05 março 2010

ADEUS, QUERIDA MESTRA !

Por Zé Nilton

Sem dúvida uma grande perda para a educação do Crato e da região.

Grandiosa foi a sua vocação para o exercício do bem. Sempre terna, carinhosa e prestativa, ajudou a um cem números de pessoas a se colocarem com fé e força diante da vida.

Viveu mesmo para ser educadora, no mais alto significado desta palavra. Acompanhou as transformações do tempo com muita serenidade. Apreendeu os valores da modernidade e se renovou para viver este mundo.

Comprida seria a lista de serviços prestados ao Crato. Esteve à frente de todos os grandes empreendimentos em prol do desenvolvimento da cidade.

É comum dizer-se que a Urca teve um pai, o emérito reitor Antonio Martins Filho. A mãe da Urca chama-se profa. Maria Sarah Esmeraldo Cabral. Como uma mãe ela cuidou da Urca orientando práticas e políticas em pressupostos éticos e verdadeiros.

Sou testemunho da sua firmeza moral e da sua honradez inatas. Como também guardo uma eterna gratidão por ela ter me dado a mão e me encaminhado para o que hoje sou como pessoa.

Adeus, querida mestra Sarah!

Um comentário:

  1. Dizem que "A gratidão é a mais difícil (e a mais rara) das virtudes".
    Zénilton é uma pessoa que cultiva a gratidão!

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.