29 dezembro 2009

Iguatu, metrópole do Centro-Sul cearense‏ - Por: Beto Fernandes


Nota do Editor: Iguatu não parou no tempo, como muitas cidades...

Estou no Centro-Sul cearense neste final de ano. Estou dividindo minha folga entre Acopiara e Iguatu (minha terra natal). Estou de volta depois de 8 meses e confesso estar impressionado com o desenvolvimento da “Terra da Telha”. A cidade, o município como um todo, tem demonstrado um desenvolvimento estruturante impressionante. Não há nenhum exagero em afirmar que é um dos municípios que mais cresce em todo o Estado.

A que isso se deve? Vários são os fatores. O primeiro deles, indiscutivelmente, aos esforços do poder público, através da liderança do Prefeito Agenor Neto (PMDB). Reeleito com maioria histórica em 2008, Agenor Neto, conseguiu deixar uma característica. A administração pública iguatuense tem um marco histórico. Antes e depois da primeira gestão de Agenor Neto. É bem verdade que a administração do ex-prefeito Edilmo Costa foi repleta de falhas e falta de compromissos, contudo entre 2005 e 2008, Agenor Neto conseguiu resgatar as finanças do município e principalmente a dignidade do seu povo.

Pagar servidores e fornecedores em dia, conceder reajustes salariais reais e dentro da realidade financeira do município, pelo que ouvi de populares foi a preocupação inicial. Com visão moderna e buscando parcerias nas esferas Estadual e Nacional a Prefeitura de Iguatu fez também o dever de casa com aumento da arrecadação própria. Austeridade, compromisso e boa vontade fazem parte do jeito de administrar do gestor iguatuense.

Acredito que a população compreendeu e mais que cobrar tem buscado auxiliar a gestão iguatuense. A população tem mostrando que importante tanto quanto reclamar e denunciar os problemas é apresentar possíveis soluções para os mesmos. Aparentemente o povo tem dito a administração iguatuense quais as suas necessidades e prioridades. Passando no contorno rodoviário já podemos notar o novo aspecto urbanístico com moderno pólo de lazer no Bairro Cocobó. Linda obra estruturante. No centro da cidade de forma pactuada notamos que ruas foram e estão sendo desobstruídas com vendedores ambulantes que estão sendo levados para áreas mais apropriadas. O transito flui aparentemente normal com mototaxistas devidamente cadastrados e as topiques não trafegam no centro da cidade disputando espaço com motos e pedestres.

Praças ganharam moderno sistema de iluminação. Ruas estão asfaltadas ou bem calçadas. Escolas recuperadas, ampliadas ou construídas. Professores capacitados e aumento no número de matrículas e observado e anunciado. Os equipamentos de saúde melhoraram e foram ampliados, assim com os serviços. Beto e você não viu nenhum problema? Claro que sim! Respondo a quem se apressou em indagar enquanto lê minhas poucas linhas diárias. Vi problemas e há problemas. Contudo, não recongecer os avanços seria querer ser cego e diz um velho adágio popular: “o pior cego é o que não quer ver”.

A iniciativa privada também merece destaque em Iguatu. Zenir Móveis o pioneiro com uma sólida rede de lojas de móveis e eletros. Seguindo o mesmo caminho e até ampliado o grupo Edvane Matias. Sim, Iguatu tem potencialidades. Iguatu é hoije um bom lugar para se viver. Parabéns aos seus governantes. Parabéns aos seus empresários, mas fundamentalmente, parabéns a nossa gente que finalmente pode dizer que Iguatu é a metrópole do Centro-Sul cearense.
Por: Beto Fernandes

Um comentário:

  1. Quem teve a oportunidade de ver as praças de Iguatu e de as cotejar com as do Crato... Ficção!

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.