20 janeiro 2010

Ceará usa vantagens competitivas

Em 1998, o Estado do Ceará representava, apenas, 1% das exportações brasileiras de frutas. Algo em torno de US$ 800 mil. Uma insignificância. Hoje, 22 anos depois, o Ceará responde por 18% das vendas de frutas do Brasil para o estrangeiro. Como isso foi possível? Quem responde é Carlos Matos, considerado, digamos assim, o pai do agronegócio cearense:

"Naquele tempo, nem o Governador Tasso Jereissati, de cujo Governo eu era o secretário de Agricultura Irrigada, acreditava nesse projeto. Ao mesmo tempo em que duvidava, ele, com a visão de estadista, mandou-me tocar a bola pra frente. Fui adiante e o que era um sonho se tornou realidade graças à continuidade do projeto e ao apoio que o Governo tem emprestado ao setor". Carlos Matos, muito admirado pelos empresários do agronegócio, aconselha: "O caminho agora é investir pesado no cultivo protegido" (sob estufas).

A Holanda gasta 1,3 mil euros para produzir 1 hectare de rosas; o Ceará gasta apenas US$ 250. Em S. Paulo, produzem-se 130 rosas por m²; no Ceará, 250 rosas. Uma rosa consome 70 dias antes de ser cortada; aqui, só 41 dias. Isto quer dizer que a floricultura cearense está transformando em competitiva as suas vantagens comparativas, como a insolação. "O Sol é o nosso maior aliado, pois ajuda o agronegócio e incentiva o turismo", diz Carlos Matos.

Fonte: Coluna do Egidio Serpa

Comentário da postagem: A Região do Cariri tem pelo menos cinco grandes vantagens competitivas ainda não potencializadas: o excelente posicionamento geográfico em relação a todo o Nordeste, uma região metropolitana históricamente implantada, um conjunto significativo de reservas ambientais como a Floresta Nacional do Araripe que podem nos proporcionar desenvolvimento da biotecnologia, um impressionante registro de fósseis do Período Cretáceo, um dos maiores do mundo que nos levou ao reconhecimento da UNESCO e por fim, um contexto de memorabilidade cultural. Falta um conteúdo estratégico que amarre estas vantagens e as transformem em desenvolvimento economico e social. Postagem por José Sales

Um comentário:

  1. Eu compro fruitas importandas do Ceara toda semana aqui na Inglaterra!

    George

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.