21 novembro 2009

SINDISAÚDE instituirá troféu para o melhor e pior prefeito do Ceará - Por Beto Fernandes

Existem informações que lamentavelmente a grande mídia não dá o devido conhecimento. Claro que sabemos o que existe nos bastidores para que muitos jornais, revistas e emissoras de rádio (principalmente) não divulguem. O atuante Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado do Ceará (SINDISAÚDE) irá ao final deste ano agraciar o (a) prefeito (a) que melhor realiza políticas públicas de apoio e incentivo aos agentes comunitários de saúde. Os sindicalistas irão também instituir um troféu para o pior gestor.

A diretoria da entidade sindical informa os critérios que estão sendo avaliados para entrega das premiações: repasse dos incentivos mensais e anual, fornecimento de equipamentos e condições de trabalho e territorialização. Dentre os gestores avaliados com ações positivas está o de Juazeiro do Norte Manoel Raimundo de Santana Neto (PT). Segundo o site do SINDISAÚDE Dr. Santana “é candidatíssimo a levar o prêmio de quem melhor cuida dos ACS até o momento, considerando somente o item financeiro, juntamente com os prefeitos de Potengi, Granjeiro, Aracati e Palmácia. No entanto, outros itens também serão observados”. Além de Manoel Santana estão sendo avaliados positivamente os prefeitos de Potengi (Samuel Alencar – PC do B), Granjeiro (Eamnuel Granjeiro – PSDB), Aracati (Expedito Ferreira – PP) e Palmácia (Carlos do Depósito – PT).

Já no outro extremo estão bem situados para ganhar o troféu “MALVADEZA” os prefeitos de Tamboril (Jeová Mota – PSB), Assaré (Eanderto Almeida – PSDB), Altaneira (Antonio Dorival- PSDB) e Campos Sales (Paulo Ney –PSDB). Esses municípios, segundo o SINDISAÚDE nada pagam de incentivo aos ACS’s. Também concorrem ao Troféu Malvadeza os municípios de Iguatu (Agenor Neto – PMDB), Poranga (Aderson Pinho – PSDB) e Independência (Valdir Coutinho – PMDB) que pagam “valores irrisórios a titulo de incentivo mensal”.

O Sindicato denuncia que a Prefeita de Fortaleza, Luiziane Lins (PT) disputa a lanterna com Paulo Ney de Campos Sales (ver charge). Ela paga apenas R$ 1,60 de incentivo por dia para os agentes comunitários de saúde, o que o sindicato define como uma “esmola,”.

Já no Jornal O Termômetro, de responsabilidade do SINDISAÚDE, em sua edição de setembro, uma das matérias tinha como manchete: ACS DE Juazeiro do Norte conquistam maior valor de incentivo. Segundo o informativo “a luta dos agentes de saúde do Cariri, que teve seu ponto alto na passeata pelas ruas do Crato, Barbalha e Juazeiro do Norte, no dia 13 de maio desde ano produziu resultados concretos”. O jornal ressalta que “diante de mais de 500 ACS, no Memorial Padre Cícero, o Prefeito Manoel Santana, prometeu resolver a pendência do incentivo financeiro para o ACS. E cumpriu. A partir do mês de julho de 2009, os ACS de Juazeiro do Norte passaram a receber por mês o valor de R$ 303,00, a título de incentivo financeiro, quantia que corresponde a 52% do que é repassado para o município pelo Ministério da Saúde e confere a Juazeiro do Norte o título de município cearense que paga melhor aos ACS”.

Em Barbalha, um acordo firmado entre o SINDSAÚDE, Associação de ACS e o Prefeito José Leite (PT), garantiu um repasse de 30% sobre o valor que é repassado pelo Ministério da Saúde para o município. Em Crato, o Prefeito Samuel Araripe (PSDB) também cumpriu compromisso e enviou para Câmara Municipal projeto que garante incentivo de 25% do repasse. Apesar de no Crato, ser o menos valor de repasse das três maiores cidades da região, no município nunca o benefício tinha sido pago.

“Duvideodó” que alguns setores da mídia em Juazeiro propaguem esse reconhecimento de uma categoria a administração do Prefeito Manoel Santana. Não quero aqui, fazer nenhuma defesa de quem quer que seja como podem pensar alguns. Quero apenas lembrar construtivamente que uma mídia verdadeiramente livre deve elogiar, quando necessário, até para servir de estímulo aos gestores, seja qual for o nível de Governo ou poder, assim como deve também criticar construtivamente. Nas críticas construtivas é que estes poderão, de acordo com o tirocínio administrativo de cada um, rever conceitos e decisões, acertar a partir da reclamação popular através da mídia.

O natural é que a imprensa verdadeiramente livre (o que é raro) fale dos erros, mas tenha também hombridade de divulgar o que de positivo acontece. A TV Verde Vale teria divulgado não a ação do Prefeito Manoel Santana, mas a conquista dos agentes comunitários de saúde? Imagino que o movimento reivindicatório, até porque mobilização rima com “queimação” da imagem de um gestor, deve ter recebido a cobertura “jornalística”(?). Em Crato, fui informado que a ótima Rádio Princesa FM tem sistematicamente sentado a madeira a gestão do Prefeito Samuel. Se há o que se criticar, que seja. Isso faz parte do processo democrático, mas também “duvideodó” que tenha sido reportado, comentado, ou noticiado algo a respeito da decisão do Prefeito reeleito Samuel Araripe.

Uma última observação sobre a mídia e a cobertura dos fatos. A Rádio Cidade de Campos Sales divulgou algo a respeito desta crítica ao Prefeito Paulo Ney? Imagino que não. Como se a Rádio é dele? E a TV Verde Vale divulgou algo sobre a decisão da Justiça que sete anos após a tragédia que marcou a cidade de Caruaru, deu um pouco de alento às famílias de três pessoas que morreram em março 2002 após utilizarem o soro Ringer Lactato produzido pelo Laboratório Farmace? Considero pouco provável afinal a TV Educativa (?) é vinculada a uma fundação beneficente cujos diretores são ligados ao empresário e deputado federal Manoel Salviano.

Fiz essas referências apenas para mostrar o incorreto uso da mídia em vários casos.

Por Beto Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.