26 fevereiro 2010

Marina: eleita, governo com o ‘melhor’ de PT e PSDB - Postado por Océlio Teixeira


Não há coisa mais fascinante do que o sonho. Nele, enquanto o superego adormece, você pode até transar com a mãe do melhor amigo sem provocar estrépito. Tome-se o caso de Marina Silva. O inacreditável tem comparecido aos sonhos dela disfarçado de crível. A presidenciável do PV diz e reafirma: eleita, vai promover “um realinhamento histórico” na política. Governará o Brasil "com os melhores do PSDB e os melhores do PT". Acha que a propalada “governabilidade” depende da pacificação de petistas e tucanos.

Ouça-se um pedaço do sonho de Marina: "Enquanto o PT e o PSDB não conversarem, vai ficar muito difícil uma governabilidade...” “...Devíamos ser capazes de estabelecer uma governabilidade básica, onde o PT e o PSDB digam: 'Naquilo que é essencial para o Brasil, nós não vamos colocar em risco a governabilidade'. O Brasil é maior que essas picuinhas".

De fato, com todos os defeitos, o tucanato e o petismo parecem reunir o que há de menos pior na política brasileira. O diabo é que insistem em se unir ao que há de mais execrável. Vendem o moderno agarrados ao arcaico. A pregação onírica de Marina é a coisa mais sensata que já foi dita nesta fase de pré-campanha. Por isso mesmo, o mais improvável.

Ah, sim, Marina também falou de meio-ambiente. Tenta converter uma nota em concerto: "O meu esforço é de mostrar para as pessoas que, longe de ser samba de uma nota só, é construir uma sinfonia, que todos possam fazer parte dessa orquestra...”  Uma orquestra “...que vai mudar a forma de produzir, consumir, se relacionar com a natureza. Só quem não entende da agenda, acha que é samba de uma nota só".

Escrito por Josias de Souza
Fonte: Blog do Josias

3 comentários:

  1. Ora, isso pode resultar numa coisa AINDA PIOR!

    O problema do Governo do PT, foi ter se juntado com a corja toda de diversos partidos. Estão aí de volta o Collor, o Renan, o Sarney... mas isto só foi feito em nome da chamada GOVERNABILIDADE.

    Para garantir a governabilidade, Lula teve que engolir sapo ( isto pode parecer uma situação engraçada, um sapo engolindo sapo ), mas enfim, se Marina pretende reunir os dois partidos, não estará fazendo nada de diferente do que o PT está fazendo. Estará AMPLIANDO o leque de atuação do esquema. Estará trazendo PT, PSDB e claro, o PMDB que nunca ficou de fora de nenhum governo.

    SALADA!

    É isso que ela pretende fazer. Na ambição de tentar reunir o que tem de melhor, quando os BILHÕES de dólares começarem a pesar, o que pode acontecer, é ela reunir o que de pior existe na política.

    A vitória de Marina eu até pagaria pra ver...

    Abraços,

    DM

    ResponderExcluir
  2. Como sou um pré-eleitor de Marina, torço para que ela faça uma excelente campanha. Se chegar lá, seria demais. Agora, na minha opinião o PT e o PSDB(acrecente o PSB, o PV, o DEM e algum outro) têm os melhores quadros políticos do nosso país(em termos técnicos, de conhecimento). No entanto, essa idéia da Marina não resolveria o problema da situação caótica da nossa politica. O que tem que ser feito é uma VERDADEIRA REFORMA POLÍTCA. ACABAR COM OS PARTIDOS DE ALUGUÉIS E DEIXAR NO MAXIMO 6 PARTIDOS, QUE REPRESENTEM OS DIVERSOS SEGMENTOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA. O FHC teve condiçoes de fazer isso e não fez, pois não lhe era interessante. O Lula idem. Vamos ver se o(a) proximo(a) presidente vai ter coragem de acabar com esse modelo politico falido e fazer a reforma.

    A Reforma vai resolver tudo. Não. Mas poderá ser o inicio para mudar nossa cultura política, marcada pelo fisiologismo, corrupção, traições, apadrinhamentos, etc...

    ResponderExcluir
  3. O melhor que ela poderia fazer, seria reunir as melhores pessoas de PARTIDO NENHUM.

    Na verdade, eu acho que é preciso trocar quase todo mundo lá naquele congresso. Não se pode admitir existirem deputados e outros que fazem daquilo uma profissão há décadas.

    Tem de Trocar TUDO.

    Abraços.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.