17 maio 2009

Irregularidades na Petrobrás

Presidente Lula diz que a questão é eleitoreira...

O presidência Luiz Inácio Lula da Silva definiu hoje, em Riade, na Arábia Saudita, a instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar irregularidades na administração contábil da Petrobras como "questão político-eleitoral". De acordo com ele, a decisão de manter as assinaturas do requerimento para a implantação da CPI, tomada por 30 senadores, é coisa de "quem não tem mais nada a fazer". As declarações foram feitas em entrevista coletiva em Riade. Para o presidente, a instauração da CPI não causa temor algum ao governo. "Do ponto de vista prático, não tem (receio) nenhum", afirmou. Lula disse que todos os comentários que tinha sobre o assunto foram feitos na base aérea de Brasília, antes da viagem. Na oportunidade, o presidente afirmou que a CPI não era do Congresso Nacional, e sim "do PSDB". "Não vou tocar em um assunto que é interesse específico do Senado. Todas as pessoas ali têm dados suficientes para fazer o que entenderem melhor", reiterou.

Lula lamentou que a investigação seja aberta em um "momento de ouro na área do petróleo", quando o governo proporá um debate nacional sobre o novo marco regulatório do setor. "Estamos viajando o mundo em busca de recursos para que a Petrobras possa intensificar a exploração do pré-sal", disse. "Não podemos transformar isso em uma questão política-eleitoral envolvendo a empresa mais importante que o Brasil tem." Ele, então, voltou a disparar contra os partidários da CPI: "De qualquer forma, se as pessoas que assinaram o requerimento não têm mais nada para fazer, que façam. Nós vamos continuar tocando o barco".

Fonte: Agência Estado.
Foto: http://leoruivo.files.wordpress.com

6 comentários:

  1. Concordo com o nosso Presidente. Essa CPI é essencialmente eleitoreira. Os partidos de oposição, trabalhando contra o Brasil, estão de olho nas eleições de 2010, pois desejam de todas as formas voltarem ao poder para vender o que resta do patrimonio público nacional: a Petrobrás, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil. Não é a tôa que eles desejavam mudar o nome da Petrobrás para Petrobrax. Pode?

    ResponderExcluir
  2. O pedido de CPI para investigar a Transpetro em 2007, dirigida pelo ex-senador Sergio Machado foi arquivada, apesar de indícios totais de facaltruas. Hoje num jogo político estão investigando a Petrobrás e a ANP, por estarem sendo dirigidas por pessoas ligdas a partidos de esquerda. A camarilha das casas legislativas , é que fazem desse país o esgoto qur se tornou tudo isso.

    ResponderExcluir
  3. Meu Caro Amigo Dihelson.

    A lista de suspeitas que cercam a estatal do Petroleo é extensa. O rol inclui desde controversas decisões administrativas como manobra para não recolher 4 bilhões de impostos, até suspeitas de irregularidades nos contratos milionarios que se repetem desde o caso emblematico da Land Rover que o Silvio Pereira recebeu de Presente de uma Empreiteira contratada pela Empresa. Não deve temer CPI quem está correto.

    ResponderExcluir
  4. Basta observar quem está por tràs de tais denúncias (que serão esclarecidas), para se chegar à conclusão que o objetivo é tentar, desesperadamente, evitar que o presidente Lula da Silva consiga eleger à sua sucessão, em 2010, a competente Dilma Rousseff.
    Quem são eles ??? Tasso Jereissati, Arthur Virgílio, Agripino Maia e Rodrigo Maia, dentre outros; todos, de passado nebuloso.
    E aqui lembramos o questionamento do também mafioso Jáder Barbalho, quando o "honesto" Tasso Jereissati ousou dar-lhe uma estocada: "...será que o Tasso resistiria a uma devassa na Sudene ???"
    De nossa parte, complementamos: será ???

    ResponderExcluir
  5. Acho muito dificil que alguem consiga se igualar ao PSDB na sujeira. Isso porem, não justifica que os outros se melem tambem.

    ResponderExcluir
  6. Morais,

    O inaceitável é que, a qualquer suspeita de desvio ou irregularidade, certas pessoas já responsabilizam o Presidente da República como "autor" da lambança, "chefe" de quadrilha e outros "agrados" da espécie; e isso, simplesmente, porque o homem é um "...analfabeto que não sabe de nada" (e ninguém pode dizer nada, ninguém pode contestar, todos temos que aceitar passivamente).
    Não se leva em conta que em qualquer partido, qualquer organização, qualquer estrutura mais complexa, existem aqueles "deslumbrados" com o poder, que cometem deslizem, fazem besteira (descobertos, são convidados a se retirar, imediatamente).
    No PT (e não somos filiados a nenhum partido) existem, sim, as ovelhas negras, como em qualquer outro partido.
    O que não é correto é generalizar.
    Isso é pedir muito ???

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.