13 outubro 2009

É a cara do Sertão - Por Mundim do Vale


Um arrancador de dentes
Que não cobra a extração
Mas entrega ao paciente
Um santinho de eleição
Faz ali uma costura
Depois trás a dentadura
É a cara do sertão.

Um soltado de policia
Discutindo com ladrão
As pastorinhas cantando
Na hora da comunhão
O padre bem caladinho
Danado tomando vinho
É a cara do sertão.

Aluno na palmatória
Porque não deu a lição
Um parque tocando xote
De Luiz rei do baião
E a moçada na varanda
Esperando pela banda
É a cara do sertão.

Por Mundim do Vale

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.