01 fevereiro 2010

Os Altos e Baixos na vida de um Presidente - Por: João Ribeiro Mendes


No final do seu primeiro mandato o presidente Lula teve uma crise de pressão alta quando descobriu que o seu governo foi responsável pelos juros altos, pelo alto índice de corrupção, pelos altos salários dos políticos, pela taxa alta de desemprego e pelo alto índice de criminalidade no país. Agora, no final do seu segundo mandato, o presidente sofre outra crise de hipertensão, possivelmente, causada pelo desânimo com o baixo índice de crescimento econômico, com os golpes baixos do seu governo, com o baixo nível das suas declarações, com os negócios por baixo do pano, com o baixo índice de desenvolvimento humano da população e com a baixa qualidade do ensino no país. Sugiro que o presidente Lula, depois de receber alta do hospital, não fique até altas horas sonhando com o ponto alto na campanha eleitoral, porque ele pode sofrer uma nova crise de pressão alta ou ficar de baixo astral, quando descobrir o alto risco de periculosidade e o baixo índice de popularidade da sua candidata. Falar palavra de baixo calão, também, não alivia pressão alta, Sr Presidente.

Francisco Ribeiro Mendes
E-mail ( omitido pelo editor para preservar o escritor ) @correioweb.com.br
Brasília-DF

Texto enviado por E-mail pelo nosso colaborador em Brasília, João Ribeiro Mendes
Cadastrado como membro do Blog do Crato

2 comentários:

  1. Em que mundo vive o autor desta postagem. Está de brincadeira. Está lutando contra os fatos. Comece a encarar a realidade. Quer fazer crítica? então, ao menos dê-se ao trabalho de procurar algo para criticar no governo Lula.
    .
    Seja preguiçoso, não!
    .

    ResponderExcluir
  2. Em que mundo vive o autor desta postagem. Está de brincadeira. Está lutando contra os fatos. Comece a encarar a realidade. Quer fazer crítica? então, ao menos dê-se ao trabalho de procurar algo para criticar no governo Lula.
    .
    Seja preguiçoso, não!
    .

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.