04 agosto 2010

CRATO - Incêndio na Chapada do Araripe - Reportagem: Antonio Vicelmo


FOGO Registrado no último dia 03 de Agosto no Sítio Granjeiro, Área de Proteção Ambiental da Serra do Araripe. Mobilizou os órgãos de prevenção e combate ao fogo na região do Cariri - ANTÔNIO VICELMO. O Corpo de Bombeiros debelou o incêndio que destruiu cerca de um hectare da Serra, a menos de 1Km da Flona.

Crato. Sinal de alerta no Cariri. Um incêndio registrado no Sítio Granjeiro, no pé da Serra do Araripe, Área de Proteção Ambiental (APA), mobilizou os órgãos de prevenção e combate ao fogo na região. O Corpo de Bombeiros debelou o incêndio que destruiu cerca de um hectare na encosta da Serra, a menos de um quilômetro da Floresta Nacional do Araripe (Flona). Este ano, o risco é maior porque as chuvas terminaram cedo. O pasto já está começando a secar. A chefe da Floresta Nacional do Araripe, Verônica Figueiredo, adverte que, a partir deste mês, quando sobe a temperatura, o risco de incêndio aumenta. O quadro é agravado com os fortes ventos que estão sendo registrados na região, bem como a temporada de queimadas que começa no próximo mês. "Por isso, a vigilância será redobrada", garante Verônica. Desde ontem, 21 brigadistas, contratados pelo Instituto Chico Mendes do Crato, foram acionados para combater eventuais incêndios na Floresta. A chefe da Floresta informou que os brigadistas serão espalhados em pontos estratégicos da Flona: Casa sede, cabeça da ladeira do Belmonte, Malhada Bonita, Santa Rita e sítio Flores.

Área urbana

Verônica acrescentou que, além dessa equipe contratada pelo ICM-Bio, outros sete brigadistas foram selecionados pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em convênio com a Prefeitura do Crato, para atuar na área urbana da cidade. A brigada de combate e prevenção ao fogo é formada por agricultores residentes na Área de Proteção Ambiental, que conhecem como a "palma-da-mão" a Floresta do Araripe, um dos últimos redutos da Mata Atlântica, que ocupa uma extensa área na fronteira do Ceará com Pernambuco, abrangendo partes dos municípios de Barbalha, Crato, Jardim e, ainda, Santana do Cariri, no sul do Estado. Já foram catalogadas 88 espécies de aves pertencentes a 34 gêneros distintos. Entre elas, destaca-se o Soldadinho-do-Araripe, ave que somente é encontrada na região da Flona Araripe. A fauna do local é composta, também, por diversas espécies de répteis, insetos e mamíferos. A vegetação predominante é de cerradão. Existem faixas de transição que apresentam traços de Mata Atlântica, Cerrado e Caatinga.

Prevenção

21 Brigadistas vão atuar na área da Floresta Nacional do Araripe, na região do Cariri, para tentar prevenir focos de incêndios, que se tornam comuns nesta época do ano

Fique por dentro
Potencialidades

Situada em uma região onde as condições de clima e solo predispõem a desertificações, onde a redução da área de cobertura vegetal nativa, entre 1984 e 1990, atingiu 274.950 Km e em um Estado onde a área antropizada atinge 84%, a Flona tem uma importância relevante na manutenção do equilíbrio hidrológico, climático ecológico e edáfico do complexo sedimentar do Araripe. Sobre o aspecto socioeconômico, para um nordeste onde vivem mais de 40 milhões de habitantes, dos quais 30% em condições de pobreza e miséria, a Flona do Araripe cumpre importante papel, fornecendo alimento, energia e plantas medicinais, além de atrair turistas. Constitui, ainda, importante refúgio para a fauna regional, inclusive para espécies ameaçadas de extinção. A Flona fomenta e protege as matas existentes na Chapada como também protege as nascentes, conserva a fauna e promove recreação pública.

MAIS INFORMAÇÕES:
Praça Joaquim Filemon Teles s/n, Crato/Ceará
Fax: (88) 3521.1529
(88) 3521.1906

Antônio Vicelmo
Repórter do Jornal Diário do Nordeste

Colaborador do Blog do Crato

Um comentário:

  1. É triste a gente ler uma matéria dessas, sabendo que nosso maior tesouro a Chapada do Araripe já começa a sentir os problemas causados pela falta de chuvas.

    Meus amigos, neste ano não choveu praticamente NADA! - Se no começo de Agosto nós temos um foco de incêndio na Chapada do Araripe, o que será dela até as chuvas do próximo Ano ? SE TIVER CHUVAS .

    Ainda Chove ???

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.