13 julho 2010

Morre um dos mais talentosos músicos brasileiros, Paulo Moura


O compositor e instrumentista, em parceria com a pianista Clara Sverner, fez quatro discos que misturavam Bach e Pixinguinha, Mozart e Ernesto Nazareth, Debussy e Chiquinha Gonzaga. O corpo do compositor e instrumentista Paulo Moura será velado nesta quarta-feira num teatro, no Centro do Rio. Considerado um dos mais talentosos músicos brasileiros, Paulo Moura morreu de câncer, na última segunda à noite. Samba, chorinho, jazz, clássicos. Desde criança, Paulo Moura aprendeu a gostar de tudo, como se soubesse que ia ultrapassar todas as fronteiras entre os gêneros musicais. Com 9 anos de idade, Paulo começou a tocar clarineta. Acompanhava o pai que era músico da banda de São José do Rio Preto, São Paulo, nas festas religiosas da cidade. Aos 14, já tocava profissionalmente. No início dos anos 50, já no Rio de Janeiro, entrou para a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal.

Foi escolhido para o solo de abertura de um concerto internacional. A música ele lembrou sem qualquer partitura em entrevista à Globonews. A linguagem musical ele dominava como poucos. Surpreendia sempre. “Achei que precisava conhecer melhor a nossa música, então isso é uma coisa que eu tenho feito com muita continuidade”, contou ele. Em parceria com a pianista Clara Sverner, fez quatro discos que misturavam Bach e Pixinguinha, Mozart e Ernesto Nazareth, Debussy e Chiquinha Gonzaga. “Pessoas que não conheciam o clássico passavam a gostar e vice-versa”, contou a pianista.

Em 2000, ganhou o Grammy Latino, com um disco sobre Pixinguinha. No hospital, poucos dias atrás, Paulo Moura recebeu a visita de amigos, foi para o terraço e tocou. “Ele estava com o olhar de paz, feliz, de aceitação e feliz. Parece que ele estava dizendo para todo mundo: ‘não se preocupem, eu estou bem’”, disse a saxofonista Daniela Spielmann.

Fonte: G1

Um comentário:

  1. É está ficando uma grande lacuna aberta na nossa música de excelente qualidade, que os anjos digam amém ao receber este espírito de enorme musicalidade, vá em paz Paulo Moura.

    Rosemary Borges Xavier

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.