27 maio 2010

GEOPARK ARARIPE Guias de turismo atuarão em todo o País - Reportagem: Elizângela Santos


A assinatura foi feita pelo reitor Plácido Nuvens, presidente da Fecomércio, Luiz Gastão, a diretora do Senac, Ana Martins, e pelo coordenador do Geopark, Patrício Melo - ELIZÂNGELA SANTOS. O Senac promoverá o curso técnico e o Geopark Araripe e a Urca subsidiarão as despesas com os estágios

Juazeiro do Norte. O Cariri habilitará guias de turismo para atuação em todo o Brasil. Isso será possível graças a parceria da firmada entre o Serviço Nacional de Aprendizagem (Senac) e Universidade Regional do Cariri (Urca), por meio do Projeto Geopark Araripe, único nas Américas. O convênio entre as instituições foi assinado na manhã de ontem, no auditório Patativa do Assaré, no Sesc, em Juazeiro, durante reunião do Conselho Regional do Senac do Estado. Na ocasião, foi entregue pela coordenação geral do Geopark Araripe e o reitor da Urca, Plácido Cidade Nuvens, a placa ao Senac como entidade colaboradora do projeto. A assinatura do convênio foi feita pelo reitor, o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio-CE), Luiz Gastão Bittencourt, e a diretora regional do Senac no Ceará, Ana Cláudia Martins, além do coordenador geral do Geopark Araripe, Patrício Melo. O curso técnico está previsto para ser iniciado no segundo semestre deste ano, com 30 vagas. Serão três módulos, que habilitarão os profissionais a atuarem em todo o Brasil. Segundo o gerente administrativo do Senac, no Crato, Cristiano Saraiva, os detalhes finais sobre o curso estão sendo fechados, mas serão investidos pela instituição R$ 210 mil. Já a parte referente às viagens técnicas dos formandos serão feitas por meio do Geopark Araripe.

A professora da Universidade e guia de turismo, Luciana Lacerda, será uma das instrutoras do curso. Ela afirma que apenas em 1997 foi realizado um curso de guia de turismo na região, habilitando profissionais para atuarem apenas regionalmente. Dessa vez, além de ser uma das instrutoras, terá oportunidade de ampliar seus conhecimentos técnicos na área e receber a carteira do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), do Ministério do Turismo, para atuar de forma reconhecida como profissional da área em todo o Brasil. A carga horária do curso será de 1.130 horas/aulas, sem ônus financeiro para os alunos. Já no primeiro módulo, os alunos estarão habilitados para atuar como guia regional. No fim do segundo, como guias turismo nacional. A terceira etapa será reservada às viagens técnicas, pelos lençóis maranhenses, no Maranhão, e o Delta do Parnaíba, no Piauí, finalizando com a parte técnica dos aeroportos. As viagens e hospedagens, da etapa final do curso, será financiada pelo Projeto Geopark Araripe. A seleção dos alunos será em julho e as aulas estão previstas para começar em agosto. O coordenador do Geopark, Patrício Melo, destaca a importância do curso que terá a participação de alunos das seis cidades do Cariri (Missão Velha, Crato, Barbalha, Juazeiro do Norte, Nova Olinda, Santana do Cariri) que compõem o Geopark.

O projeto atua na área de educação ambiental, preservação do meio ambiente e na promoção do geoturismo, com o turismo de recepção e não de massa, com o envolvimento da comunidade e seu desenvolvimento. O reitor da Urca, Plácido Cidade Nuvens, destacou a importância estratégica da parceria, com a convergência de interesses e oportunidades, por meio das diferentes instituições, coma tarefa da mobilização das lideranças, na qualificação para o trabalho. "É um encontro promotor e promissor". Gastão ressaltou que o convênio será uma das formas de atuar com a Urca, como forma de divulgar o turismo geológico da região. Ele afirma que a parceria será ampliada, para a participação junto ao Geopark, em eventos como a Mostra Sesc.

Elizângela Santos
Repórter do Jornal Diário do Nordeste

Colaboradora do Blog do Crato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.