28 julho 2009

Quem é você, que não sabe o que diz - Palpite Infeliz

Algumas pessoas acusam que dentro da "nossa" imprensa existe um PIG - Partido da Imprensa Golpista. É sabido que nunca a imprensa brasileira foi isenta. A Rede BOBO por exemplo, sempre foi a porta-voz da ditadura militar, e após essa, passou a ser a porta-voz do quem pagar mais. Quem tiver alguma dúvida, procure assistir ao documentário: "Além do Cidadão Kane" - A história secreta da Rede Globo. Entretanto por esses dias, encontrei um flagrante noticiado pelo pessoal que faz o site Observatório da Imprensa, e olha só o que eles descobriram:

Capa da Folha de S. Paulo de 10 de junho de 2009:


Agora vejam a capa da Folha de S. Paulo de 28 de julho de 2009:


O leitor que tire a suas conclusões: estava certa a Folha em noticiar em letras garrafais uma "recessão" que praticamente todos os analistas econômicos já sabiam ser apenas "técnica", quando os indicadores já sinalizavam a recuperação da economia do país? Ou será que o jornal so exagerou na chamada, pintando um cenário catastrófico pelo qual o Brasil passaria e que já tinha terminado quando a manchete foi publicada, segundo a manchete desta terça-feira da própria Folha? Você, leitor, decide...

Fonte: Observatório da Imprensa

13 comentários:

  1. Ô, Dihelson,
    Não tava "proibido" postagens políticas e religiosas aqui no blog ??? (e agora tu vem logo com três, de uma vez, macho véi).
    Já tínhamos, inclusive, copiado algumas receitas culinárias (alegres) e poemas de Augusto dos Anjos (fúnebres) prá postar, como faziam os jornalões sulistas no tempo da "redentora" (mais conhecida como ditadura, ditabranda ou ditamole).
    Com relação à Folha (assim como à Veja), já tínhamos alertado aqui mesmo, várias vezes, para se tomar cuidado com o que publicam (afinal, não é todo mundo que se dá ao luxo de abrigar figuras da estirpe de um Diogo Mainardi, Reinaldo Azevedo e outros).
    Não ligaram, taí...

    ResponderExcluir
  2. Boa, muito boa mesmo a sua observação, amigo Mariano. Ri pra valer... e é muito bom começar o dia rindo.

    Prezado Dihelson: "Se o povo soubesse como são feitos os jornais e as linguiças no Brasil, não compraria nem um nem outro". Principalmente nos últimos tempos.

    ResponderExcluir
  3. Dihelson considero pertinente sua postagem. Esse é o verdadeiro objetivo de se trabalhar com comunicação. Informar a verdade e estimular a crítica e a curiosidade.
    Bjs
    Norma Paula

    ResponderExcluir
  4. Prezada Norma Paula,

    E onde estaria a verdade ???
    Na Folha ??? Ou na Veja ???
    Com Diogo Mainardi ??? Ou com Reinaldo Azevedo ???
    Será que o exemplo - contundente - do Observatório da Imprensa, não vale nada ???

    ResponderExcluir
  5. O Mariano está completamente EQUIVOCADO.

    O que eu faço pra ser entendido ?
    Será que eu vou ter de fazer promessa pra Padim Ciço ?

    01 - Eu não PROIBI postagens Políticas, eu pedi que diminuissem.

    02 - Existem postagens Políticas e Existe POLITICAGENS, que são ataques DIRETOS, como esse ataque gratúito que o Mariano fez aí acima sobre o PSDB. Isso é um ataque gratúito que poderia haver revide, só que eu não irei permitir.

    03 - Eu não postei 3 mensagens políticas. Eu postei NOTÍCIAS da Agência Brasil, uma sobre a lei Rouanet e outra sobre a Petrobrás.

    04 - É preciso saber diferenciar um artigo político de um artigo de Politicagem. Vejam o Blog do Eliomar de lima. Ele sabe escrever sobre política de uma forma não contundente. Apresenta os fatos como notícia SEM EXPRESSAR as opiniões pessoais, ou quando expressa não é fazendo publicidade. O Zé Nilton Mariano parece que nao sabe escrever sobre política sem fazer publicidade das crenças.

    Creio que de vez em quando os assuntos políticos, eu disse isso até para o Dr. valdetário, podem ser postados, contanto que se reservem essas paixões e opiniões pessoais. Coloquem NOTÍCIAS apenas. Sem comentar ou expressar opiniões pessoais, e isso não pode ser uma coisa diária.

    Existem tantos assuntos interessantes...

    Estou de olho nos leitores. Se eles continuarem reclamando das postagens políticas, o jeito vai ser que toda postagem política primeiro seria passada para mim, e em cada caso eu veria se pode publicar ou não. É um meio de censura que eu nao quero usar, mas se os abusos continuarem, não tem outra solução, pois não iremos perder todos os nossos leitores por causa de POLITICAGEM.

    Abraços,

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  6. Realmente, não dá prá entender.
    Quer dizer que a manchete da Folha, em letras garrafais,
    "BRASIL ESTÁ EM RECESSÃO" seguida de uma outra literalmente
    "desqualificando" a primeira, não tem qualquer conotação política ??? Nenhuma tentativa de prejudicar o governante de plantão ???
    Estaríamos mesmo "EQUIVOCADOS", como sugere o Dihelson ???

    ResponderExcluir
  7. Ê, tá difícil de eu me fazer entender aqui.

    Eu tenho a impressão de que estou falando ao vento, porque o Mariano não lê o que eu escrevo, ele só lê o que ele escreve.

    01 - Em nenhum momento eu pedi para parar de política. Pedi para DIMINUIR. Sabe o que é diminuir ??

    02 - Evitar confundir Política com Politicagem. Por exemplo, uma reportagem da Agência Brasil é política, mas não é politicagem.

    politicagem é você escrever: "FHC quebrou o brasil 3 vezes"

    Ou então:

    "Lula é um Apedeuta do povo brasileiro"

    Isso seria politicagem.

    vamos acabar a politicagem, e reduzir a política. Sinceramente, voc~es são tão inteligentes, que podem falar de N assuntos. Porque só querem falar sobre Política?

    Isso é alguma OBSESSÃO, alguma Doença ?

    Vamos devagar com o andor, pelo menos!

    Abraços,

    DM

    ResponderExcluir
  8. Dihelson,
    O homem é um animal eminentemente político, já nos confidenciava o velho filósofo grego.
    Ou não é ???

    ResponderExcluir
  9. E eu não já disse só essa frase aí umas 300 vezes só essa semana ?

    Ms como eu disse noutro comentário, Parece, mariano que vc não lê o que os outros escrevem. Se tivesse lido, você teria lido eu dizer exatamente isso aí.

    Leia, leia leia...

    Abraço.

    DM

    ResponderExcluir
  10. Caro Nilton
    a verdade está em analisar os fatos como eles acontecem e não como querem que nós acreditemos que eles acontecem. A verdade está em compreender o compasso dos acontecimentos e o interesse de quem os publica. Os bitolados em revistas como Veja, Isto é, Época e "Jornalões" como Folha, O Globo ou aqui, O Povo e Diário do Nordeste jamais verão a verdade se não compararem essas notícias com revistas sérias como Carta Capital e Princípios por exemplo.
    A verdade caríssimo está em não se fechar somente com as críticas de empresários ou críticos cheios de recalques. O que não podemos é nos tornar cegos pelas paixões nem pelos ódios. Aguçar a curiosidade do leitor na busca pela verdade é a função da comunicação.
    Dihelson estimular o debate político é salutar, sobretudo se não for partidário e sem o fogo das paixões.
    Mais uma vez Parabéns!!!
    Bjs!
    Norma Paula

    ResponderExcluir
  11. Vejo a cada dia que passa,surgirem novas oportunidades para os nossos jovens.
    Os concursos públicos criaram um novo rumo para todos que estão saindo dos bancos das universidades, e já se nota um novo comportamento nessas empresas que estão se libertando do apadrinhamento político. Até na hora de receber uma facada na Receita Federal, a maneira de como
    é tratada a sua dívida vem com um ranço menor. Imaginem que recebi até instruções de como aliviar as minhas multas nos parcelamentos já acordados.
    Quando me lembro de um professor filho da puta que foi Ministro da Fazenda, que proibiu a devolução do meu emopréstimo compulsório para compra de automóvel, até a veia do pescoço ameaça estourar.
    E ainda tenho de ouvir a palavra catedrático quando se refere a um vagabundo desses.

    ResponderExcluir
  12. Prezada Norma Paula,

    Parabéns !!!
    Também somos assinante da Carta Capital e da Caros Amigos, há décadas ( para ser mais preciso, desde que o Mino Carta deixou a Veja, o acompanhamos ).
    É evidente que não se pode comparar - nem de longe - um Leandro Fortes com um Diogo Marnardi: um Luiz Antonio Cintra com um Reinaldo Azevedo; um Diretor de Redação como o Mino Carta com um Eurípedes Alcantara.
    E isso faz uma "enooooorme" diferença; e como faz.
    Portanto, aceite nossos cumprimentos pelo bom gosto e pela consciência crítica.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.