28 junho 2010

Não vamos chegar a tanto. - Traduzido por Gabriella Federico


A poluição sonora, sérios danos à saúdePublicado por Juliano em notícias médicas, Health Policy.Quarta-feira 10 mar 2010. Por - M. Gabriella Federico (correções da tradução)

Não só os danos "ouvir a causa da poluição sonora em nossas casas, mas também diferentes e podem ser graves impactos sobre a saúde humana devido à exposição direta às fontes de ruído que, na realidade representada por moradores dos prédios próximos de estradas movimentadas. Ele estigmatiza a ANIT, a Associação Nacional para o isolamento térmico e acústico, lembrando que o controle do ruído em nossos edifícios não é secundário, até mesmo a UNI recentemente propondo a primeira classificação de acústica em edifícios na Itália, não estabelece os parâmetros melhores desde que o conjunto anterior de leis que estabelecia os requisitos acústicos passivo dos edifícios De acordo com a Lei de 97 cidadãos terão direito a recuperar 20% do valor quando não estiverem sendo cumpridas pelos fabricantes, os parâmetros fornecidos.

Assim, apela para um rearranjo da matéria em termos de isolamento acústico, quando um vácuo legal em termos de regras que regem a qualidade das construções e da habitação no piorar as coisas a este respeito, conforme apontado por Legambiente, ainda segundo Organização Organização Mundial da Saúde, o problema é muito grave, a poluição sonora não só cria dificuldades para ouvir, mas o dano é expresso no sistema cardiovascular com o resultado que a cada ano há algo como 210 mil mortes por ataques cardíacos por causa da "barulho incessante da cidade. Quando você alcança 35 decibéis os riscos à saúde são bastante evidentes, mas acima de 65 decibéis são observados os danos psicológicos e autonômicos. Com a exposição cada vez maior de 65 decibéis são encontrados dano direto ao sistema auditivo se expostos a 160 dB se tem uma perfuração imediata do tímpano. Alheios aos efeitos auditivos da exposição prolongada ao ruído:: sistema cardiovascular, hipertensão arterial, isquemia do miocárdio •

• Aparelho Digestivo: hyperchlorhydria gástrica, ação espástica do músculo liso
• Endócrinas: aumento da proporção de tipo de hormônios esteróides
• Aparelho neuropsíquicos: pinturas com ansiedade somática, insônia
• Fadiga: estado de alerta e resposta diminuída psicomotora
Assim, é essencial à informação através de iniciativas como a de isolar a campanha, a primeira campanha de informação nacional e conscientização sobre a importância do isolamento térmico e acústico dos edifícios patrocinado pelo Ministério do Meio Ambiente, Cittadinanzattiva Legambiente ANCI (Associação Nacional de Municípios italiano) ANACI (Associação Nacional de Diretores de Condomínio) e KyotoClub.

Postado por: Gabriella Federico

2 comentários:

  1. Valeu, Gabi!

    Bjão pra você!

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  2. Gabi, eu preciso te explicar em linhas gerais algumas coisas para você poder postar corretamente no Blog do Crato.

    A primeira coisa: Ao pegar um texto de outro site, NUNCA, em hipóteses alguma, copie o texto diretamente do outro site para o nosso. É preciso copiar antes para o Bloco de Notas do Windows ( Bloco de notas não é Wordpad nem Word, é bloco de notas mesmo ), isso vai eliminar todos os códigos HTML que a postagem original tenha.

    Em seguida, você precisa revisar o texto, eu vi que até propagandas tinha aí num texto que vc publicou, escrito a palavra publicidade, que no outro site se referia à publicidade que é feita lá, com links e tudo. Elimine essas coisas, deixe apenas o texto correto.

    Com o texto já limpo no Bloco de Notas, você copiará do Bloco de Notas para o Blog e acrescentará as fotos depois. As fotos, você pode escolher indo ao google, digitando o tema a que pertence o seu artigo, e escolher IMAGENS. O google vai te mostrar inúmeras imagens, escolha a imagem, salve no seu computador, e depois adicione do seu computador ( não da internet ) na sua postagem.

    Revise tudo se está correto mesmo, se não ficou alguma frase estranha, alguma publicidade, alguma coisa fora de lugar. Se estiver tudo certo, publique. Se mesmo depois de publicar, ver que tem alguma coisa errada, é só editar, clicando no lápis que fica ao lado de cada postagem.

    Lembre-se sempre: O nome do autor deve vir no cabeçalho do artigo:
    Por exemplo:

    "O Medo - Por: Gabriella Federico"

    E não no próprio artigo. Você poderá incluir também ao final do artigo. Eu agora consegui corrigir umas 3 postagens suas.

    Abraços,
    Boas Postagens

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.