31 maio 2009

O "PRÉ-SAL" É NOSSO

Mesmo ainda à espera da autorização formal do autor (senhor Eudoro Santana), tomamos a liberdade de nos antecipar e "transcrever" o artigo abaixo (publicado hoje no jornal O POVO), em razão da consistência, seriedade e respeitabilidade das fontes mencionadas. Há que se atentar, também, que o autor denuncia aquilo que todo brasileiro com um mínimo de consciência já sabia: o uso DESONESTO E MERAMENTE POLÍTICO da tal CPI da Petrobrás, à frente o senhor Tasso Jereissati, uzeiro e vezeiro em se aproveitar da política para a obtenção de vantagens pessoais. Ou alguém tem algum dúvida que ele está é de ôlho na fabulosa riqueza do pré-sal ??? (A propósito, na edição de ontem, o mesmo jornal O POVO mancheteou em primeira página que o senhor Tasso Jereissati "GARANTE", por cima de pau e pedra, que Fortaleza é uma das cidades escolhidas para sediar jogos da Copa do Mundo. Como se ele tivesse algum mérito nisso. Isso é ou não é desonestidade ??? Isso é ou não jogo sujo ??? Isso é ou não querer faturar politicamente em cima da ignorância do eleitorado ??? Do jornal e do senhor Tasso Jereissati, mancomunados.)
José Nilton Mariano Saraiva
****************************************
A Petrobras foi considerada, em 2009, a 4ª melhor empresa no ranking das 200 grandes do mundo. A Pesquisa foi realizada pelo “Reputation Institute” que ouviu 75 mil pessoas e instituições em todo o planeta. Também em 2009, 23 de março, foi divulgado pelo Pacto Global da ONU que o Balanço social e ambiental da Petrobras foi considerado notável. Essa rede internacional que trabalha a responsabilidade social ouviu 3.800 participantes em 100 países. Se para o mundo a Petrobras é um exemplo, para nós brasileiros é um patrimônio, é um orgulho nacional. Os investimentos da Petrobras em 2009 deverão superar os R$ 53,4 bilhões de 2008, mesmo com a crise. Ela sozinha investe mais do que o setor público federal. Ela não só investe em seu crescimento, em novos investimentos no país, mas é também a maior investidora nas áreas sociais, ambientais culturais e esportivas. O Programa Petrobras Ambiental – PPA, vai investir R$ 500 milhões, em ações e financiamento de projetos entre 2008 e 2012, em três linhas: gestão de águas, conservação de espécies e ambiente costeiros e recuperação de áreas degradadas. No setor do esporte a Petrobras é a maior patrocinadora em todas as modalidades, do futebol ao surfe, passando pelo automobilismo. Tem investido na saúde, não só dos seus funcionários, mas da população em geral, tendo recentemente realizado a 10ª campanha de vacinação contra a gripe, atendendo a centenas de milhares de pessoas. Na área de pesquisa e tecnologia é considerada no mundo a empresa que mais investe, no seu campo e em outras áreas da ciência.. Na agricultura familiar e na melhoria das condições de vida das populações do campo, especialmente no Nordeste, tem vários programas. Entre eles “Água de Beber” e Biodiesel, com incentivo a produção de girassol, algodão e mamona. Muito ainda se poderia falar da grande contribuição que essa empresa dá ao Brasil, se o espaço permitisse. È por isto que ela foi considerada a “Empresa dos Sonhos dos Jovens” em pesquisa realizada pela “Cia de Talentos“. É essa empresa, brasileiros do Ceará, que o Senado Federal, por iniciativa infeliz de um ilustre cearense – o Senador Tasso Jereissati – e de alguns outros senadores, quer enodoá-la com a instalação de uma CPI. Não é só por politicagem para enfraquecer o governo Lula, não é só represália a interesses econômicos frustrados, é principalmente por causa do Pré-sal, essa riqueza fabulosa que a Petrobras descobriu abaixo do fundo do mar e que o PSDB e o DEM (ex-PFL), os mesmos que venderam o patrimônio nacional, privatizando varias empresas estatais, e que abriram as nossas jazidas de petróleo para a exploração de multinacionais, querem, agora, entregar o Pré-sal às empresas estrangeiras. Para isto, precisam enfraquecer a Petrobras, manchando a sua imagem. Mas, confiante no seu potencial, a Petrobras já iniciou em primeiro de maio deste ano a exploração do campo Tupi, no Pré-sal de Santos. Com um investimento, nos próximos quatro anos, de U$ 28,9 bilhões no Programa de Desenvolvimento do Pré-sal - Prodesal, dos quais parte no Projeto Piloto de Tupi, a Petrobras estima que em final de 2010 estará, com tecnologia nossa, explorando, só nesse campo, 100 mil barris por dia. A previsão é que em 2017 o Brasil, com o Pré-sal, duplique a atual produção de petróleo e possa, produzindo mais de 1.milhão de barris por dia, acima do seu consumo, se transformar num grande exportador de petróleo. E esta riqueza gigante tem que ficar sob o comando da nação, explorada por uma subsidiária da Petrobras, para que os seus frutos possam ser destinados a fortalecer e consolidar as políticas públicas, garantindo a distribuição da riqueza e diminuindo as desigualdades. Por isto o grito “o Pré-sal é nosso” que foi dado quinta-feira, 21/05, no Rio, vai ecoar em todo o Brasil, para inibir o senador Tasso Jereissati, que no Ceará, quando governador, sempre foi contra CPI, e os seus pares no Senado, a continuar com esse ato impatriótico que é a CPI da Petrobras.
Autor: Eudoro Santana (Engenheiro e petroleiro )
Postagem: José Nilton Mariano Saraiva


3 comentários:

  1. Considero o ex-deputado Eudoro Santana uma das cabeças mais lúcidas do Ceará. Em 1986 ajudou o Sr. Tasso Jereissati a se tornar governador, sendo posteriormente defenestrado por ele, por não concordar que o governador apoiasse a candidatura Collor Aquilo Roxo de Mello. Realmente não há necessidade alguma de se instalar CPI para apurar possíveis irregularidades criadas pelo imaginário tucano. É uma grande irresponsabilidade e a falta de patriotismo dos políticos do PSDB e do DEM (sigla que evoca o Demônio, que realmente são aqueles que a compõem).
    Parabéns Mariano por dar conhecimento desse importante documento. Deveria ser lido nas escolas e sessões das câmaras municipais Brasil afora!

    ResponderExcluir
  2. Fico indignidado com certas informações. Veja a matéria do jornal O Povo quando um ministro de"LULA" fala para um jornal americano que abrirá oPré-sal para os estrangeiros."29 Mai 2009 - 17h48min As companhias estrangeiras poderão participar dos leilões para as licenças na camada do pré-sal no ano que vem, afirmou nesta sexta-feira, 29, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, ao jornal britânico Financial Times (FT)". No mais quem está tentanto mudar o marco regulatório é o governo bem como criar uma nova estatal que aí sim, poderá ser o maior desatre da História da Petrobrás.

    ResponderExcluir
  3. Carlos,

    Só pelo fato do cara ter "peitado" o pedante, arrogante e prepotente Tasso Jeressati, já o faz merecedor da admiração de todos nós.
    Com relação à Petrobrás, é uma empresa da qual os verdadeiramente brasileiros só podem se orgulhar (e os números e ações empreendidas estão aí prá comprovar).
    Agora, aqueles que não se preocupam com o Brasil e colocam seus interesses pessoais à frente, como o senhor Jereissati, deveriam ser exemplarmente penalizados pela opinião pública.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.