14 março 2009

Deputado Ely Aguiar vê com Otimismo e Desconfiança os rumores de Petróleo no Cariri...


Nota do Blog do Crato: Conversando com o Deputado Ely Aguiar sobre as últimas notícias relacionadas às pesquisas de petróleo no Cariri, e mais particularmente no município de Crato, o Deputado vê com um misto de otimismo e desconfiança todo esse movimento em torno do chamado "CaririPetro", mas apoia totalmente a idéia e diz que até por obrigação e dever como parlamentar e cratense, deseja se incorporar ao movimento. Só espera que isso não se transforme para alguns em pura demagogia. Ely lembra também que esses rumores são antigos. Assim nos escreveu Ely Aguiar:

"Lembro-me que quando trabalhava na rádio Educadora houve rumores sobre a existência de uma bacia petrolífera no Cariri. Foi uma euforia danada e os jornais da capital, O Povo e Tribuna do Ceará deram destaque. Um avião, cheio de equipamentos, não sei de da Petrobrás ou da FAB foi enviado, fez umas fotos e nada foi informado, tudo caiu no esquecimento. Houve comentários que o petróleo poderia existir, todavia, pela quantidade não seria viável a sua exploração. Agora, o assunto volta a ser explorado. Acho que deve haver uma mobilização das lideranças da região para um estudo mais aprofundado e que a opinião pública tome conhecimentio do resultado final. Eu inclusive, por obrigação e dever, quero me incorporar ao movimento. O que é bom para o Cariri é bom para todos nós. ( Ely Aguiar )."

Por: Deputado Ely Aguiar

Reportagem: Dihelson Mendonça

5 comentários:

  1. Só confirmando o que o Deputado comentou, em 1984 Rand & Manso, com base em dados gravimétricos,
    calcularam espessuras sedimentares totais da ordem de 2.400 m,
    despertando interesse quanto às potencialidades petrolíferas da
    bacia, o que levou seis empresas nacionais a assinarem contratos
    com a PETROBRÁS, para exploração de petróleo com
    cláusula de risco. Dentre os trabalhos desenvolvidos, merecem
    destaque o mapeamento geológico da bacia na escala
    1:100.000, o levantamento de 250 km de linhas sísmicas de
    reflexão e a perfuração de um poço profundo (2-AP-l-CE,
    Araripe Estratigráfico nº 1), que permitiram estimar uma
    espessura sedimentar da ordem de 1700 m.
    O acervo destas novas informações e de novos dados obtidos
    em campanhas de campo subseqüentes propiciaram o desenvolvimento
    da dissertação de mestrado "Sedimentação e Tectônica
    da Bacia do Araripe, Nordeste do Brasil", apresentada
    pelo autor em 1990 à UNESP - Campus de Rio Claro. Este
    trabalho é uma síntese dos resultados alcançados, enriquecida
    com as proposições apresentadas por Ponte & Appi (1990). Como citado acima este interesse vem de muito tempo, e a possibilidade de termos petróleo no cariri são reais, mas temos que ficar atentos, onde e como se dará o processo de prospecção, pois imaginemos se for numa de Proteção Ambiental ? Qual o posicionamento dos ambientalista diante da possibilidade de tanto dinheiro? Esta é a hora da verdade, onde saberemos o verdadeiro valor do material excencial, se o AR puro da nossa floresta ou o AR do REAL poluído?

    Saudações Geopolíticas!
    João Ludgero

    ResponderExcluir
  2. Toda a economia mundial gira em torno do petroleo, justamente pelo simples fato de que não existe um meio de viver sem ele ! Concordo com o fato do deputado Ely Aguiar " vê com otimismo e desconfiança os rumores de petróleo no cariri... " já que é inegável que o petróleo na região trará benefícios econômicos, mas suscitará a ambição de uma maior exploração natural da área. Veremos máquinas escavando a chapada do Araripe, geólogos, biólogos, desbravando nossas matas. Isso acarretará na minha modesta opinião mais malefícios em detrimento dos benefícios, já que além dos fatores ambientais tal petróleo será meio da classe dominante, empressas e não da população da região como um todo.

    ResponderExcluir
  3. Toda a economia mundial gira em torno do petroleo, justamente pelo simples fato de que não existe um meio de viver sem ele ! Concordo com o fato do deputado Ely Aguiar " vê com otimismo e desconfiança os rumores de petróleo no cariri... " já que é inegável que o petróleo na região trará benefícios econômicos, mas suscitará a ambição de uma maior exploração natural da área. Veremos máquinas escavando a chapada do Araripe, geólogos, biólogos, desbravando nossas matas. Isso acarretará na minha modesta opinião mais malefícios em detrimento dos benefícios, já que além dos fatores ambientais tal petróleo será meio da classe dominante, empressas e não da população da região como um todo.

    por: YURE EMANUEL DE MELO FEITOSA ARAUJO

    Estudante do 3° ano do Colégio Santa Teresa de Jesus.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. A base de geração de energia e modo de vida do homem moderno estão diretamente ligados ao PETRÓLEO.A opção feita pelo homem pelo uso intenso do petróleo e seus derivados, do carvão mineral e do gás natural deu como conseqüência o altíssimo grau de poluição ambiental no qual o mundo está mergulhado hoje, apesar de que estas fontes de energia sustentaram até o presente o desenvolvimento tecnológico mundial.Como se fosse castigo do destino,temos hoje um preocupante fato relevante que é o aquecimento global, também conhecido como “efeito estufa”.
    A utilização do petróleo traz grandes riscos para o meio ambiente desde o processo de extração, transporte, refino, até o consumo.Devemos levar em conta que dessa vez é a nossa região que está em ''jogo''.Refletindo sobre os benefícios e os malefícios que podem vir a acontecer em nossa região, o fator econômico é de suma importância para o desenvolvimento da mesma,mas enquanto economicamente progredimos a nossa natureza se prejudica,e consequentemente nós seres humanos.

    Por: Violeta Canejo,
    Estudante do 3°ano do Colégio Santa Teresa de Jesus.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.