07 dezembro 2008

Sol Poente

Foto por Claude Bloc

O Sol suspira
Efervescente.
No horizonte toca as nuvens
E no ocaso se esconde.

Em minha vida
O sol flameja
Desenhando os contornos da serra
Desce, completando o ciclo
Fenece em plena luz
Avermelhando-se
Incandescente
E incandescido
Se escoa entre meus dedos.
.
Texto de Claude Bloc

4 comentários:

  1. Eita, fiquei com inveja de você. Parabéns. Valdetário.

    ResponderExcluir
  2. Dr Valdetário,

    Não precisa ter inveja. Vista-se com as palavras e sinta, na hora final do dia, o espetáculo que traz o sol poente...
    Aí no Cariri, sobretudo, esse momento é mágico.
    Pare um dia e sinta-o seu.

    Abraço,

    Claude

    ResponderExcluir
  3. Em cada poema, um ato de amor a vida.
    Que bom, poder admirar esse espetáculo de enrequecimento de corações e mentes.
    Parabéns Claude.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.