23 maio 2010

Só próxima pesquisa vai confirmar se Serra e Dilma estão empatados, afirma analista


Levantamento divulgado pelo Datafolha mostrou tucano e petista com 37%


O empate entre os pré-candidatos Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) na corrida eleitoral, apontado em pesquisa Datafolha divulgada nesta sábado (22), só poderá ser mesmo confirmado depois que a próxima pesquisa eleitoral for divulgada, segundo Marco Antonio Villa, historiador e professor de Ciências Políticas da Ufscar (Universidade Federal de São Carlos). Datafolha: Dilma e Serra aparecem empatados. O levantamento mostra Dilma e Serra com 37% das intenções de voto. Marina Silva (PV) está em terceiro lugar, com 12%. A petista e o tucano já apareciam tecnicamente empatados nas duas últimas pesquisas eleitorais feitas em maio – do Instituto Sensus e do Vox Populi. A expectativa é de que o Ibope publique uma nova sondagem no início de junho.

Segundo Villa, a ascensão de Dilma se deve principalmente à influência do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele afirmou ao R7 que os programas de TV com Lula defendendo os feitos da ex-ministra não são decisivos, mas pesam nesta fase da pré-campanha. - A subida dela deve-se fundamentalmente ao Lula. Ficou claro que ela é a candidata do presidente. O numero de pessoas que não sabem que ela é a candidata do Lula é muito pequeno.

Villa afirma que o patamar do ex-governador de São Paulo surpreende.

- O que chama mais atenção é os 37% do Serra. Com todo o bombardeio da Dilma, com Lula constantemente violando as leis eleitorais, o Serra ainda consegue ter 37% das intenções. Ele saiu do governo e diminuiu os holofotes, no caso dela é o contrário, o presidente diz que ela é a candidata. Apesar dos pré-candidatos terem colocado o debate na rua e começado a viajar pelo país, Villa afirma que a campanha presidencial só deve começar, de fato, após a Copa, na segunda quinzena de julho. Ele prevê, neste ano, uma eleição tão disputada quanto a de 1989, quando Lula perdeu no segundo turno para Fernando Collor.

Limite

Questionado sobre a possibilidade de Dilma ter atingido seu patamar de votos do eleitorado cativo do presidente, Villa disse que a maioria do eleitorado já sabe que a petista é a candidata de Lula e só o tempo vai dizer se ele atingiu o patamar de transferências de voto para a candidata.

- Ficou claro que ela é a candidata do presidente. O numero de pessoas que não sabem que ela é a candidata do Lula é muito pequeno. [...] Ela tem 37% das intenções, Lula tem 73% da aprovação, o que mostra menos da metade da transferência. Em relação à pré-candidata do PV, Villa afirma que o cenário eleitoral não deve sofrer grandes alterações para Marina. Para ele, Marina teria que “chamar os holofotes” para si, coisa que não tem conseguido fazer. - Marina não consegue decolar, vai ficar em torno de 10%, 12%. [...] Ela teria que ter uma campanha muito diferente dos principais candidatos, mas não consegue. O resultado que ela obteve não é ruim, mas deve ficar em torno disso.

Fonte: R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.