28 junho 2010

Maradona arruma jeito de manter os jogadores motivados e unidos


Técnico e outros jogadores estão hospedados em um condomínio fechado de casas junto com seus familiares em Pretória.

o domingo, as seleções que garantiram vaga nas quartas de final foram a Alemanha e a Argentina, que se enfrentarão no próximo sábado. Os repórteres César Tralli e Ari Júnior mostram o jeitinho que Maradona arrumou pra manter os argentinos ainda mais motivados e unidos. Um condomínio fechado em Pretória. É onde está hospedada a "grande família" Maradona. Quatro casas alugadas, cada uma com oito suítes. Mas o técnico argentino tem tanto parente assim? É que, como diz Maradona, a familia dele inclui os jogadores. Por isso, numa casa estão os pais e a noiva do Messi. Na de trás, os filhos, primos e irmãos do Maradona. Na terceira casa, a família inteira do Tevez. E na última a do atacante Palermo. Todos fizeram questão de ficar juntos na África do Sul.

Quer demonstração maior de que Maradona não está brincando quando diz que a Argentina é uma seleção literalmente unida? Mas o que o Brasil faz no local? O segurança explica: “Tem muito morador que torce pro Brasil”. E agora provoca os novos vizinhos. Quem protege os argentinos, pode abrir o coração? “Eu sou Brasil!”, confessa ele. A noiva de Messi percebe a gente e sai de fininho. Encaram a nossa marcação a irmã de Maradona e o primo, chamado de irmão por Dom Diego. Antonio Maradona conta que Tevez está de cama, de ressaca, por conta da festa da vitória sobre o México. “Estamos muito felizes com o Tevez, com o Diego”. Titulares de folga, menos ele, treinando reservas. E daquele mesmo jeitão empolgado. “Ele é um grande motivador”, diz Antonio. “É assim com todos nós, família e jogadores. Está sempre levantando o astral”. E é cheio de ânimo que Dom Diego vai enfrentar a Alemanha. A família Maradona sonha com um futuro na Copa. Respirando a alegria do presente. “Eufóricos, muito contente e com muita esperança de chegar à final com Brasil”.

Fonte: G1

2 comentários:

  1. O texto abaixo foi publicado no site Terra:
    "O ex-jogador italiano Claudio Gentile respondeu às críticas de Diego Maradona, que o tinha chamado de "defensor assassino" após a vitória da Argentina sobre o México por 3 a 1, no último domingo, pelas oitavas de final da Copa do Mundo da África do Sul.

    Em entrevista ao jornal Gazzetta dello Sport, o italiano afirmou que concorda com Pelé e Michel Platini. "Maradona é mais um bobo do que um treinador", afirmou o ex-jogador.

    Gentile ressaltou que não respeita Maradona como profissional e não concorda com suas opiniões. A declaração do italiano foi dada após o treinador da Argentina reclamar de uma falta em Lionel Messi na partida contra o México. Segundo Maradona, "não estamos mais nos tempos de defensores assassinos como Gentile".

    Maradona e Gentile protagonizaram um grande duelo na segunda fase da Copa do Mundo de 1982. O defensor italiano ficou encarregado de marcar o ídolo argentino e anulou Maradona, inclusive abusando de jogadas violentas. No fim, a Itália venceu por 2 a 1".

    ResponderExcluir
  2. Faço minhas as palavras de Cláudio Gentile, sobre este bestalhão Maradona, o qual, para piorar, é defensor da ditadura de partido único da dinastia Castro da ilha-cárcere de Cuba.
    Armando Lopes Rafael

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.