30 setembro 2010

Procuradoria arquiva mais três representações contra Tiririca

A Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo arquivou nesta quinta-feira mais três representações contra a propaganda do candidato a deputado federal, Francisco Everardo Oliveira da Silva, o palhaço Tiririca (PR). Com as três, já são dez procedimentos arquivados na procuradoria contra frases de Tiririca como a "pior que está não fica". O procurador Sérgio Monteiro Medeiros reafirmou que "não tendo o candidato agido de forma ofensiva, desrespeitosa, ilegal enfim, não há porque ser repreendido". Uma das representações questionava a declaração do palhaço de que ajudaria seus familiares sendo eleito.

O advogado de Tiririca disse que ele ajudaria com seu salário e que não pretende nomear parentes. Outro pedido questionava a propaganda que o palhaço se dirige às crianças. Segundo a representação, o pedido desrespeita o Estatuto da Criança e do Adolescente.

"Como um pedido ingênuo, 'tolo', dirigido às crianças, para que peçam aos pais para nele votar, pode colocá-las em situação de risco, ameaçar os princípios constitucionais que protegem a família e essas pessoas em formação? Sinceramente, não vejo como", disse o procurador.

DENÚNCIA REJEITADA

Ontem, a Justiça Eleitoral de São Paulo rejeitou a denúncia oferecida pelo Ministério Público Eleitoral contra o palhaço por causa do suposto analfabetismo do candidato. O juiz Aloísio Sérgio Rezende Silveira, se baseou no entendimento do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), durante o processo de registro de candidatura, de que não havia qualquer causa de inelegibilidade, inclusive quanto à instrução mínima. No último dia 22, a Justiça recebeu uma denúncia contra o candidato por omissão da declaração de bens no pedido de registro de sua candidatura. A denúncia também foi oferecida pelo Ministério Público Eleitoral, que entende ter havido falsidade ideológica.

Rezende Silveira concedeu prazo de dez dias para que Tiririca apresentasse sua defesa. A depender do que o candidato informar, o juiz irá analisar o pedido feito pela promotoria para que sejam quebrados os sigilos fiscal e bancário do humorista.

Folha.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.