13 agosto 2010

O Diário de uma Tragédia passo a Passo - Depoimentos

Prezados leitores do Blog do Crato,

Cheguei ontem no Salão nobre da Prefeitura Municipal do Crato, como sempre faço, quando sei de reuniões importantes. Na agenda do prefeito, constava receber o Presidente da FIEC, para conversar sobre o fechamento da unidade SESI do Crato. A sala estava cheia de repórteres de Rádio, Jornalistas, e um ar de tristeza e de indignação. 6 ou 7 pessoas estavam sentadas na mesa principal, tendo o prefeito Samuel no seu lugar a reclamar e contra-argumentar. Percebi que a coisa não era nada boa, e fui desembainhando a minha câmera fotográfica, quando ouvi o Prefeito dizer:

"Quer dizer que essa decisão é irreversível ?"
"Na verdade, vocês vieram hoje aqui na prefeitura apenas para nos comunicar essa notícia triste e em caráter irrevogável?

Ao que um deles, da comissão, o Figueiredo, sempre com ar de alegria e desembaraço ( daqueles de alguém que houvesse ganho na loteria recentemente ), dizia apenas:

"Infelizmente, Sr. Prefeito, essa é a realidade. Nós sabemos que os Cratenses não iriam gostar, mas agora vocês têm aí o "trem bala" não é mesmo ?, mas nós pensamos na região metropolitana. Como o Sr. Sabe, hoje formamos uma metrópole, e não tem sentido manter 2 unidades do SESI. Foram feitos estudos aprofundados que mostram a inviabilidade em manter o SESI do Crato... entendam que esta não é nossa decisão...nós viemos comunicar...foram feitos estudos minuciosos, e esta é uma decisão que veio DE CIMA...DE CIMA..."

Criou-se um clima de bate-boca, e o prefeito então disse:

"Se a decisão vem de cima, e se nós cratenses não podemos fazer nada pra impedir, vamos pelo menos tentar obter o melhor disso tudo ? Porque não transformar aquele espaço do atual SESI numa Universidade, ou trazer mais uma faculdade para o Crato ? Como sabemos aquele local aonde hoje funciona o SESI é muito valorizado, e uma área imensa. O que vocês pretendem fazer com aquela área ?

"Vender", respondeu o Figueiredo.

...

Então, meus amigos do Blog do Crato, estou trazendo agora uma série de depoimentos e entrevistas com o Prefeito, o Secretário do desenvolvimento econômico Duda Alencar, a Secretária de Cultura Danielle Esmeraldo, e Presidente da FIEC, e o tal Figueiredo, a quem a imprensa Cratense pressionou ao final da entrevista. Gravei extenso material, com fotos, filmagens e entrevistas que faço questão de deixar registrado aqui no Blog do Crato, para que as futuras gerações possam saber como se deu mais esse baque sobre o Crato, e aqui não estamos sendo bairristas, porque Juazeiro já possui uma unidade do SESI também, e para esta funcionar, não precisariam desativar a unidade do Crato. Passamos agora para os depoimentos colhidos na manhã de ontem na prefeitura municipal, logo após a reunião. Para evitar ouvir 2 sons ao mesmo tempo, recomendamos parar o player da Rádio Chapada do Araripe, na entrada do Blog, no canto superior direito:


Depoimento do Prefeito Samuel Araripe sobre a desativação do SESI:


"Eu recebo essa notícia com muita tristeza, com muita indignação e com muita revolta. Aqui nesta audiência eu coloquei o meu protesto neste sentido. Aliás, eu gostaria de esclarecer certos rumores. No primeiro momento em que tomamos conhecimento de que o SESI sairia de Crato para juazeiro, nós começamos a trabalhar. Participamos de uma audiência na associação comercial com várias entidades de classe, por exemplo, a associação comercial, CDL, Sindilojas, Rotary, Lions, Maçonaria, e daquela reunião foi gerado um documento. Eu pedi ao Dr. Tasso Jereissati, que entregasse ao presidente da FIEC, e que nós queríamos uma explicação. O Deputado Arnom Bezerra levou documento idêntico para apresentar lá aos dirigentes regionais. E hoje, eles compareceram aqui ao meu gabinete para dizer que a decisão é irreversível, que foi uma decisão tomada a nível nacional, depois de um levantamento técnico comparando os serviços utilizados no Crato e em Juazeiro. E eu aqui registrei o meu protesto, porque eu acho ( achava, porque agora eu não acho mais ) que o SESI, ele prestava um serviço social, não se visava lucro nem nada disso, porque eu tenho certeza que prejuízo não dá. Então, eles disseram que ainda assim, com nosso protesto, com a nossa indignação, com nosso esforço, a decisão é irreversível. Entregamos um segundo documento aqui fazendo um último apelo para que ele não faça isso. Ele levou, prometeu submeter à apreciação dos superiores, mas dizendo que a coisa é irreversível. Bom, agora, eu quero aqui deixar bem claro, porque às vezes a gente diz uma coisa e as pessoas querem distorcer e colocar culpa em quem não tem. A decisão não depende do Prefeito. Se dependesse, eu ia dar um NÃO bem grande, e o SESI permaneceria aqui. Muito bem. Não depende. É uma coisa privada que depende da diretoria deles. Eu aqui fiz um apelo. SE, veja bem a condicionante aí...se não tiver jeito, que se traga pra aquele local uma unidade de educação, como por exemplo, uma universidade, ou várias faculdades, já que o terreno é o melhor possível. Tem toda a infra-estrutura. Ha 200 metros tem o metrô de superfície, tem o Mercadinho São Luiz na frente, o terreno fundo correspondente, tem a órdem dos advogados, tem o fórum, justiça do trabalho, tem toda a infra-estrutura possível para que se instale ali uma universidade. E eu disse isso. Muito bem. Eu vou ficar de olho, porque a prefeitura pode nessa parte interferir, porque se vier ali uma coisa não condizente com o plano diretor, é claro que a prefeitura não vai dar o alvará de funcionamento, então aí, depende de mim. Agora, se vier uma universidade, para 3000, 4000, 5000 alunos, aí o povo do Crato vai ficar feliz e o prefeito também. Então firmamos aqui extra-oficialmente esse pacto. Primeiro, eu quero que o SESI fique. Se não tiver jeito de ficar, que se traga uma universidade, que eu mesmo, através do meu secretário de Desenvolvimento Econômico, ( Duda Alencar ), já vamos fazer aqui uma pesquisa pra saber qual universidade deseja se instalar aqui na região do cariri. E iremos pessoalmente manter um contato, porque o terreno comporta. E vamos acompanhar de perto."



Depoimento do Secretário de Desenvolvimento Econômico Duda Alencar:



"Esta foi uma página triste na história do Crato. Não se justifica essa retirada do SESI do Crato, logo agora que estamos com os maiores e melhores índices de desenvolvimento econômico em muitos anos no Crato. Logo agora que virá mais uma etapa da GRENDENE com milhares de novos funcionários. Isso é que é muito estranho. Que decisão é essa que vem "de Cima" ? Eu estou aqui arrasado e com um sentimento de revolta, e isso deve ser todos os Cratenses. Porque o nosso SESI tem 40 anos que tem trazido boas coisas ao Crato. Quantos eventos importantes não já aconteceram ali ? Qual o sentido de fecharem esta unidade do Crato, se é uma unidade bem aparelhada e a de Juazeiro ainda irão aparelhar ? Nós fizemos reuniões recentemente com Sindilojas e mobilizamos vários setores do Comércio e Indústria do Crato para evitar essa tragédia, mas a desativação vem de "instâncias superiores".







Depoimento da Secretária de Cultura, Esporte e Juventude Danielle Esmeraldo


"Pra que veio então essa comissão aqui hoje? Só para nos comunicar uma tragédia ? Deixaram para dizer isso no último dia, num tempo em que não cabe nenhum recurso ? Como se espera que as crianças e jovens vão agora lá pra juazeiro a fim de frequentarem o SESI já tendo uma unidade aqui no Crato ?"





Depoimento do Presidente da FIEC:





Depoimento do "Figueiredo", pressionado por alguns repórteres no final ( essa é realmente imperdível ):







Reportagem:
Dihelson Mendonça

5 comentários:

  1. Engraçado, como parece que essa notícia e desinteressante para as TVs de Juazeiro. Acabo de falar com uma repórter de uma TV supostamente que deveria ser do CARIRI, que supostamente deveria dar toda a cobertura ao que é do interesse do Crato, mas também pelo fato de nessas estações predominarem naturais de Juazeiro do Norte, a PRIORIDADE é Juazeiro do Norte, esta repórter se mostrou totalmente desinteressada quando sugerir como objeto de pauta essa perda ou possível perda do SESI Crato para Juazeiro do Norte.

    É bastante claro o caráter tendencioso e puxando a brasa para Juazeiro dessas estações de TV que se propõe a serem do Cariri.

    Por isso ainda digo:

    Em todo empreendimento que se diga: Vem para a Região Metropolitana do Cariri, leia-se:

    VEM PARA JUAZEIRO

    E aqui eu não estou sendo bairrista. Estou sendo Realista. Muito Realista. Que Juazeiro cresça às próprias custas, não com a APROPRIAÇÃO de empresas e entidades das outras cidades próximas.

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  2. Toda a minha solidariedade as autoridades de Crato, mas principalmente a sua gente amiga e acolhedora.

    O fechamento do SESI/Crato é um desserviço ao município. Nenhuma explicação justifica a iniciativa.

    Diferente de alguns juazeirenses e cratenses que ficam numa ultrapassada briga bairrista, defendo INTRANSIGENTEMENTE a "Princesa do Cariri".

    O fechamento do SESI/CRATO é prejudicial não apenas para o município, mas para toda Região.

    Parabéns aos que fazem o Blog do Crato pela irme decisão de formar uma frente contra essa idéia de pessoas descomprometidas com o Crato e sua gente.

    Nosso apoio enquanto homem de imprensa pode ser pequeno, no entanto é verdadeiro.

    Sim ao CRATO. Sim ao SESI/Crato. Não a decisão tirânica "das pessoas de cima" e não aos irônicos arautos da infeliz notícia.

    Viva o Crato.

    ResponderExcluir
  3. É verdade, Beto!

    Obrigado por sua solidariedade. E vejam que aqui seria bairrismo se quiséssemos que o SESI de Juazeiro fechasse. Não é isso. Queremos que o SESI de Juazeiro continue existindo e crescendo. Assim como o nosso, que é tradicional continue também. E que Barbalha tenha também.

    Então, acho que para o de Juazeiro existir não é preciso que o do Crato feche as Portas.

    Isso é mesmo um ABSURDO!

    Abraços,

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  4. aihtem a mao desse governador atual, que jah tirou o plantao da policia civil, e agora nas maos do sogro, quer tirar a expocrato, para o longiquo brejo. quem viver vera.

    ResponderExcluir
  5. Inspirado no poema do escritor Manuel Bandeira:
    " Vou-me embora pra Barbalha "

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.