06 agosto 2009

Princípio da Tolerância - Mário Covas


“E para que eu me credencie a defender a minha verdade, começo por manifestar a humildade de saber que existem outras verdades e que elas são tão sustentáveis quanto as minhas e que a única razão pela qual um homem, um democrata passa a ter o direito de defender a sua verdade é exatamente o respeito que ele manifesta pela Alheia”.

Mário Covas.

3 comentários:

  1. Frases atribuídas ao grande Mário Covas:
    1) O problema fundamental é a impunidade, que criou um tipo de cultura.
    2) O povo não sabe votar? A questão é outra. O povo é mal-informado.
    3) É preciso acabar com o “rouba, mas faz. Quem não rouba, faz mais.
    4) Tenho uma só cara, mas se eu tivesse várias, certamente todas elas teriam vergonha.
    5) Desejo morrer réu do crime da boa-fé.
    6) Eu me considero um homem de centro-esquerda. Mas até o Maluf disse que é, e isso me faz desconfiar dessa classificação.

    ResponderExcluir
  2. Mario Covas, ilustre brasileiro, nascido em Santos, SP.
    A postura desse raro homem público que foi capaz de manter-se honrado apesar, há de ser lembrada por muitas gerações.
    Tenho orgulho em ser sua conterrânea.

    ResponderExcluir
  3. Dihelson,

    Esse pensamento de Mário Covas deveria ser o lema de todos os blogues coletivos. Muito bom.

    Quanta falta faz o Mário Covas neste momento de crise polítio-institucional.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.