13 agosto 2010

PERDAS DO CRATO - Por: Hildeberto de Aquino



Desde menino que ouço essa conversa que evidencia comodismo, passividade, derrotismo e conformismo, de que para o Juazeiro carreiam todos os benefícios de maior vulto e ao Crato migalhas. Pior é que são fatos incontestes e que só nos damos conta quando acontecem. Agora chegam ao cúmulo de retirar do Crato o pouco que ainda lhe coube e se presenteia Juazeiro, caso do SESI. Como filho do Crato eu faço uma pergunta curta, direta, objetiva e indignada: E FICA POR ISSO? ONDE ESTÃO OS POLÍTICOS, OS HOMENS DO CRATO? Seria por incompetência, negligência ou pouco amor à terrinha que quedamo-nos à espera de soluções de iniciativa dos outros que não nós cratenses? Ou aí não tem mesmo alguém de envergadura que melhor nos represente? Será que os cratenses, eleitores, é que são relapsos e optam por votar em forasteiros paraquedistas em lugar dos filhos da terra que poderiam zelar melhor pelos nossos interesses?

E se essa não fosse a solução, se não honrassem os compromissos assumidos, pelo menos poderíamos, por estarmos mais próximos, olhar a cara desses e dizê-los incompetentes, alijando-os definitivamente quando de suas novas pretensões políticas. É, alguns tem ainda a cara de pau de se reapresentar como candidatos.

Essa de surpresa sobre a retirada do SESI soa-me mal. Será que de fato não sabiam ou descuraram, como sempre? E por que não esboçar já reações firmes junto à instância política competente para rever a medida, inclusive condicionando apoio político já que a ocasião – eleições - é propícia? Será a sina do Crato que já perdeu desde seu mais ilustre filho – Padre Cícero, hoje redentor de Juazeiro – é perder continuadamente? Já, já cogitarão de levar a Exposição e mais outros eventos e benefícios e permaneceremos estáticos. Não basta nos dizermos, em demasiado orgulho, “Filhos do Crato!!!”. É preciso lutar verdadeiramente, de perto ou onde estivermos, por esse tesouro que de há muito negligenciado por nós próprios.

Hildeberto AQUINO
Corretor e Articulista
Russas (CE)

3 comentários:

  1. Como me disse agora há pouco por telefone, o repórter Wilson Rodrigues do Jornal do Cariri, talvez o caminho da abordagem seja por aí mesmo.

    Não é a questão de perder o SESI. É a perda gradual de TUDO. Falta força política no Crato.

    Cadê as autoridades que elegemos para trabalhar pela cidade e defender os interesses dos Cratenses ?

    De que serviu votar nesses que estão aí ? Isso é igual a contratar um Guarda Noturno que dorme em Serviço.

    Cadê o Tasso Jereissati, Cadê o Ely Aguiar, Cadê o Sineval Roque ANTES...Eu digo ANTES que a coisa toda acontecesse. Porque agora, não adianta mais chorar o leite derramado, so que agora, muita gente deve estar procurando a imprensa para dar entrevista.

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  2. Como filho do Crato o darei uma resposta bem contundente: INCOMPETÊNCIA POLÍTICA.

    ResponderExcluir
  3. Como filho do Crato o darei uma resposta bem contundente: INCOMPETÊNCIA POLÍTICA.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.