16 julho 2008

ALGEMARAM A REPÚBLICA

Os nossos fotógrafos cratenses sabem bem disso. Uma foto pode valer mais do que muitos parágrafos. A foto da reunião do Presidente Lula com o Presidente do Supremo, o Ministro da Defesa e o Ministro da Justiça diz da pior natureza do espírito republicano. Neste dia o cidadão tem a sensação de que estas pessoas do mais alto relevo da vida política nacional estão completamente despreparadas para o enorme patrimônio de um país continental e com 200 milhões de habitantes.

A primeira impropriedade é a presença do Ministro da Defesa. Se você estranhou esta impropriedade, agora reflita. No centro de uma crise entre dois poderes, os representantes máximos deveriam ser fotografados os dois juntos. O que o ministro Jobim estaria fazendo naquela reunião? Reforçando a idéia que não existem os poderes da república? Que estaria ali por uma mera questão de ter sido, no passado presidente do Supremo, mas hoje é nomeado pelo presidente da república?

A segunda é ter se incluído na foto o ministro da Justiça, pois ficou marcado que ele é insuficiente para uma reunião com jurisconsultos, assim o presidente teria o sábio ministro Jobim. O mais humilhante para os poderes da república é que neste dia se tratava de uma questão específica de um banqueiro sendo acusado pela polícia e a justiça federal. Não se tratava de uma questão republicana, de um fator coletivo de toda sociedade.

A terceira impropriedade é política. O presidente Lula foi pego numa arapuca. A mídia tinha avisado, desde o princípio, que Daniel Dantas tinha relações no palácio e que o caso incomodaria a presidência e a casa civil. No mesmo dia, mesmo que na reunião não se tenha declarado nada, a matéria da imprensa colou na foto o afastamento do delegado Protógenes das investigações contra o banqueiro.

Conclusão da foto: caiu a república e implantou-se a monarquia. O ministro do Supremo Federal, Gilmar Mendes, com o riso escancarado enquadrando os poderes da república.

Conseqüência 1: o PT e o governo do Presidente Lula saem do episódio com mais problemas do que os partidos que realmente forjaram o banqueiro Daniel Dantas.

Conseqüência 2: o respeito à justiça fica maculado, pois justiça que existe para rico e o castigo para o pobre é o caminho para revolta, rebeldia ou revolução. Ainda hoje, 16 de julho, é impossível deixar de se olhar para o livre e solto banqueiro e preso e bem preso punguista que tentou roubar na beira mar em Fortaleza o cordão de ouro do Ministro Mendes.

Expocrato, imagens casuais...

Julgamento de bovinos, uma atração à parte.

O distinto casal Roberto Jamacaru e Fanca em rítimo de Expô!

Presença da URCA, curiosidades e pedagogia!


Fotos: Pachelly Jamacaru
"Direitos reservados"

Futebol - Por: Amilton Silva

A Série B do Brasileirão teve início ontem com tres jogos

Barueri 4 X 3 Ceará
São Caetano 0 X 4 ABC
Avaí 2 X 0 Gama

A rodada prosseguirá na próxima sexta feira com mais tres jogos:

Brasiliense X Paraná
Bragantino X Criciúma
Vila Nova GO X Santo André

e será finalizada no sábado dia 19 com quatro jogos:

Corinthians X Bahia
Fortaleza X Ponte Preta
América RN X Marília
Juventude X CRB

Pala segundona do Cearense 2008, a equipe cratense enfrentará o São Benedito, hoje em jogo marcado para às 15:30, em São Benedito. O Crato voltará a jogar no próximo sábado dia 19 no junco contra o Guarany de sobral.

Por: Amilton Silva - Editor de Esportes do Blog do Crato
.

Protesto durante a abertura da ExpoCrato.



A imagem mostra o momento atual que vive a URCA. Alunos e professores dos cursos de Teatro e Artes Visuais fazem protesto na abertura da Expocrato, domingo último. A inoperância da reitoria se demonstra no episódio, já que professores e alunos escutaram do Reitor Plácido Cidade Nuvens que nada podia fazer, que tudo estaria das mãos do governador. Nenhum rastro de esperança para 42 alunos que passaram no vestibular em fevereiro e até agora nada de aula. Descaso e incompetência caminham juntos no caso.

Protesto 2

Alunos e professores dos cursos de Teatro e Artes Visuais da Universidade Regional do Cariri (Urca) estão fazendo um protesto contra a não contratação de professores para que o curso possa ter início. Instalado em Barbalha até agora as aulas não começara. O vestibular aconteceu em fevereiro deste ano e até agora nenhuma aula para os 42 alunos aprovados. De acordo com os coordenadores do momento existem 3 professores contratados, um já efetivo e outros três ainda não foram contratados, mesmo já tendo sido aprovados em concurso público. A Reitoria da Urca informa que nada pode fazer e que tudo já está na mesa do Governador Cid Gomes para resolução.

Por: Tarso Araújo.

Música - Festival de Música Instrumental do BNB começa hoje em 3 cidades.

Clique para Ampliar

Marcos Maia: uma das atrações de abertura do III Festival BNB da Música Instrumental (Foto: Divulgação)

Com 43 atrações, de nove estados do País, o III Festival BNB da Música Instrumental chega a sua terceira edição

Em tempos que o mercado tradicional de música anda mal das pernas, as palavras de ordem são diversidade de estilos e abertura para artistas de outros estados. A terceira edição do Festival BNB da Música Instrumental, que começa hoje, investe nestas duas frentes. É o caso da inclusão do Macaco Bong na programação, em uma noite dedicada à música contemporânea, protagonizada por três grupos de rock.

Para a música instrumental, seja qual for seu estilo, há espaço no Festival. Afinal, são 43 atrações, totalizando cerca de 200 músicos, de nove estados de três regiões brasileiras (Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Bahia, da região Nordeste; Mato Grosso e Distrito Federal, do Centro-Oeste; e Rio de Janeiro e São Paulo, do Sudeste). Os espetáculos, gratuitos, acontecem no três centros culturais do Banco do Nordeste - em Fortaleza, em Juazeiro do Norte e em Sousa (Paraíba) -, no Theatro José de Alencar e no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. O Festival começa hoje e segue com programação até 2 de agosto.

A abertura acontece às 17 horas, no CCBNB-Fortaleza. Apresentam-se primeiro no projeto Gersinho e Maia Experimento, reunindo o guitarrista Gersinho Amorelly e Marcos Maia. Em seguida, é a vez do saxofonista e flautista Márcio Resende.

Ceará em destaque

A programação da primeira semana do III Festival BNB da Música Instrumental é dominada pelos representantes cearenses do instrumental. Nesta semana, apenas os centros culturais de Fortaleza e Sousa trazem atrações do festival. Amanhã, o grupo Syntagma, com sonoridades barrocas e medievais, e o bandolinista e violonista Carlinhos Patriolino fazem show na capital cearense. Na sexta-feira, é a vez do violonista Cainã Cavalcante e o Quinteto Amadeo. Os shows acontecem no CCBNB e começam às 17 horas.

No sábado, a programação começa mais cedo, às 16 horas, com a performance do guitarrista Pádua Pires. Às 17h30, sobe ao palco do BNB a única atração não-cearense, da primeira semana do Festival na Capital. De Brasília, vem o guitarrista Marcelo Barbosa, integrante da banda de Heavy Metal Almah (liderada por Edu Falaschi, do Angra). Na seqüência, o violonista cearense Marcílio Homem encerra a programação do dia.

Os cearenses também monopolizam a programação paraibana do festival. Amanhã, às 18 horas, o centro cultural de Sousa recebe a Orquestra de Rabecas SESC Cego Oliveira e o quarteto de jazz e bossa nova Bom Tom. No mesmo horário, na sexta-feira, o Quinteto de Flautas Guarani se apresenta antes do paraibano Edilson Ferreira e, mais uma vez, o Quarteto Bom Tom. (DR)

Fonte: Jornal Diário do Nordeste
.

Lei seca - Começa fiscalização no Cariri - Fonte DN

Clique para Ampliar

Fiscalização da CRPV e Detran entre as cidades do Crato e Juazeiro (Foto: Antônio Vicelmo)

Um equipe da CPRV está realizando blitze na região do Cariri. O objetivo da ação é coibir os motoristas bêbados

Crato. A chamada “Lei Seca”, que prevê maior rigor contra o motorista que ingerir bebidas alcoólicas, começa a ser aplicada na região do Cariri. No fim de semana, chegou à região uma equipe da Companhia de Policiamento Rodoviário de Veículos (CPRV), com 30 homens, oito motociclistas, um trailer e seis bafômetros, sob o comando do coronel Werisleik Matias. Foram instalados pontos de bloqueios entre Crato e Juazeiro do Norte.

A fiscalização tem como objetivo, segundo o comandante, coibir o excesso de velocidade por parte dos motoristas, verificação das condições de uso do veículo, bem como equipamento de segurança e principalmente o uso de bebida alcoólica por parte de condutores que insistem em dirigir ingerindo quantidade superior ao índice permitido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Estrutura

O coronel Werisleik informou que, neste primeiro momento, será feita uma fiscalização de impacto na região, atingindo também os municípios vizinhos, no entanto, está sendo montada uma estrutura no Cariri com a finalidade de dar continuidade ao trabalho de fiscalização. Além disso, os policiais orientam os motoristas sobre a conduta correta nas estradas, com o objetivo de evitar possíveis acidentes.

IML

Além dos bafômetros, estão sendo acionados médicos do Instituto Médico Legal (IML). No primeiro dia de trabalho, de acordo com o fiscal do Departamento de Trânsito (Detran), Antônio Régis, foram feitos dois flagrantes de motoristas completamente alcoolizados. Régis acrescentou que estão sendo feitas cerca de 600 abordagens por dia. Entretanto, o teste de bafômetro é feito quando o motorista apresenta sinais de embriaguez.

A CPRV, que tem postos de fiscalização na descida das Guaribas, em Crato e no Café da Linha, entre os municípios de Abaiara e Milagres, vai promover fiscalização itinerante nas estradas do Cariri.

No sangue

A nova lei 11.705, chamada popularmente de Lei Seca, é uma das mais rigorosas do mundo, pois limita em dois decigramas de álcool por litro de sangue.

Com a entrada em vigor dessa lei, praticamente, não será mais permitido nenhuma gota de bebida alcoólica para quem pretende dirigir.

A multa é pesada, R$ 955, além da perda do direito de dirigir e da retenção do veículo. Em caso de prisão, o cidadão terá que pagar uma fiança, em torno de R$ 1,5 mil ou poderá ser recolhido ao presídio. De acordo com a lei, a partir do limite de dois decigramas de álcool por litro de sangue para os motoristas, a pessoa será multado em R$ 955, perde a carteira e tem o carro apreendido. Acima de 6 decigramas — equivalente a uma lata de cerveja —, é crime com pena de até três anos de prisão.

Penalidades

A suspensão por um ano do direito de dirigir é feita a partir de quando for encontrado 0,1 mg de álcool por litro de ar expelido no exame do bafômetro (ou 2 dg de álcool por litro de sangue). Acima de 0,3 mg/l de álcool no ar expelido (ou 6 dg por litro de sangue), a punição inclui também a detenção do motorista (de seis meses a três anos). Antes da implantação da Lei Seca, somente motoristas com mais de 6 decigramas de álcool por litro (o equivalente a dois chopes) de sangue eram punidos.

Com a nova legislação federal, o homicídio praticado por motorista que esteja completamente embriagado deixa de ser culposo e passa a ser doloso (quando se tem a intenção em matar). No entanto, a lei retira do Código de Trânsito Brasileiro o agravante para a pena de homicídio culposo (sem intenção de matar) por entender que dirigir sob efeito do álcool é considerado crime.

Mais informações:
Departamento de Trânsito (Detran)
Avenida Padre Cícero, 4501, Km 4 - Juazeiro do Norte
(88) 3102.1130

Fonte: Jornal Diário do Nordeste
.