15 junho 2008

Começa HOJE o Festival Cariri da Canção no Largo da Reffesa !

FESTIVAL CARIRI DA CANÇÃO
De 15 a 17 de Junho no CENTRO CULTURAL DO ARARIPE - RFFSA
CRATO - CEARÁ



Repostando a matéria, para que todos participem !
.

O ESTAME DO SOM






“ Pegar no estame do som
Ser a voz de um lagarto escurecido
Abrir um descortínio para o arcano.”
Manoel de Barros

Início dos anos 70: pleno governo Médici. Um Médici que nada tinha a ver com aquele mecenas do Renascimento. Véu de chumbo cobrindo toda a vida cultural brasileira. Em Brasília, políticos eram cassados à mancheias e nas ruas estudantes eram caçados , num abominável e sanguinário safári.Em meio ao desbaratamento de toda esquerda brasileira, a nossa intelectualidade parecia atônita, à deriva. Incrivelmente os primeiros anos da década de 60 tinham sido pródigos para cultura brasileira: a expansão da Bossa Nova, o Cinema Novo, a arquitetura de Niemeyer. Mesmo após o golpe de 1964, permaneceram algumas esperanças até a o AI5. Mesmo assim, na segunda metade dos anos 60 floresceram os Festivais da Record e os FIC que terminaram por gerar a última grande geração de músicos/compositores brasileiros. De repente, aquela plúmbea névoa, obscurecendo todo cenário cultural da nossa terra. Os artistas passaram a se expressar por ínvias e complicadas senhas, numa burla contínua à instituição da censura prévia.Era um eterno jogo de esconde-esconde.

Exatamente nesta época, inspirado nos Festivais do sul, floresceu dentro do Movimento de Juventude do Crato, a idéia de criar um Festival Regional da Canção aqui em nossa cidade. Juazeiro já conseguira fazer um primeiro , com grandes dificuldades. A receptividade foi muito grande: abria-se uma fresta para canalizar tanto desejo reprimido, tanto grito preso na garganta, principalmente no meio estudantil. Os Festivais foram se repetindo anualmente e chegaram a 9, encontrando possivelmente seu ápice no VI Festival em 1975. Naquele ano os jurados eram quase todos maestros reconhecidos no Nordeste e estiveram presentes o Secretário de Cultura do Estado e escritor Otacílio Colares da Academia Cearense de Letras. De tão importante o evento passou a fazer parte do Roteiro Turístico Nacional. Já no final dos anos 80 e inicio dos 90, seguiram-se mais três outros, estes já com com nova roupagem e alcunhados de “CHAMA”. A partir daí, a chama arrefeceu, mas vicejaram muitos outros brotos na região: em Juazeiro, Barbalha e Missão Velha que mantém a tradição e já se encontra na 16A. edição do seu Festival.
Fazem-se críticas fáceis e bem cabíveis aos Festivais. Que é um modelo arcaico, que rapidamente enfastia e afasta o público, que cria uma competição terrível , instigando o narcisismo, afastando grupos e compositores, impedindo que possam partilhar suas experiências conjuntamente. Sem falar na modernização mais recente dos festivais, empreendida pela mídia e pela indústria fonográfica, montando eventos apenas para pesquisar tendências e pasteurizar/esterilizar definitivamente a cultura musical. Infelizmente todas estas críticas são pertinentes e fundamentadas, mas , por outro lado, regionalmente, não se encontrou ainda nenhuma outra fórmula eficiente de divulgação dos artistas locais e de incentivo a suas tortuosas trajetórias, em busca de uma arte pura e latejante. Nos dez Festivais Regionais da Canção revelamos o que ainda temos de melhor na nossa música caririense: Salatiel( Grupo Cacto), Pachelly Jamacaru, Zé Nilton Figueiredo, José Roberto Brito, Juvenal, Luiz Fidelis- Stênio Diniz( Grupo Matulão), Alemberg Quindins, Cleivan Paiva, Mané D’Jardim, Magérbio-Marigélbio Lucena( Grupo Gitirana), George Lucetti, Audízio, Paulinho Chagas, Rosemberg Cariri, Jefferson Albuquerque, Osvaldo-Marcos Pinheiro( Grupo Kirimbau), Geraldo Urano, Caio-Graco, Paulinho-Marcos Damasceno( Grupo Os Urubus), João do Crato e o maior compositor caririense Abidoral Jamacaru, sem falar em inúmeros outros nomes que por não serem aqui citados, não deixam de ter enorme importância no cenário cultural da nossa região.
Bons ou ruins , os Festivais são apenas um reflexo do processo artístico em que estamos vivendo. Por mais deficiência que se lhes aponte , no interior do país, não se encontrou ainda maneira mais eficaz de divulgar os valores locais, de alavancar ao menos temporariamente seus projetos, de reunir e confrontar tendências. Como nos terríveis tempos da ditadura militar, os Festivais ainda hoje são uma fresta salvadora , não mais contra o arbítrio da censura, mas contra a ditadura da indústria fonográfica e da mídia que obriga o povo a engolir sapo , assegurando a todo momento que tem gosto de caviar.
A Secretaria de Cultura de Crato -- nos dias 15,16 e 17 de Junho--, reascende a chama e promove o seu FESTIVAL CARIRI DA CANÇÃO, justamente aqui no Crato : o cadinho em ebulição da Cultura do estado. O evento acontecerá na REFESA, o mais charmoso espaço cultural do Cariri, um legado da atual administração municipal. Críticas favoráveis e desfavoráveis haverão certamente de surgir e isso apenas mostrará a efervescência que é imprescindível para o florescimento da Arte.
É pegar no estame do nosso som e despetalar a rosa da poesia!


J. Flávio Vieira

Novela

Permitam-me ,caros e raros leitores, comentar alguns assuntos que definitiva e diretamente não são da minha seara. Mas vou meter minha colher neste angu . É que, no final, farei parte dos comensais desta ceia que pode nos fartar ou se tornar bastante indigesta. Em assim sendo, tenho lá meu direito de mexer no tempero e verificar os ingredientes da receita.

Gostaria, assim, de comentar três importantes decisões tomadas pela justiça brasileira nos últimos meses. Sei que a o andar da carruagem da ética é bem mais lépido que o do bio-direito, assim estas decisões me parecem muito sintomáticas dos atuais tempos que estamos vivendo . Por trás destas iniciativas, existe sempre a força motriz dos interesses e conflitos de uma sociedade em perene mudança. Miremo-nos, pois, no espelho translúcido da justiça brasileira.

Primeiro Capítulo da Novela : “De Embrião em Embrião, a Ciência enche a mão” . No dia 29 de Maio último, o Supremo Tribunal Federal, numa decisão histórica, liberou a pesquisa com Células Tronco Embrionárias. Desde 2005 que a questão bolava no Supremo. A pesquisa abre um amplo universo para a cura de um sem número de doenças potencialmente mortais e que hoje ,simplesmente, não possuem possibilidade terapêutica. O maior empecilho dizia respeito à pressões religiosas, num estado que se diz laico. Necessitava-se de uma discussão mais fenomenológica da pendência, longe das tensões fundamentalistas. Afinal, tínhamos apenas dois caminhos, destinar as centenas de embriões congelados que temos atualmente, ao lixo, ou tentar com eles, minorar o sofrimento de um sem números de pacientes com graves patologias crônicas, à espera de um alento por parte da Medicina. Ganhou a Ciência , mas o que mais nos espanta : com uma margem apertadíssima. A vitória, no entanto, é um marco na história brasileira e novos tempos se descortinam: acendeu-se uma pequena fagulha em meio ao obscurantismo de tantos e tantos anos.

Segundo Capítulo : “Droga é o que se Vive e Não o que se Fuma “.Em Abril último, o Tribunal de Justiça de São Paulo, baseado em livro da juíza Maria Lúcia Karam , proferiu uma sentença polêmica e sem precedentes no Brasil. Absolveu um réu preso por porte de 7,7 gramas de cocaína. Na sua justificativa, portar drogas para consumo próprio, não é crime e mostra-se perfeitamente Constitucional, a seu ver, já que a Constituição garante a liberdade individual. A juíza defende, inclusive, a legalização, comércio e consumo de todos tipos de droga. No fundo, a decisão inédita, baseia-se num conceito do Utilitarista Stuart Mill (1806-1873), segundo o qual só existiria uma razão para ser criada uma lei : a de impedir que terceiros fossem prejudicados. No fim, a decisão identifica-se com um dos princípios mais fundamentais e modernos da Bioética : a Autonomia. Cada pessoa tem o sagrado direito de fazer o que bem entender da sua vida. O Estado só deveria de intervir para impedir que outras pessoas possam ser prejudicadas por uma decisão individual, ou quando solicitado pelo interessado. Os desdobramentos da legalização ampla das drogas, no entanto, ainda darão muito pano prá manga. Se por um lado, a repressão simples tem apenas aumentado exponencialmente o consumo, por outro lado nos deparamos com um mundo de adolescentes, em plena fase de desenvolvimento emocional e humano, frágeis e inseguros, ainda sem condições de exercer plenamente o seu direito à autonomia e que , de repente, podiam se sentir seduzidos mais ainda pelo paraíso artificial agora liberado amplamente à sua frente.

Terceiro Capítulo : “Tudo como Dantes no Quartel dos Corruptos e Corruptantes” . No início de junho, o Tribunal de Contas dos Municípios , mandou ao TRE uma lista de 1700 políticos, só no Ceará, que apresentaram inúmeras irregularidades na prestação de suas contas públicas, boa parte dos processos já tendo, inclusive, tramitado em julgado, na esfera administrativa. Por uma razão simples: a maioria dos gestores públicos, tão certos da impunidade, sequer se defenderam e , com defesa dita intempestiva, foram julgados à revelia. Há casos de prefeitos que não tiveram nenhuma das contas da gestão aprovadas no TCM e nas Câmaras Municipais. Pois bem, politicozinho gelou, ficou sem graça e com o rabinho entre as pernas. Não podia ouvir falar em São João que desmaiava, talvez porque as festas juninas lembrassem logo os seus temores : Quadrilhas e camisas com Listas. A alegria da população durou pouco, o Tribunal Superior Eleitoral, dez dias depois, liberou a candidatura de todos da lista negra, lembrando que só está impedido quem já tiver sido condenado definitivamente pela justiça, ou seja : Ninguém ! Com a morosidade cúmplice dos nossos Tribunais, só há a possibilidade de condenação em outras encarnações. Entendo que existe sempre a previsibilidade de inocência e que ela deve ser respeitada, mas acredito que perdemos uma oportunidade de ouro de começar a arrumar os cofres brasileiros eivados de cupins por todo lado. De que adianta se ter uma Lei de Responsabilidade Fiscal se ela, na prática, não tem nunca como ser aplicada ? A decisão , ainda bem, foi também apertadíssima : 4 X 3 e o eleitor ainda tem como fazer a sua parte e escrever um novo Capítulo nesta história : “Ladrão que é ladão, não ganha Eleição”.

J. Flávio Vieira

Notícias do Cariri - Coluna Tarso Araújo - Domingo - 15 de Junho de 2008


EDUCAÇÃO
Números apresentados pelo Ministério da Educação apontam que os melhores desempenhos no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) são de escolas da rede municipal de ensino no caso de Juazeiro. A Escola Demóstenes Ratts Barbosa lidera o ranking com um índice de 4,0, o que supera a média estadual e até em nível de Nordeste. Em segundo lugar vem o Grêmio Monsenhor Juviniano Barreto com 3,9 e, na terceira posição, a Escola José Geraldo da Cruz. O Ideb foi calculado e divulgado para todas as escolas que participaram da Prova Brasil (2005) e a diretora da Escola Ratts Barbosa, Socorro Moura, ficou emocionada.

SEGURANÇA
O novo delegado de polícia do Crato, Leví Gonçalves Leal, informou à imprensa uma diminuição da violência no Crato e das cidades sob a jurisdição da 19ª Delegacia de Polícia Civil. Para Levi Gonçalves, a principal tarefa no momento é ir em busca da solução de alguns crimes até agora insolúveis. Para ampliar a ação da polícia, o delegado do Crato disse que foi firmado acordo verbal com seus colegas de Campos Sales, Juazeiro do Norte, Barbalha e Brejo Santo, para atuarem juntos nas ações de maior gravidade. Os delegados formam a maior frente policial contra o crime no Cariri. Esse intercâmbio irá permitir mais agilidade nas investigações e nos crimes que podem ser resolvidos.

FUNDÃO
Depois de uma longa negociação com o Governo do Ceará e avaliação por parte da Procuradoria Geral do Estado (PGE), os herdeiros dos 97 hectares do Sítio Fundão ainda não receberam o pagamento devido referente à compra da área onde será criado o parque estadual do Sítio Fundão. O decreto de criação do parque ainda não foi assinado pelo governador Cid Gomes, apenas o decreto da desapropriação. Sendo uma unidade de proteção integral, o parque terá uso muito restrito, voltado para o turismo, educação ambiental, pesquisa científica e visitação de estudantes. Logo que for oficializado, será criado um conselho gestor que ficará responsável pela definição das metas a serem cumpridas dentro do parque que é rico em biodiversidades, várias espécies remanescentes de mata atlântica e, dentro da zona urbana do Crato, é a principal área verde que, se bem preservada, vai ajudar na manutenção do clima e as qualidades do meio ambiente local.

EUCALIPTO
Os mais de 20 pés de eucalipto que ofereciam sombra e bom clima aos freqüentadores da Expocrato foram cortados. A justificativa é de que estavam velhos, seus troncos ocados e antes que caíssem, possivelmente durante a festa, preferiram eliminá-los. No seu lugar estão sendo plantados o nim, um tipo de árvore apropriada para a zona urbana e que oferece muita sombra devido à densidade de sua copa, verde constante.

NEGÓCIOS
No último dia 12, o Sindindústria, em parceria com Instituto Euvaldo Lodi (IEL/CE), realizou a apresentação da Ferramenta Benchmarking Industrial, coordenada pelo IEL/CE, em parceria com o IEL/SC e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). A ferramenta tem como objetivo medir o desempenho da sua empresa em relação às líderes mundiais do seu setor, identificando os pontos fortes e os pontos que necessitam ser melhorados, resultando em um plano de ação, sendo de muita importância na atualização e manutenção da competitividade no mercado.

REUNIÃO
Esta semana juízes eleitorais estiveram reunidos em Juazeiro do Norte. O objetivo do encontro foi o de discutir a legislação eleitoral e formas de combater os possíveis abusos que venham a acontecer durante as eleições. A Justiça Eleitoral promete ser dura com quem transgredir a lei. É justo!

EXPCORATO 2008
A Expocrato 2008 vai ser das melhores. O presidente da comissão gestora promotor de Justiça Leitão Moura informando que os prazos serão cumpridos e todos os projetos que irão estar em funcionamento na exposição estão em andamento. Acontecerão durante a Expocrato Leilões com transmissão ao vivo pelo Canal do Boi. O setor de negócios tem tudo para crescer, podendo chegar a R% 50 milhões negociados.

EXPROAF
Na primeira semana de junho, o Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcanti sediou a 8ª Exproaf. O evento marca a revitalização da agricultura familiar no Cariri. Dezenas de expositores estiveram no parque quando puderam fazer negócios e participar de eventos e capacitações.

EXONERAÇÃO
O professor Reno Feitosa, do Departamento de Direito da Urca, na última quarta-feira, pediu exoneração do cargo de presidente da comissão gestora da Unidade Descentralizada da Universidade em Iguatu, região centro-sul do Estado. Reno Feitosa tomou tal atitude por divergir da política administrativa adotada pela Reitoria, e principalmente, pela falta de projeto para a Universidade.

POLÍTICAS
Em Juazeiro do Norte, o ex-prefeito Carlos Cruz (PP) fechou aliança com Lucildo Leite (PDT).

Em Crato, Samuel Araripe (PSDB) terá como vice Raimundo Filho (PPS).

Em Barbalha, José Leite será candidato do PT contra Rommel Feijó (PTB).

Em Nova Olinda, Fábia Brito (PSB) vai disputar com o atual prefeito Afonso Sampaio (PSDB).

Sineval Roque (PSB) e Walter Peixoto (PMDB) não decidiram nomes dos vices para a disputa em Crato.

Manoel Salviano e Raimundo Macedo: uma parada difícil para saber o nome do PSDB na disputa em Juazeiro.

Por: tarso Araújo para o Jornal "O Povo"
.

Fotos do Dia - 2 Fotos da Praça da Sé em Crato.

.
Acima: Foto da Praça da Sé em Crato.

Acima, vista frontal da Sé Catedral.

Fotos: Dihelson Mendonça
Fotos do dia 14 de Junho de 2008.
.

Blog do Crato realiza nova Parceria ! - Ábaco Informática

.

O Blog do Crato, sempre procurando expandir seus horizontes, acaba de firmar parceria com uma das promissoras empresas do ramo gráfico da região do cariri: trata-se da ÁBACO INFORMÁTICA, localizada à Rua Dr. Miguel Limaverde, em Crato. Através da nossa parceria, nosso site terá prioridade no seu setor de Cybercafé, e nós divulgaremos os seus produtos.

Serviços de Gráfica Rápida:

Cartazes, Banners...

Plotagens...


Cursos de Informática:


Impressão na mídia ( CDs e DVDs ) :


Um dos maiores CyberCafés da cidade:


O seu Proprietário, "Seu Chico", garantindo excelente atendimento aos clientes :


Desenhista e Diagramador profissional:


Por todo o seu padrão de qualidade, a ÁBACO INFORMÁTICA merece ser uma empresa do prestígio que possui, sempre modernizando serviços e equipamentos. Tel: 3521-2494

Ábaco Informática - Empresa parceira do Blog do Crato !


.

Repúdio Nacional - Leitores de "O Globo" ficam indignados com decisão do TSE de manter candidatura de políticos processados.

Por: Marcelo Alves

RIO - A decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de manter a candidatura de políticos que respondem a processo na Justiça provocou uma reação indignada dos leitores do GLOBO ONLINE. A maioria dos mais de 300 internautas que comentaram no site condenou a decisão do TSE. Muitos lembraram que um trabalhador comum tem que ter ficha limpa para se candidatar a qualquer emprego e cobraram que a mesma postura fosse adotada aos políticos que queiram se candidatar a um cargo público. (E você? Votaria num político que fosse alvo de processo?)
- Se o sujeito vive alguma divergência com um banco, mesmo que por engano da instituição, e tem seu nome negativado no Serasa, pode ter certeza que será barrado em uma oportunidade de trabalho. Já para cargos eletivos, o sujeito pode até ter cometido assassinato em frente a testemunhas que recebe as benesses da lei e suas infindáveis instâncias. Dá para acreditar que todos são iguais perante as leis ou, de fato, existem alguns mais iguais do que os outros? - pergunta Hélcio José Pinto Rodrigues.

A revolta foi tamanha que o leitor José Tavares de Almeida questionou:

- Qual a real utilidade do TSE? Quem fiscaliza o TSE?

- É um absurdo! Em contrapartida, o trabalhador que tem o nome no SPC não consegue um emprego e muito menos pode prestar concurso, inclusive para o TSE. Que país é esse?! - completou, indignada, Aldilene Catia de Sales Abreu.
Os leitores dizem estar dispostos a não votar nos candidatos com problemas na Justiça, mas lembram que isso pode esbarrar na legislação eleitoral que acaba permitindo que um bom candidato carregue vários suspeitos devido ao quociente eleitoral.

- No sistema atual, é impossível separar o joio do trigo. Eu voto no melhor, o melhor leva quatro ou cinco criminosos com a sobra dos votos. A culpa de criminosos eleitos é do TSE e do tapetão - afirma Pedro Ari Veríssimo da Fonseca.

Wander Mesquita cobra bom senso dos partidos políticos:

- A grande verdade é a seguinte. Os partidos de bom senso deveriam excluir de seus quadros qualquer postulante de cargo público que tivesse qualquer processo vinculado a seu nome. Como é que um cara destes pode representar seu eleitorado? Com qual moral? Ética nem se fala. Pelo andar da carruagem só mesmo votando nulo.

Sugestão para a divulgação dos nomes

Roland Bitar Benamor sugere que seja tornado público o nome dos políticos com problemas na Justiça.

- O ideal seria que fossem apresentados por tipo de qualidades, defeitos, restrições como "sem qualquer tipo de processo", "com processos na 1ª instância por: crimes comuns, crimes contra o erário público ou sonegação fiscal", "com processos em instâncias superiores", etc...

Luis Alves de Castro propõe que o Tribunal Regional Eleitoral do Rio (TRE-RJ), que já deu a entender através do seu presidente, Robert Wider, que vai barrar as candidaturas, divulgue os nomes dos candidatos com processos na Justiça.

- O TRE-RJ, com sua boa intenção, já que levou uma rasteira do TSE, poderia divulgar uma lista dos candidatos que respondem a processos. Como eu eleitor vou saber se o candidato deve ou não à Justiça. Se isso não ocorrer, não tenho alternativa senão anular o meu voto.

Alguns leitores aprovam

Apesar da ampla maioria ter condenado a decisão do TSE, alguns leitores concordaram com o tribunal. É o caso de Ronaldo Fontes Linhares.

- É de prevalecer o princípio da legalidade, pelo qual não existe impedimento de se candidatar enquanto não houver trânsito em julgado. O presidente do TSE argumenta que ninguém contrataria um empregado com ficha suja. Acontece que não é a Justiça Eleitoral que deve fazer essa avaliação, mas o eleitor. É com a arma do voto que o cidadão deve alijar o candidato que se apresente com mácula criminal capaz de o impedir conduta exemplar, pois, muitas vezes, existem ações penais que nascem injustas.

Marcílio Campos Goudad concordou com a decisão, mas fez uma ressalva:

- Concordo que o tribunal de justiça não deva legislar (cada poder deve ficar com a sua correspondente incumbência). Porém, permitir criminosos de concorrer às eleições é o cúmulo.

Postado por George Macário para "O Democrato"
.

Vai-se mais um Ícone da Música Brasileira - Morre o cantor Jamelão.

Faleceu na madrugada deste sábado, 14, no Rio de Janeiro, o cantor e intérprete de sambas-enredo da escola da Samba Estação Primeira de Mangueira, José Bispo Clementino dos Santos, popularmente conhecido como Jamelão. Aos 95 anos, dos quais mais de 50 como cantor de samba, Jamelão estava internado desde a quarta-feira na Clínica Pinheiro Machado, no bairro de Laranjeiras, onde chegou com estado de saúde bem debilitado, vítima de infecção urinária e pulmonar. Seu corpo será enterrado às 11h, neste domingo, no cemitério do Caju.

Jamelão era o mais antigo intérprete de samba-enredo do País e é o mangueirense em atividade há mais tempo, desde os anos 20, quando chegou adolescente ao Morro de Mangueira, na zona norte do Rio. Ontem, de luto, a escola cancelou uma feijoada que ocorreria durante à tarde na quadra, remarcando o evento para a semana que vem, agora como um tributo ao seu maior intérprete. O governador Sérgio Cabral decretou luto oficial de três dias . "Era o grande símbolo da garra mangueirense", afirmou, em nota oficial.

A voz marcante, que eternizou sambas-enredo campeões, foi lembrada por amigos. "O samba perdeu a maior voz de todos os tempos", disse o cantor e compositor Monarco. "Ele era a voz negra do país, a voz mais bonita do Brasil e o maior cantor do Brasil", lamentou a cantora Beth Carvalho. "Foi um dos maiores cantores deste país, era uma escola, todos os grandes cantores tinham admiração por ele", acrescentou o compositor e produtor musical Hermínio Bello de Carvalho.

"Para mim, se Jamelão não tivesse uma carreira tão ligada à escola de samba ele teria um reconhecimento muito maior do que teve. O samba, até por questões de mercado, o deixava meio restrito ao período de carnaval. Mas ele era o maior cantor brasileiro. Assim como se mostrou o maior intérprete de Lupicínio Rodrigues, também foi o maior intérprete de Ari Barroso. Ele imortalizou Folhas Mortas", concorda o compositor Nei Lopes.
Por causa da saúde debilitada, Jamelão já havia se afastado dos desfiles de carnaval. Nos últimos anos, vinha perdendo a memória, reflexo de um acidente vascular-cerebral. "O carnaval do Rio já não era o mesmo sem ele como puxador do samba enredo da Mangueira", disse a cantora nana Caymmi. Jamelão, porém, repudiava o termo "puxador" e preferia ser chamado de intérprete. "Puxador é puxador de corda, puxador de fumo, puxa-saco... Eu sou é intérprete", costumava dizer.

Fonte: Jornal "A tarde"
.