
    Enquanto isso, o nosso querido Crato reclama de tudo que tinha e perdeu. E o que é pior: seu povo e especialmente seus "políticos"(?) não possuem o sentimento da gratidãoo. Dom Vicente um dos maiores benfeitores do Crato não ganhou nem o seu nome em uma das nossas ruas. É triste.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Carlos:

    Concordo com sua observação e endosso suas palavras inseridas no seu pertinente comentário.

    Ademais, você frequentemente visita sua cidade natal, o que lhe dá autoridade e conhecimento suficiente para fazer suas avaliações sensatas e equilibradas sobre alguns pontos merecedores de correção no rumo de Crato.
    Cordial abraço,
    Armando

    ResponderExcluir
  3. Simplesmente ridículo essa bengala com o chapéu, quem foi o arquiteto que projetou isso?
    O derrame de dinheiro que foi gasto nesse elefante branco chamado: Centro de Apoio aos Romeiros, porém nunca concluíram, dava para reerguer as torres gêmeas de Nova York.

    ResponderExcluir
  4. Dedé Cariri:
    Democracia é isto: você não gostou.
    Expressou sua opinião e ela foi publicada.
    Quanto ao portal (não sei qual o arquiteto que fez o projeto) como está óbvio, estiliza o chapéu e a cajado do Padre Cícero.
    Eu pessoalmente achei o projeto original.
    Questão de opinião.
    Se todo mundo tivesse a mesma opinião o mundo não teria graça porque todos seriam iguais.
    E os que tentaram fazer todo mundo igual (os ditadores que empurraram pela força das baionetas e o chicote no lombo do povo o socialismo) deram com os burros n’água.
    Os países socialistas do leste europeu, racharam e ficou só os cacos...
    Só restam Cuba e Coréia do Norte.
    Dois países miseráveis que não servem de referência para nada.

    ResponderExcluir
  5. Acho que tentaram fazer um Disco Voador do chapéu do Padre Cícero. Que não me levem a mal...

    Abraços,

    DM

    ResponderExcluir
  6. O centro de apoio aos romeiros deveria ser como em Nova Olinda. A COOPAGRAN - Cooperativa Mista dos Pais e Amigos da Casa Grande, ou seja, pousadas domiciliares, seria uma renda a mais para os Juazeirenses, porém, sem exploração, obedecendo padrões de higiêne e organização.

    ResponderExcluir
  7. Armando, no seu comentário, o senhor diz:

    "... força das baionetas e o chicote no lombo do povo"

    Me faz lembrar sua monarquia. O senhor condena o regime cubano, no entanto, defende a mão de obra escrava (se apoia a monarquia defende o regime dela). Escravidão essa que entrou em decadência não porque o imperador era bomzinho, e sim devido a uma pressão imposta pela Inglaterra.

    Imagino que a crise hoje na europa e um longo período de recessão, que "pode acontecer" no mundo também seja culpa dos socialistas.

    Bom lembrar que bloqueio econômico patrocinado pelos Estados Unidos causou um prejuízo superior a US$ 82 bilhões para Cuba. Cuba é alvo de uma guerra econômica.O que os USA vem fazendo com Cuba ao lono de mais de 40 anos de bloqueio é um genocídio.

    ResponderExcluir
  8. será mesmo que foi um arquiteto que projetou???
    gosto é individual, sem dúvida, mas a obra é pública; o gestor público deve saber que a obra perpetua-se no tempo, será motivo de admiração pelo significado (referência ao Pe Cícero), e também por sua beleza (que deixa muito a desejar...).
    a estátua do horto agrega esses 2 aspectos, mas esse portal é triste!!!!!!

    PEDRO LUÍS

    ResponderExcluir
  9. Vejam esta pérola vomitada pela bílis Dedé Cariri:

    “defende a mão de obra escrava (se apoia a monarquia defende o regime dela)”. (SIC)

    A leviandade desse Dedé é tão grande, que só maior do que ela a ignorância de que é ele é dotado!

    Dedé: O Sr. sabe quem assinou a Lei Áurea?

    Definitivamente, não perderei mais tempo – a partir desta data -- em comentar as insanidades desse indivíduo.

    Hasta siempre!

    ResponderExcluir
  10. Eu não sei porque é que esse "Dedé Cariri" pega tanto no pé do Armando Rafael. De vez em quando. É bom que todo mundo esteja acompanhando como eu estou. Ô marcação danada, menino!

    Achoq eu o Dedé tem uma profunda admiração pelo Armando Rafael, só pode ser isso...rs rs rs

    Abraços,

    DM

    ResponderExcluir
  11. Quem assinou a lei Áurea foi a princesa Isabel, o imperador estava na Europa tratando de sua saúde (ele viajou dia 30 de junho de 1887, e a lei foi assinada dia 13 de maio de 1888), a princesa estava no papel de regente do país. Repito: Rendendo-se às pressões imposta pelos Ingleses, que queriam aumentar o mercado com os negros livres (assalariados).
    Brinco com amigos quando digo que Dilma foi a segunda mulher a comandar o Brasil.

    Desde a chegada da família real portuguesa ao Brasil (22 de janeiro de 1808), até a assinatura da lei Áurea (13 de maio 1888), portanto, 80 anos a mão de obra era escrava.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.