30 setembro 2010

Votar, questão de consciência – por Pedro Esmeraldo


No próximo domingo, dia três de outubro de 2010, o cratense tem que agir com cautela na questão de escolher os seus representantes prediletos, nas esferas Estadual e Federal, selecionando com precisão pessoas interessadas e compromissadas com o desenvolvimento do Crato.

Primeiramente, devemos escolher com consciência homens sérios, pois devemos compreender que acima de tudo estão os filhos da terra. Convém notar que os únicos que têm interesse de trabalhar pela sua cidade são os próprios cratenses “legítimos e adotivos”. Nesse caso, antes de votar, façamos reflexão com os seguintes dizeres: ruim com eles, pior sem eles e ainda completaria a frase: dê o Crato aos cratenses.

De há muito, Crato suporta descargas negativas, já que os nossos filhos não dão vez aos seus compatriotas. Por isso o povo fica atoleimado, visto que prefere receber as migalhas que os inimigos cratenses colocam em seus bolsos e dão apoio aos carcarás que vêem da cidade vizinha, dizendo eles que tudo é igual e o que é bom para lá é também bom para cá. Os benefícios que eles trazem para o Crato é somente retirar da cidade o nosso patrimônio e o Crato que caia no rol dos esquecidos e acomode-se como sendo uma cidade dormitório da zona sul.

Não vamos favorecer aos carcarás com as benesses eleitorais em detrimento do Crato. Temos como obrigação moral e cívica trabalhar e defender o patrimônio da cidade, caindo numa reflexão, mostrando a eles que também somos capazes de progredir. Vamos livrar desse prejuízo moral, provocado por essa desordem acometida pelos vereadores que querem de qualquer maneira entregar o Crato aos inimigos.

Ultimamente, somos prejudicados por esses carcarás que invadem nossas praças com barulhos ensurdecedores, podendo causar a surdez em muita gente, devido à poluição sonora. Pedimos a esses carcarás que se afastem de nós, não digam mais asneiras que também temos forças para trabalhar pela cidade. Esses mesmos homens têm a cara lisa de conseguir tudo só para Juazeiro do Norte.

Cratenses, mais uma vez apelamos: tomem cuidado, não se deixem enganar pelos astuciosos e não dêem valor a quem não tem. Ouçam as nossas vozes, dêem ouvidos de mercador e não atendam a esses homens desavergonhados que vem nos levar o bom da cidade.
Texto de Pedro Esmeraldo

Um comentário:

  1. Ê, Pedrinho, tá é difícil, viu ? Tem político aí da cidade vizinha que se pudesse, arrastaria a Chapada do Araripe pra cima do Crato, pra enterrar a nossa cidade de vez, e fazer sombra em Juazeiro.

    E ainda tem Cratense idiota que vai votar neles!

    Sei não...
    Sei não...

    Abraço!

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.