07 abril 2008

ATENÇÃO - Problema resolvido.

Olá, amigos membros,

Comunico que já consegui resolver o problema do "sumiço" dos nomes dos autores da aba lateral e também da página de configurações de convites.

Como se dizia na Inglaterra do século XVI...
São 23:50 e tudo está normal...

Atenciosamente,

Dihelson Mendonça

.

MONGES BICICLETEIAM COCA-COLAS! - Wilson Bernardo

POEMAS POSTAIS - Wilson Bernardo

NA CHINA DALAI LAMA NAS OLÍMPIADAS.

MONGES BICICLETEIAM COCA-COLAS!


Um sonho que consomem coca-colas
a China faz das bicicletas
a mais prospera das sortes.
gerações de insetos
recheiam farturas de ervas
festefoold
um passeio pelo Tibet.
meditar em Pequim
é fome em Periperi.
orações em nova york
Nova Olinda é pedra kariri.
os monges amanhecem
com céu nublado
masturbados sonhos
concebidos no imaginário.
no sertão bicicletas é liberdade!

II

LAMA NOS QUINTAIS DE PEQUIM!

O teu olho é um sol de Japão
olhando para o ocidente.
no outro lado do mundo
sol poente consumindo oriente
Pequim semeia flores artificiais.
Lama saberá adubar estrumes
nascerá espinhos em bambus da China
vacas ruminam girasois do futuro.

III


PEDRA NO SAPATO MAO TSE TUNG.

O Tibet será dos
cães chineses
a flor de puiga
pedra nos rins dos
pés des
cal
ço SAMELLO
couro de meditações,vacas indianas.

Wilson Bernardo

Algemas douradas

Emerson Monteiro

Um tema que insiste retornar à preocupação das horas, por conta da monstruosidade que representa e das dificuldades que acarreta, são as drogas. Sobretudo pessoas jovens caem nas malhas do vício e nem a sapiente ciência moderna consegue demovê-las, convencê-las de largar a isca envenenada, que mata pouco a pouco, destruidora de sonhos e animal feroz que tudo devora. Lado a lado com vários outros entraves da organização social, tal facilidade circula sorrateira nos antros comerciais da clandestinidade, invade lares, destrói famílias, suga a seiva da juventude, sem que quase ninguém ainda descubra alternativas ideais e solucione o drama.

De par com isso, o quadro representa apenas a continuação do espírito mercantilista da civilização contemporânea. Brincar de dominador e chegar ao poder pela porta dos fundos agrada aos invasores. De modo frio, cínico, os mercadores negros justificam, no lucro a qualquer custo, a fome de avançar, independente do preço cobrado de quem sofre, ganância de canibais esfomeados. Coletar ganhos e levar a melhor, saciar desejos, sobreviver e juntar patrimônio pessoal; cifra, cifras, cifrões.

Nenhum sentimento de remorso parece acordar a consciência dos tais predadores de semelhantes, principais vítimas das unhas afiadas e do apetite indomável que nutre o paladar doentio dos senhores da conquista.

Adquirir riqueza através de jogos de azar, exploração da prostituição, da indústria e do comércio das armas e da guerra, no desespero de ruas assustadas, na insegurança fruto do desemprego e da miséria, poluição e destruição irracional dos recursos da natureza, eis a prática dos gigantes financeiros que cozinham gerações sucessivas, de gafo e faca em punhos, diante dos balcões alucinados das metrópoles indiferentes.

Quadros dantescos servem de cenário ao turno artificial da civilização do momento. Fumaça, acrílicos, sirenes, burburinho de cidades monótonas, cálculos estruturais, pistas asfálticas, antenas, vídeos, câmeras ocultas, vazios, sinais avermelhados, tédio e solidão.

Pessoas aflitas, com isso detonam a máquina do cérebro, no uso de drogas concentradas, sob o pretexto frouxo do prazer e da falta de saída. Nada justifica, no entanto, o desespero e a providência suicida, que só representam deserção e covardia. Jamais fugir; lutar sempre e resolver. A nenhuma porta chega quem se perder no caminho. Em tudo, haverá os dois lados de ver a vida, seus arredores e situações. Dos seres animais, os humanos detêm, na própria face, a luz da certeza.

Enquanto perguntas vagam pelo ar, o comboio vence obstáculos, guiado na esperança da cura desta civilização em que fermentam sonhos reais de futuro próspero. Mesmo que horizontes pareçam distantes, meios existem que os aproximam e indicam respostas positivas.

Crato ganhará Centro de Convenções ainda este ano !

Acabamos de receber esta informação importante:
Informação importante:
Aprovada pelo Banco Mundial a construção do Centro de Convenções do Cariri
para ainda este ano.

Fonte: Leitor guilherme.ct (guilherme.ct@bol.com.br)



.

Rede Blogs do Cariri já conta com mais de 20 sites e Blogs - Entre com seu Blog também !



Formada a menos de 2 semanas, a REDE BLOGS DO CARIRI é uma rede de sites caririenses que busca a integração regional, convidando os sites da região a fazer parte dessa imensa corrente de informações de várias cidades do cariri e região centro-sul do estado. E já estamos inovando, com a adaptação de canais exclusivos de voz que possibilitarão a conversa em tempo real entre todas as pessoas que estiverem conectadas a qualquer um dos Blogs da rede, que funcionará como uma espécie de terminal.

Fica aqui meu convite a quem tiver algum site ou Blog na região do Cariri para entrar para a REDE BLOGS DO CARIRI.

Visite o site da central:

www.blogsdocariri.com
.

Imagens em cima do Sangradouro do açude de Orós!



Matéria do site Iguatu.net da Rede Blogs do Cariri.

Abraços,

Dihelson Mendonça

Notícias do Cariri - Coluna Tarso Araújo - Jornal "O POVO"

COLUNA CARIRI DE HOJE
Olá amigos, leiam na íntegra minha coluna Cariri, publicada na edição de hoje do jornal O Povo.

SOFRIMENTO
O Cariri presencia, este 2008, um dos mais rigorosos invernos dos últimos anos. Não foi só Missão Velha, Aurora (foto), Caririaçu e Lavras de Mangabeira que enfrentaram transtornos com as chuvas. No Crajubar (Crato-Juazeiro-Barbalha), vários bairros tiveram casas foram invadidas pelas águas. As ruas estão esburacadas. A rodovia Crato-Juazeiro encontra-se deteriorada. Já a estrada Crato-Arajara-Barbalha foi destruída em três trechos. Alguns acidentes de carro ocorreram por conta disso. Mas, o pior ainda está por vir: a exemplo de anos anteriores - logo após a temporada das chuvas - ocorre epidemias de dengue... A população caririense carente é quem mais sofre com tudo isso.

NOVO CURSO DE DIREITO
Juazeiro do Norte ganhará em breve mais curso de Direito. A iniciativa é da Faculdade Leão Sampaio. Somado aos outros já em funcionamento: um em Crato (Urca) e outro na Terra do Padre Cícero (Faculdade Paraíso), este novo curso consolida o Cariri como importante pólo de ensino jurídico no Nordeste brasileiro.

ANOTE: REGIÃO ESPECIAL
Até os pernambucanos reconhecem. A afirmação, a seguir transcrita, consta no site da Fundação Joaquim Nabuco, de Recife: “O Cariri cearense costuma ser visto como um tipo de oásis no Sertão, tanto do ponto de vista ecológico quanto climático e hidrográfico. Mas também por critérios culturais, ele geralmente é classificado como uma região especial, diferente do ambiente cultural sertanejo. Até há regionalistas apaixonados que vêem nele o maior reduto da cultura popular nordestina do interior ou do Nordeste em geral, sem achar isto exagerado”.

OUTRA CONQUISTA
O Cariri também vai ganhar o seu parque eólico, ou seja, a geração de energia elétrica com aproveitamento dos ventos. Serão instalados 42 aerogeradores na Baixa do Maracujá, em cima da Chapada do Araripe, no município de Crato. A iniciativa é da SoWiTec do Brasil Energias Alternativas Ltda, com sede em Natal (RN).

RUAS DO CRATO 1
Percebe-se: a população de Crato gostaria de ver preservadas as denominações populares de seus logradouros. As praças São Vicente (oficialmente, Juarez Távora) e a de Cristo Rei (na lei, Francisco Sá) são exemplos disso...

RUAS DO CRATO 2
Crato possui uma rua Antonio Carlos Jobim. Homenageia um compositor que, em vida, sequer ouviu falar na cidade de frei Carlos. Já o maior benfeitor de Crato, dom Vicente de Paulo Araújo Matos, nunca foi homenageado. Até onde vai a ingratidão humana...

A SUCESSORA
A maestrina Izaíra Silvino (regente do coral da Universidade Federal do Ceará) é uma entusiasta das iniciativas do monsenhor Ágio Augusto Moreira (fundador da Sociedade Lírica do Belmonte, que mantém a Orquestra Sinfônica Padre Davi Moreira, Coral Santa Cecília e o Quarteto de Cordas). Depois de residir alguns anos em Brasília, Izaíra pretende se dedicar à Sociedade Lírica do Belmonte, ensinando música principalmente às crianças. Hoje, em meio a muitas dificuldades (incluindo a financeira), monsenhor Ágio educa 150 pessoas, aí incluídas crianças, jovens e adultos.

CARIRIANAS.
Uma certeza inquestionável: dom Fernando Panico é a maior liderança do Cariri. O “povão” o estima. As elites o respeitam. Os poucos incomodados com este fato têm todo o direito de rotular o bispo de Crato de “alienígena”. (...)

DIA DO ÍNDIO
No próximo dia 19, as escolas do Cariri motivarão seus alunos a festejaram o “Dia do Índio”. O Sul do Ceará já foi terra de índios! Há 170 anos - em 9 de setembro de 1838 - chegava a Crato o naturalista escocês George Gardner. Sobre esta cidade, ele escreveu em seu livro de memórias: “Toda a população da Vila chega a dois mil habitantes, na maioria todos índios ou mestiços que deles descendem”. Onde foi parar a herança físico-cultural dos índios Cariris?

SABEDORIA DE VIDA
Padre Manuel Feitosa - pároco da igrejinha de Fátima, em Crato - vive a ancianidade como a etapa mais rica da sua profícua existência. Espalha sabedoria, através da sua atividade sacerdotal. E compartilha seus conhecimentos e experiências acumuladas ao longo da sua vida, na qual só fez trabalhar! Pela primeira vez, padre Manuel Feitosa terá a oportunidade de viajar. Ele irá conhecer Portugal (mais precisamente Fátima), onde passará o próximo 13 de maio no lugar onde Nossa Senhora apareceu...

Por Tarso Araújo.

.

Quadrilha de ladrões a ônibus é presa no Crato

Após um cerco policial que teve uma duração de quase 10 horas, a Polícia do Crato (a 516 quilômetros de Fortaleza) conseguiu prender na última sexta-feira três integrantes de uma quadrilha especializada em assaltos a ônibus de viagem na região do Cariri, no sul do Estado. Uma adolescente de 15 anos também foi apreendida e encaminhada para Juazeiro do Norte, onde há uma delegacia para adolescentes infratores.

Os presos foram identificados como Antônio João Farias, 30 anos, Cidio João Joaquim, 43 anos, e Maria Célia Jerônimo da Silva, 35 anos. A segurança na delegacia foi reforçada, como forma de evitar uma tentativa de resgate por parte de outros integrantes do grupo, que conseguiram fugir. Segundo a Polícia, a quadrilha é formada por assaltantes cearenses e pernambucanos.

Na casa alugada por Maria Célia, que a Polícia chamou de "quartel general" da quadrilha, os policiais encontraram uma moto que havia sido tomada de assalto em Juazeiro do Norte. O veículo estava com placa falsa e sua cor foi alterada com uso de fitas isolantes. Objetos pertencentes às vítimas dos assaltos também foram encontrados na residência. A Polícia informou ainda que dois outros assaltantes continuam escondidos entre os municípios de Crato e Farias Brito, sendo que um deles é o companheiro da adolescente apreendida.

fonte: Diario do Nordeste
.