08 setembro 2010

"O Silêncio é o Grito Mais Alto". Comentário feito por Liduina Belchior.


Schopenhauer escreveu esta frase há muitos anos passados.
E eu gostaria de fazer a minha apologia e interpretação da mesma,
baseada em meus valores, crenças, filosofia de vida, olho clínico
e senso crítico.Esse grito tão alto, nada mais é que uma dor profunda
onde não deve ou não pode urrar em forma de AI! Esse silêncio contido,
é a nossa verdade que também não pode ou não deve esbravejar e escancarar...
É a dor do amor ferido, acidentado e mau tratado.
É a pancada da ingratidão, é a falta de sentimentos nobres. O silêncio e o grito;
o grito e o silêncio, é a flor que insiste em nascer de "um impossível chão",onde
não existe a seiva, o adubo, a água para que ela majestosa e lutadora empurre suas
pétalas para a vida.
Esse silêncio tão alto se resume em todas as palavras entaladas que não conseguem
sair garganta abaixo.
Para os psicoterapêutas ele ( o silêncio) é nocivo, pois vai de encontro à dinâmica das catarses, originando assim as somatizações.
Mas ele é de um valor incomensurável:pois mansamente e silenciosamente diz simplesmente e só: TUDO!

5 comentários:

  1. Minha amiga, que bom LER você por aqui. Schoppensahuer escreveu muitas coisas importantes. Graças a ele, temos a melhor e mais bela dissertação sobre a Música, e eu como músico jamais poderia deixar de conhecê-la.

    Obrigado por nos trazer esse excelente texto daquele que muito admiro.

    Abraços,

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  2. Amigo Dihelson,

    De Schopenhauer é apenas a frase:"O Silêncio é o Grito Mais Alto".
    O texto/comentário é da minha autoria.Obrigada pelas palavras de elogio.

    Abraços:Liduina.

    ResponderExcluir
  3. Eu me expressei mal, Liduína. Parabéns por me fazer lembrar do Schoppenhauer, e trazer esse belo texto seu. Agora sim. Escrever dormindo, não dá...zzzzz

    Abraços,

    DM

    ResponderExcluir
  4. -Liduina Parabéns pelo texto,
    estou sem palavras.
    Você é incrivel.

    Abraços, Paloma

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.