15 outubro 2009

AOS AMIGOS, COM CARINHO - Jorge Emicles Pinheiro


Tanto quanto são infinitas as formas de compreender a vida, igualmente são as de enfrentar suas adversidades. Até que estejamos concretamente diante de um obstáculo, em verdade não sabemos de que forma o enfrentaremos. Até que sintamos a dor, não saberemos a verdadeira dimensão do sofrimento.

É o instinto (talvez vindo de Deus, talvez da mera condição animal) que nos ensina a lutar pela sobrevivência. Por pior que estejam as coisas sempre preservar-se vivo será a melhor saída, mesmo que o sopro de vida que restar não possua mais viço ou qualidade. A esperança é a última que morre: eis um ditado o qual bem poderia representar a eterna luta que somos socialmente treinados a travar com a morte. Pouco importa o sentimento que demos à nossa vida, desde que cotidianamente suplantemos o fantasma e a certeza da morte. Por finitos que sejamos, é na crença da imortalidade que consumimos cada instante de nossa tênue existência.

Nas dificuldades (nas mais temíveis principalmente) é este o instante que todos os que nos são próximos buscam nos alimentar. A qualquer custo que for, vença a morte, insista na sua própria imortalidade, porque assim estarás evidenciando não apenas sua infinita fortaleza como também alimentando de esperança todo o restante da humanidade.

Porém, uma vez que são muitas as formas de viver as augrúrias da existência, um dissabor pode ser encarado por infinitas maneiras. Variações que de ordinário dependerão da forma com que se interpreta o mundo, assim como este mesmo mundo reage face a seu sofrimento. Diante da enfermidade, fui cercado pela calorosa luz da compaixão e da amizade; fui encharcado pela inebriante energia do amor sincero, passional mas desinteressado de centenas de pessoas que me infligiram desejos de saúde plena e pronto restabelecimento.

Quem nada me devia senão estima gratuita me emprestou dessa luz; quem talvez me devesse algo, mas que não poderia ser cobrado em razão do meu próprio estado de fragilidade, sem nada querer pagar igualmente me cedeu desta luz; quem imaginei que pelos descaminhos da vida nem mais se lembrasse de mim, da mesma forma me encandeou desta revigorante luminosidade; de quem não esperava carícias me afagou pelo amor; de quem esperava estas carícias, me as trouxe com muito mais generosidade que merecia; quem decepcionei me afagou com o perdão; quem não pude ajudar, me retribuiu com a solidariedade; quem pouco conhecia, me abraçou com ardor e os antigos e verdadeiros amigos permaneceram incontinenti em apoio.

Jamais havia sentido energia tão pujante e verdadeira. Nas lágrimas destas centenas de amigos angariei a força do destemor; na honestidade de seus abraços adquiri a coragem da vitória; na fortaleza de suas palavras (escritas ou faladas) a energia da revitalização. É esta a verdadeira alquimia. A chave da pedra filosofal tão empenhadamente buscada pelos antigos filósofos. Tão plena, enfim, estava minha alma desta saborosa energia, que dali seria capaz de enfrentar todos os obstáculos que se pudessem interpor no meu caminho, fossem quais fossem as conseqüências do mal que me afligia.

A vida, a morte e esta infindável luta pela eternidade passaram a ter nenhuma importância a partir de então. Talvez não houvesse diferença entre uma longa vida e uma morte prematura. Nem uma nem outra condição garantiria a felicidade. O completar-se dessa pujante e luminosa energia proveniente do amor e da amizade, sim, representam o verdadeiro sentido e mistério da vida. Por isto mesmo que pouco importava a vida ou a morte, pois tanto pela vida longa quanto pela breve morte estarei sempre repleto daquela energia vital e eterna que preenche todos os planos da existência, seja material ou não. Aos amigos, além destas palavras, somente posso agradecer com o compromisso de distribuir a tantos quanto se apresentem, com o mesmo calor revigorante de que fui já embebido por sua generosa luz.

Lhes sou profunda e eternamente grato por tudo! Muito obrigado!

Jorge Emicles

17 comentários:

  1. Grande Jorge:
    Por intermédio de Raimundo Filho e do seu primo, Dr. Hélio Pinheiro tenho acompanhado suas notícias.
    Torço pela completa recupeação de sua saúde.
    Pinheiro é árvore forte!
    Grande abraço amigo.
    Armando

    ResponderExcluir
  2. Meu grande amigo, nunca esqueça de que a mais poderosa força no mundo é o amor e a fé.
    Você é especial.
    Bjo grande,
    Mônica Araripe

    ResponderExcluir
  3. Conheci um pouco do prof. Jorgito na campanha para reitoria da URCA em 2007. Sua postura foi decisiva para que o comitê de ética funcionasse de forma exemplar.

    Professor, você é jovem demais e agora está diante do colosso existencial que nos leva a raciocinarmos sobre o significado da vida e nossa fragilidade humana.

    Outros de nossos companheiros na URCA recentemente tiveram que enfrentar grandes desafios de saúde, o prof. Bernardo Melgaço, a profa. Virgínia, o reitor Plácido, entre outros que, diferente desses, estão vivos em nossas lembranças.

    Lembre-se ainda, se possível, que todos nós teremos nossos dias infelizes. Todos nós enfrentaremos o colosso que está diante de você agora. Nesses dias, exemplos de coragem como o seu serão lembrados por muitos para também ter a sua serenidade, paz e determinação.

    Força companheiro!!! Saiba que estamos todos aqui na URCA torcendo por você.

    Um grande abraço e melhoras!!!

    Prof. Waltécio

    ResponderExcluir
  4. Dr. Jorge,

    Na época em que você era ouvidor do município tive a honra de trabalhar na sua equipe e poder conhecer melhor o profissional brilhante e pessoa maravilhosa que é; hoje o admiro mais ainda pela maneira como esta encarando as adversidades que a vida lhe impôs, imagino que seja muito difícil mais não tenho na verdade idéia da dimensão, como você mesmo disse “Até que sintamos a dor, não saberemos a verdadeira dimensão do sofrimento.” Mas a algo que tenho certeza, é do meu desejo sincero pela recuperação de sua saúde.
    Dr. Jorge busque muita Força, amor e esperança, agora mais que nunca nos mínimos detalhes estão presentes e com mais intensidades nas pessoas que amamos procure renová-las a cada dia seja nos simples gestos lhe ofertados ou nos semblantes dos seus filhos aos quais tem tanto amor, cada momento bem aproveitado fará sentir-se melhor.

    ResponderExcluir
  5. Desejo êxito nessa luta e pronto restabelecimento.

    ResponderExcluir
  6. Jorgito,

    Sua fé é a sua fortaleza. Estamos todos na torcida pela sua recuperação definitiva. Que, decerto, virá breve.

    ResponderExcluir
  7. Jorgito.

    A maior defesa do nosso sistema imunológico é a oração pela saúde e pela vida. Está reconhecido pela medicina que a oração cura todos os males. Ore a DEus, a grande força cósmica que está dentro de você de todos nós, e você será curado.

    ResponderExcluir
  8. Querido amigo, te amo muito!!
    A luz que te ilumina é a luz dos grandes iniciados!
    Pensamento positivo!
    És um grande Mago, estarás bem!
    Muita fé!
    Estou com você!

    ResponderExcluir
  9. Jorgito, nem sei bem o que te acomete, de qualquer forma, lute, lute meu irmão...sei do bom pai q vc é, e nada pra Deus é impossível, nada!Precisando seja do que for,estamos Hugo e eu à sua disposição,embora não tenhamos laços fortes de amizade, sabemos um dos outros e Hugo te tem grande admiração, fique bem logo!

    ResponderExcluir
  10. Quem caminha pela senda mística da espiritualidade encara a vida e suas diversidades como vc está encarando. Como te disse, vc e eu aceitamos a missão de trazer ao mundo dois filhos lindos e iluminados e estes caregarão, seja no DNA ou no conhecimento (fruto da convivência com vc), um caráter reto em suas vidas. Sempre tivemos respeito um pelo o outro, sentimento de quem já amou um dia. Sei que vc é guerreiro e vai lutar de forma digna. Conte sempre comigo, Jorge.

    ResponderExcluir
  11. Nada é impossível diante de Deus. E mais ainda, diante de uma pessoa que tem na sua própria existência a força para superar qualquer adversidade. Se Deus existe? Essa é a prova que sim, o quanto Ele te dá força e te cerca de ótimas energias para lutar.
    Conte sempre com minha energia positiva. Seja em que dimensão for.
    Segura na mão de Deus e na nossa, pois estamos contigo.
    Tenha sempre meu carinho.

    ResponderExcluir
  12. Querido amigo... mesmo de longe estou rezando por você!
    Tenho certeza que Deus é maior que tudo e que vai dar tudo certo!
    Força!
    Te Adoro Muito!
    Geórgia

    ResponderExcluir
  13. Jorgito,
    Quero apenas te dizer que a luz generosa que te embebeu, nada mais é que o reflexo da tua PRÓPRIA LUZ!
    Que a Luz da Amizade é recebida à medida que é dada e isso você sabe dar como ninguém...
    Amigo, Deus te abençoe! Estou na arquibancada das milhões de pessoas que torcem pela sua recuperação.
    Um beijo. Adoro Você! Ritinha

    ResponderExcluir
  14. Posso dizer que não nos conhecemos, mas temos pessoas queridas em comum.

    Saiba que neste momento eu lhe desejo toda a serenidade do mundo e todo desprendimento do que é fútil, acessório, desnecessário. Que Deus dê a você verdadeira saúde,que Deus dê a você verdadeira alegria e que nem medo nem tristeza se aproximem de ti.

    Quero, isto sim, que a fortaleza da fé obre milagres todas as horas de sua vida e que você seja feliz em cada revelação de cada minuto, sempre.

    Até quando ficamos é um mistério, por isso tudo de bom durante muitos e muitos anos com muita saúde e paz!

    Recupere-se!
    Elvis

    ResponderExcluir
  15. Meu Amigo Irmão Jorge Emicles, acompanho aqui de Fortaleza suas notícias, torcendo pela sua completa e breve recuperação.

    Que a luz do Grande Arquiteto do Universo te ilumine, trazendo muita energia positiva, força e esperança no restabelecimento da sua saúde, aumentando, ainda mais, a fé em Deus.

    Que o seu retorno para o convivio dos amigos seja breve. Afinal de contas a luta pela ética, moral e os bons costumes não pode parar.

    Abraços do colega/amigo/irmão Tavares.

    ResponderExcluir
  16. Prof. Jorge Emicles,

    Como sempre Prof., grandes palavras de uma sábia e humilde pessoas que nos ensinou na graduação(URCA) valiosas linhas de conhecimento! Não só essa bagagem teórica faz vossa presença dentro da Universidade e nas salas de aula, mas, principalmente, a sua prestaza, solidariedde, perseverança,..., que se mostraram como verdadeiras inspirações na aplicação de nossos saberes!!!! Prof. por essa distinta pessoa que o Sr. se mostra e por ter sempre se mostrado disponível para nos ensinar é que a turma da URCA do Curso de Direito VIII semestre tarde, vem lhes agradecer e prestar nossos votos de breve recuperação!!!!

    ResponderExcluir
  17. Professor,
    A verdade em suas palavras nos ensina grandes coisas ao tempo em que conforta quem deveria confortar. Descobrir o almejado sentido da vida já o fez eterno. Todos partilhamos da sua esperança, luta e vitória, ajudando a manter a luz acesa.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.