08 junho 2010

Edital prevê R$ 3 mi para cultura - Reportagem: Elizângela Santos


LITERATURA DE CORDEL tem nomes de expressão em Juazeiro do Norte, com a Lira Nordestina - ELIZÂNGELA SANTOS. Poetas, editores, produtores e pesquisadores da cultura popular têm um prêmio de incentivo a produções.

Juazeiro do Norte. O Ministério da Cultura lança hoje edital neste município, que contemplará 200 projetos, com investimento total de R$ 3 milhões. É a primeira ação de incentivo desde a regulamentação da profissão, em janeiro deste ano. Na ocasião, serão contemplados artistas da região do Cariri Cearense selecionados no edital Microprojetos Mais Cultura. Juazeiro do Norte segue uma tradição histórica na literatura popular, contando com centenas de poetas e a Lira Nordestina, antiga São Francisco. A gráfica foi uma das principais difusoras do cordel e da xilogravura no Nordeste brasileiro e ainda hoje está em funcionamento, contando com um maquinário antigo e preservando a produção praticamente artesanal dos folhetos na região. Poetas, editores, produtores e pesquisadores que atuam com as culturas populares agora têm um prêmio de incentivo a suas produções. É a primeira ação de incentivo ao cordel desde a regulamentação da profissão, em 14 de janeiro. O Edital Prêmio Mais Cultura de Literatura de Cordel 2010 - Edição Patativa de Assaré fará a seleção iniciativas culturais vinculadas à criação e produção, pesquisa, formação e difusão da literatura de cordel e linguagens afins. Os R$ 3 milhões ofertados deverão ser distribuídos entre as iniciativas contempladas. As inscrições encerram-se no próximo dia 30 de julho de 2010. O prêmio vem ressaltar a importância da literatura de cordel como patrimônio imaterial brasileiro, entendendo sua unicidade e papel fundamental na construção da identidade e da diversidade cultural brasileira.

Concorrentes

Podem concorrer poetas, repentistas, cantadores, emboladores e demais artistas populares e profissionais da cultura em quatro categorias: Criação e Produção (apoio à edição e reedição de folhetos de cordel, livros, CDs e DVDs); Pesquisa (dissertações de mestrado, teses de doutorado ou reedição de livros publicados até 10 de março de 2010); Formação (projetos que contribuam para a formação de profissionais que atuam em áreas que dialogam com a literatura de cordel e suas linguagens afins, como cursos, seminários, etc) e Difusão (eventos e produtos culturais que contribuam para a valorização e propagação da cultura popular, como feiras, mostras, festivais entre outras iniciativas). Na ocasião do evento, serão entregues as premiações aos selecionados do Microprojetos Mais Cultura no Cariri. Ao todo, foram mais de 1.200 projetos de artistas, produtores culturais e grupos artísticos da região do semiárido contemplados no edital, com valor total de R$ 13,5 milhões. Cada projeto recebeu entre um e 30 salários mínimos. Esse foi o primeiro edital do MinC direcionado ao financiamento de pequenos projetos culturais do semiárido. Vem como grande incentivo para as produções culturais do setor, que precendia de iniciativas com esta no âmbito federal.

MAIS INFORMAÇÕES:
CCBNB-Cariri
Juazeiro do Norte (CE)
Rua São Pedro, 337 - Centro
(88) 3512.2855

Elizângela Santos
Repórter do Jornal Diário do Nordeste
Colaboradora do Blog do Crato

Um comentário:

  1. O blog do Crato ta recuperando a "aura" de antes...ótimo pra nós leitores!

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.