28 dezembro 2009

Argentina tem o primeiro casamento gay da América Latina-Por Moisés Rolim


O primeiro casamento entre pessoas do mesmo sexo na América Latina foi celebrado nesta segunda (28) na cidade de Ushuaia, no extremo sul da Argentina. Alex Freyre e José María Di Bello se casaram m um cartório civil da cidade de Usuahia (3.500 km ao sul de Buenos Aires). Di Bello disse que estão "muito felizes e orgulhosos".

O casamento ocorreu graças a uma autorização especial da governadora da Província de Terra do Fogo, Fabiana Ríos, já que a lei argentina não permite o casamento de pessoas do mesmo sexo. Freyre, de 39 anos, e Di Bello, de 41, tinham previsto se casar em Buenos Aires no último dia 1º, o Dia Internacional de Luta contra a Aids, doença da qual ambos sofrem. Porém, decisões judiciais contraditórias levaram o Registro Civil da capital argentina a não concretizar o casamento.

Felizes e agradecidos

Di Bello agradeceu a governadora em declaração no canal de TV Todo Noticias:

- Sabíamos que a governadora é uma pessoa que simpatiza com esta causa e estamos agradecidos.

Segundo Di Bello, o casamento foi organizado "reservadamente" para evitar "o duro momento" que o casal atravessou quando não pôde concretizar seu sonho em Buenos Aires no dia 1º deste mês.
- Esperamos que não haja novas objeções judiciais.

Di Bello manifestou seu desejo de que este seja o primeiro passo para que outros casais gays possam se casar no país. Atualmente, quatro cidades da Argentina reconhecem a união civil entre pessoas do mesmo sexo, que não é equiparável juridicamente ao casamento. A Lei de União Civil da cidade de Buenos Aires, aprovada no final de 2002, representou o primeiro antecedente no país e o primeiro reconhecimento legal dos casais gays na América Latina.

"Copyright Efe - Todos os direitos de reprodução e representação são reservados para a Agência

FONTE: WWW.R7.COM

2 comentários:

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.