25 março 2008

Entre para a REDE BLOGS DO CARIRI - Adicione a logomarca e Participe. Divulgue seu Blog ou website.




Olá, Pessoal,

Dando continuidade ao projeto de integração dos Blogs da região do Cariri, levo até o conhecimento de todos que estamos adotando uma nova LOGO que já está embutida em todos os novos Blogs por mim desenhados, e podem também ser colocadas em outros blogs da região que desejem participar da rede. O objetivo é a integração de todos os Blogs e Sites da região do cariri, ou criados e mantidos por gente do Cariri, mesmo que residam em outros locais.

Endereço oficial da rede:

www.blogsdocariri.com

Como Participar:

Se você possui um Blog e deseja participar da Rede Blogs do Cariri, entre em contato comigo pelo e-mail: blogdocrato@hotmail.com .O Blog em questão deverá colocar a logomarca na aba lateral ( na verdade, um link para a logomarca ). A logomarca deve ser colocada de modo que o usuário ao clicar nela, possa ir até o site central da REDE BLOGS DO CARIRI, onde ele terá acesso a todos os outros Blogs membros. O Blog do Crato será também parte integrante da nova rede, e seu maior divulgador, devido ao maior volume de acessos mensais ( cerca de 22.000 visitas ao mês ).

O Objetivo é interligar os diversos blogs da região do cariri e de uma maneira que convirjam para uma central que dali será possível localizar todos ou a maioria dos blogs do cariri.

A logomarca Atualizada:

Como adicionar a Logomarca:
A logomarca não deve ser adicionada postando a foto diretamente, mas sim, colocando um link para ela, pois a logomarca poderá ser modificada periodicamente, e isso evitará de ter que ficar trocando de logomarca a cada nova atualização. Entenda-se a logomarca como uma espécie de Banner da rede.

O endereço para onde se deve apontar o link da imagem da Logomarca é o seguinte:

http://www.instrumentalbrasil.com/redeblogs/logomarca.gif


Os Blogs que já fazem parte da Rede Blogs do Cariri:

Blog do Crato - O maior acervo do Crato na internet. Mais de 22.000 acessos mensais. Um blog multimídia, com TV, estações de Rádio, centenas de fotos, entrevistas, reportagens, e a responsabilidade de mais de 40 escritores dentre as mentes mais brilhantes do Cariri. Visite o Blog do Crato.


Blog Farias Brito - O novo Blog da cidade de Farias Brito, bastante dinâmico e com novidades diariamente que se referem à aquela comunidade, escrito por pessoas bastante competentes. Visite o Blog de Farias Brito.

Blog Várzea Alegre - O Blog da alegre e hospitaleira cidade de várzea Alegre. Visite.



ZoomCariri. Blog conduzido por mim e o grande fotógrafo Pachelly Jamacaru, que tem por objetivo congregar todos os fotógrafos do cariri que vêm a fotografia como arte. Dicas, fotos, reportagens. Visite o Zoomcariri.


Rastreadores de Impurezas - Um ótimo blog, muito polêmico, que descobre as falcatruas que muitos querem esconder. Visite agora mesmo.


Sociedade Cratense: divulgação das fotos e eventos sociais detalhados, que exigem muitas fotos e uma cobertura ampla. Os mexericos, as novidades, e o glamour ( ! ) da sociedade Cratense. Visite o Blog Sociedade Cratense.


Blog de Wilson Bernardo: Wilson é uma incógnita. Um poeta Sui Generis que faz parte da constelação de poetas do Cariri. Um poeta que não quer ser chamado de diferente. Diferente são os outros. Ele é IGUAL... Visite o Blog Wilson Bernardo.


Blog de Abidoral Jamacaru: Um Ícone da música popular Caririense. Visite o Blog de Abidoral jamacaru.


Dihelson Mendonça. Meu Blog pessoal. Assim como minha vida, uma grande desorganização. O único blog que não pode ser chamado de Blog. Visite o blog de Dihelson Mendonça


Blog de Socorro Moreira: na minha opinião, a maior poetisa do cariri atualmente. Possuidora de uma sensibilidade que não vai só até à flor da pele, mas até os ossos, essa é minha homenagem a essa mulher de fibra, inteligente, e que retrata tão bem as coisas belas da alma. Visite o Blog de Socorro Moreira.


Blog de Mônica Araripe: Sem dúvida alguma, uma das mulheres mais marcantes que conheci nos últimos tempos. Com uma vocação inata para a filantropia, mônica expressa em cada ato, um gesto de solidariedade, sinceridade e amor ao próximo. Este Blog é dedicado a ela e a seus milhares de fãs. Visite o Blog de Mônica Araripe.


Garota Blog do Crato: Divulgando a beleza da mulher Cratense!. Visite o Blog Garota Blog do Crato.


O Clube da Besteira. Esse é um dos meus favoritos. Em parceria com jayro Starkey. Um blog de humor inteligente ( ma non troppo ), com sátiras bem-humoradas sobre a vida do homem moderno e suas inúmeras vississitudes. Visite o Clube da Besteira.


Participe! Divulgue seu Blog e faça parte da Rede Blogs do Cariri.
Adicione a nossa logomarca e entre em contato para divulgarmos o seu Blog no maior site da cidade do Crato: mais 20.000 acessos por mês, e o maior conteúdo sobre a cidade do Crato na Internet.


Em construção, e para muito breve os Blogs de:

- João do Crato
- Huberto Cabral
- Cleivan Paiva
- Manel D´Jardim
- José Flávio Vieira

Informo ainda que era minha intenção fazer um Blog para Pachelly Jamacaru também, mas constatei que ele já existe. Pachelly mesmo o desenhou.

Por: Dihelson Mendonça
.

Crato - pau-de-Arara com 40 pessoas cai em Abismo no sítio Boqueirão.

Duas pessoas morreram em um acidente nesta terça-feira (25) na CE-386, na localidade de Boqueirão, no Crato. Elas estavam em um caminhão que levava cerca de 40 pessoas de Granjeiro para Juazeiro do Norte.

Segundo os passageiros, o motorista do caminhão teria desviado de um carro para não bater e acabou caindo dentro de um riacho, em um abismo. Quase todos os passageiros ficaram feridos. Eles foram levados para a Casa de Saúde Joaquim Bezerra de Farias, no Crato.


Fonte: Portal Verdes Mares.

Crato é atingido por um surto de Conjuntivite !

A cidade de Crato está atravessando períodos difíceis. Como se já nao bastasse os estragos causados pelas enormes chuvas que se abatem nesse momento sobre a cidade, mais uma má notícia. A chuva trouxe um surto de conjuntivite. O Bairro do Seminário está "cheio". Conheço diversas pessoas que estão a me relatar inúmeros casos, e há ruas inteiras de gente contaminada. De uma rua para um grande surto na cidade, é um "pulinho"...

Aprenda Mais para se Defender da Conjuntivite:

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Conjuntivite
Classificações e recursos externos
Um olho com conjuntivite viral

A conjuntivite é uma inflamação da conjuntiva ocular, membrana transparente e fina que reveste a parte da frente do globo ocular (o branco dos olhos) e o interior das pálpebras. Em geral, ataca os dois olhos, pode durar de uma semana a quinze dias e não costuma deixar seqüelas. É normalmente bastante contagiosa.

Causas

Quando a conjuntivite aparece depois do contato com um agente químico, ela é chamada de conjuntivite irritativa. Já aquele tipo causado por pó ou perfume recebe o nome de alérgica. As duas variações da doença provocam principalmente vermelhidão e coceira, e não são transmitidas por contato. Ela pode ser ainda viral ou bacteriana, em geral mais graves e podendo ser transmitidas por contato. As virais são as que mais freqüentemente são causas de epidemias.

A contaminação do olho com bactérias ou vírus, se dá por transmissão dos mesmos pelas mãos (por manipulação do olho), por toalhas, cosméticos (particularmente maquiagem para os olhos) ou uso prolongado de lentes de contato.

Os irritantes causadores de conjuntivite podem ser a poluição do ar, fumaça (cigarro), sabão, sabonetes, spray, maquiagens, cloro, produtos de limpeza, etc.

Alguns indivíduos apresentam conjuntivite alérgica (sazonal), devido à alergia, principalmente a pólen e perfumes em spray.

Sintomas

Caracteriza-se por uma hiperémia dos vasos sanguíneos da conjuntiva, prurido, sensação de desconforto e por vezes dor

Os principais sintomas da conjuntivite são:

  • Olhos vermelhos e lacrimejantes, devido á dilatação dos vasos sanguíneos locais;
  • Inchaço (edema) do olho ou Pálpebra ,devido ao acúmulo de líquido no local;
  • Sensação de areia ou de ciscos nos olhos;
  • Aumento do lacrimejamento com a presença de secreção purulenta;
Olho afetado pela conjuntivite
Olho afetado pela conjuntivite

Recomendações

Para prevenir o contágio tome as seguintes precauções:

  • Lavar as mãos frequentemente.
  • Evitar aglomerações ou freqüentar piscinas de academias ou clubes e praias
  • Lavar com freqüência o rosto e as mãos uma vez que estas são veículos importantes para a transmissão de microorganismos patogênicos
  • Não coçar os olhos
  • Aumentar a freqüência com que troca as toalhas do banheiro e sabonete ou use toalhas de papel para enxugar o rosto e as mãos
  • Trocar as fronhas dos travesseiros diariamente enquanto perdurar a crise
  • Não compartilhar o uso de esponjas, rímel, delineadores ou de qualquer outro produto de beleza
  • Evitar contato direto com outras pessoas.
  • Evitar pegar crianças pequenas no colo.
  • Não use lentes de contato durante esse período.
  • Evitar banhos de sol.

Tratamento

Lavar os olhos e fazer compressas com água gelada, que deve ser filtrada e fervida, ou com soro fisiológico. Para a conjuntivite viral não existem medicamentos específicos. Cuidados especiais com a higiene ajudam a controlar o contágio e a evolução da doença. Acima de tudo, não se automedicar. A indicação de qualquer remédio só pode ser feita por um médico. Alguns colírios são altamente contra-indicados porque podem provocar sérias complicações e agravar o quadro.

Por: Dihelson Mendonça

.

Cartas dos Leitores - Jayro Starkey - A Igreja, Bush e o Islamismo


Caro Dihelson,

Atualmente estou sem pertubar ninguém via internet. Mas hoje, ao ler a troca de farpas sobre transposição, igreja católica, judas, etc. quero lembrar que não faz 200 anos que a igreja aprontou. Domingo passado, Herr Ratzinger (Heil), batizou um ex-muçulmano só para inflamar a comunidade islâmica. Foi cash americano, com certeza. Inteligentsia!!! A mesma igreja que desprezou os judeus na 2a. Guerra Mundial, alisa o bolso de Bush e dos rabinos, contra o Islã. Então não faz tanto tempo que eles aprontaram em nome do trono sagrado de Constantino (verdadeiro fundador dessa igreja romana). Esse povo tem que ler alguma coisa que vem de outras fontes mais fidedignas em relação a história e não aceitar a que os poderosos querem que a gente acredite.
Um abraço,

Jairo Starkey

Nota do Blog do Crato:

Concordo em gênero, número e grau, meu caro Jayro. Mas muita gente é cega e não percebe essas coisas.

Abraços,

Dihelson Mendonça

Hoje no DN - Devotos do Padre Cícero festejam hoje seu aniversário

RELIGIOSIDADE POPULAR

Clique para Ampliar

As manifestações de fé em Pe. Cícero são as mais diversas. Em romarias, nas missas, no cotidiano do sertanejo é fortalecida a crença de que o sacerdote nordestino é santo e opera milagres em seus devotos (Foto: Fernanda Oliveira)

Clique para Ampliar

Prato que pertenceu ao Padre Cícero é mantido no acervo da artista plástica.

Clique para Ampliar

Na sala da casa de Assunção, quadros que contam a história da formação de Juazeiro do Norte e do “Padim”.

Clique para Ampliar

Escrivaninha onde o sacerdote escrevia cartas solicitando auxílio aos mais necessitados.

Clique para Ampliar

Pia onde Padre Cícero foi batizado, na Igreja Matriz do Crato.

Clique para Ampliar

Na casa da artista, um santuário traz imagens do próprio “Padrinho” e objetos em sua memória.

Há 164 anos nascia o homem que mudou a história de Juazeiro do Norte e inaugurou um novo tempo de fé popular

Juazeiro do Norte. Em 24 de março de 1844 nascia o homem que entraria para história como o maior mito da religiosidade popular do Brasil. “E quem é ele...”, ecoa a música preparando os ouvidos para relatar a vida do sacerdote das massas nordestinas, sofridas pela pobreza, calejadas pela seca. Cícero Romão Batistas, filho de comerciante, Joaquim Romão Batista, e Vicência Romana. São 164 anos hoje. O Padre Cícero, imortalizado na fé do homem sertanejo, nasceu no Crato e faleceu na terra que se tornou fundador e pai, Juazeiro do Norte, aos 90 anos. Às 6 horas acontece celebração da missa em ação de graças pelos 164 anos, com o bispo diocesano Dom Fernando Panico, em frente à Capela do Socorro, que este ano completa 100 anos de fundação.

O sacerdote, afastado da sua missão de celebrar missas, jamais se distanciou do seu povo romeiro. Em todos os recônditos do Nordeste, era conhecido o padre que ofertou a hóstia à beata Marua Araújo, no dia 6 de março de 1889, que transformou-se em sangue na sua boca. Era o “Milagre de Juazeiro”. São muitas as teses, biografias, relatos históricos de um episódio, que mesmo com o poder da Igreja para tentar ocultar, na época, hoje essa mesma instituição católica, aos poucos, parece reconhecer o que não tem mais volta. Padre Cícero é santo do coração e da alma dos milhares de devotos nordestinos e brasileiros.

O filme de Wolney de Oliveira relata bem esse momento da beata, todo o sofrimento enfrentado pela mulher pobre, negra e beata. A pesquisadora paulista Maria do Carmo Pagan Forti expôs em seu livro o caso como um fenômeno paranormal, conhecido como aporte. Pela primeira vez, no final dos anos 80 é levado a público o assunto. Antes, era um nome praticamente proibido de se mencionar. O descortinar dessa história ainda está por vir. Uma reviravolta que já se move para a canonização do sacerdote.

São muitos os testemunhos de vida e fé num homem que aos poucos foi tomando conta da compreensão de pessoas que partilharam da sua convivência. Em Juazeiro do Norte não é muito difícil encontrar esses personagens. Um deles, o odontólogo, escritor e jornalista Geraldo Menezes Barbosa. “Num caixão azul, carregado pelas mãos do povo e em cima de cabeças chorando, como se fosse um barquinho azul navegando sobre o mar”. Esta é a última visão do Padre Cícero mantida pelo então menino de apenas 10 anos.

Vários questionamentos encheram a memória do jornalista filho do carteiro, Francisco Barbosa, que todos os dias ia à casa de Padre Cícero. Um deles, quando via o “Padim” sair de casa, aos 8 anos de idade, cercado por pessoas. Admirado, Geraldo Barbosa perguntou a mãe o motivo daquelas pessoas não estarem deixando o sacerdote caminhar. Eram os romeiros a pedir esmolas e conselhos. A mãe disse ser o padre um homem bom, por isso era cercado pelas pessoas.

Poucas vezes Geraldo chegou a freqüentar a casa de Padre Cícero. Ia sempre com seu pai. Mas o presente recebido dele jamais foi esquecido. Um papagaio, depois de um ano de promessa, foi entregue. Admirado, o menino não ficou muito animado com a encomenda. No encontro que teve com o sacerdote, um ano antes de receber o presente, queria mostrar ao primo que também tinha um. A ave só veio depois do aprendizado da cartilha, como combinado. E o menino ficou questionando como Padre Cícero havia lembrado daquela promessa, já que nem ele mesmo recordava mais.

A artista plástica Assunção Gonçalves, 92 anos, é uma das pessoas que tiveram a oportunidade de conviver com o Padrinho. Na sua casa estão vários objetos que pertenceram ao sacerdote, inclusive a escrivaninha onde ele escrevia as cartas. “Ele escrevia até para o rei da Bélgica e vinha resposta”, diz ela, que descreveu a história antiga de Juazeiro por meio de pinturas em telas. Ela conserva um quadro de Nossa Senhora das Dores, que pertenceu ao padre, e um prato, que está afixado na parede. Os pedidos por meio das cartas era principalmente de auxílio aos mais necessitados.

A vida do sacerdote se consagra pelos testemunhos de fé do povo. A cada ano, eventos são realizados para comemorar a data de aniversário, promover e divulgar estudos sobre a vida e os milagres. Milhares de romeiros, durante a Semana Santa, vêm lembrar da “Via Crucis” de Jesus, se sacrificando, em jejum, nas ladeiras do Horto. O pensamento é em Deus e no “Padim”, por dias melhores. São pagadores de promessas que vêm percorrer os caminhos trilhados pelo “Patriarca dos Romeiros”.

Museu vivo

A sua estátua, de 27 metros de altura, é a terceira maior do mundo, depois das estátuas da Liberdade e do Cristo Redentor. O monumento é o principal centro de visitações na cidade. Na Colina do Horto, o local também oferece ao visitante o Museu Vivo Padre Cícero, com estátuas em tamanho natural, que “revivem” os principais momentos da vida do sacerdote, na casa que serviu de morada a Romão Batista.

Ontem, foi aberta a XXVI Semana do Padre Cícero. Vai até o dia 28 de março. A cidade acordou ontem com alvoradas festivas. Para marcar a Semana comemorativa, a ExpoCícero foi aberta no hall do Memorial Padre Cícero.

Às 19h30min, foram homenageados os grupos de tradição na Praça do Socorro, onde se realiza ainda a 20ª Seresta do Padre Cícero e à meia-noite o corte do bolo e show pirotécnico. O evento foi idealizado pela professora Nair Silva. Eventos comemorativos, como a 26ª Corrida Padre Cícero, de Crato até o Juazeiro, concursos e I Fórum Sobre a História do Homem e do Santo do Povo, no dia 26, no Colégio Salesiano Dom Bosco, estão entre as atrações dos festejos.

Mais informações: Secretaria de Paróquia/ Matriz N. Sra. das Dores. Rua Padre Cícero, 147, Centro. Juazeiro do Norte (CE). (88) 3511.2202

HISTÓRIA ORAL - Romeira lembra da presença do sacerdote na vida de Juazeiro

Juazeiro do Norte. Da época do Padre Cícero, uma história de romeira para contar. Rosalva da Conceição Lima, conhecida por dona Rosinha, 87 anos, tinha 14 anos quando o Padre Cícero faleceu. Foi testemunha de missas, onde ele estava, não como celebrante, mas um missionário que, mesmo suspenso de ordens, não abandonou a religião, e continuava sendo um pastor, orientador das grandes massas.

Ela lembra dos momentos em que os romeiros iam até a janela do sobrado, hoje Museu São José, onde morava o Padre Cícero. “As pessoas iam se aconselhar para tudo que iam fazer na vida e ele sabia de tudo, era como se adivinhasse o futuro”, diz. Quem ia vender ou comprar terreno, mudar de cidade, só fazia depois de ouvir a opinião do padre. Para quem desobedecia o sacerdote, segundo ela, a resposta vinha logo.

Dona Rosinha, a senhora carpideira desde os 12 anos, mora hoje na Rua do Horto, perto da estátua do patriarca dos nordestinos. “Ele pisou na piçarra dessa rua, antes do calçamento”, diz. Tem gente, segundo ela, que não acredita, mas chegou a participar de missas onde estava presente o ‘Padim’, naquele momento suspenso de ordens. Não podia celebrar, mas estava rezando de joelhos, assistindo outro sacerdote fazer a celebração. Comungava. Era um cidadão comum. “Uma prova de humildade do Padre Cícero”, diz ela.

ELIZÂNGELA SANTOS
Repórter

Fonte: www.diariodonordeste.com.br