13 dezembro 2008

Relíquias de Santa Margarida Maria Alacoque já estão em Fortaleza


Santa Margarida
Relíquias de santa são reverenciadas
Em peregrinação pelo Ceará desde o dia 1º deste mês, a urna vem sendo reverenciada em diversas paróquias em Fortaleza e no interior do Estado, dentro do projeto Consagra Brasil.

Em meio a orações e demonstrações de fé, as relíquias de Santa Margarida Maria Alacoque foram recebidas ontem à tarde na capela do Carmelo Santa Terezinha, no bairro do Castelão. Na chegada, a urna foi conduzida ao altar, e logo teve início uma adoração, contando com a participação de moradores das proximidades, freiras carmelitas e visitantes do Carmelo. O espaço ficou aberto à visitação pública até o início da noite. No local, o relicário permanece até a manhã de hoje, quando será celebrada missa às 6h30min. Já por volta das 8 horas, será levado para a igreja Senhor do Bonfim, no Monte Castelo.

Em peregrinação pelo Ceará desde o dia 1º deste mês, a urna vem sendo reverenciada em diversas paróquias em Fortaleza e no interior do Estado, dentro do projeto Consagra Brasil. A iniciativa é da TV Século 21, com sede em Campinas, São Paulo, que tem como responsável o padre Eduardo Dougharty. As visitas do relicário aos estados nordestinos começaram em julho. O Ceará é o sétimo estado a recebê-las. Para a madre superiora do Carmelo, irmã Maria Bernadete, receber as relíquias de Santa Margarida Alacoque tornou o dia especial para todas as religiosas do local.

Ela afirmou se tratar de um presente carinhoso de Deus, “que a trouxe no dia 12 de dezembro, dia consagrado à Nossa Senhora de Guadalupe”, santa que é mãe das Américas. Conhecida como apóstola do Sagrado Coração de Jesus, foi a Santa Margarida Maria Alacoque que Deus revelou suas 12 promessas. Para Ailton Vasconcelos, estudante de Teologia que fez a abertura da adoração, a urna contendo as relíquias é “um tesouro que Deus coloca em nosso meio para mostrar o seu amor por todos”. De acordo com ele, é meta do projeto Consagra Brasil levar o relicário a todos os estados e ao maior número possível de famílias. “Santa Margarida nos mostra que o caminho é Cristo”, disse ele.
(FONTE: "O Povo", edição de 13-12-2008)

EM CRATO RELÍQUIAS CHEGARÃO DIA 26
A diocese de Crato recepcionará, no próximo dia 26 de dezembro, as relíquias de Santa Margarida Maria Alacoque, ora percorrendo as dioceses brasileiras em peregrinação. Essas relíquias – um ossário que contém vários fragmentos de ossos e uma parte do tecido cerebral, que se conserva incorrupto, por mais de 300 anos – serão recepcionadas inicialmente na Catedral de Nossa Senhora da Penha.
A peregrinação que vem percorrendo diversos países partiu da França, onde Jesus apareceu à Santa, no século XVII. Conforme Dom Fernando Panico, bispo de Crato, “O objetivo da peregrinação das relíquias da santa é despertar no povo essa devoção e preparar o Brasil para ser consagrado ao Coração de Jesus”. No Cariri, segundo Dom Fernando, essa devoção já está bem arraigada e faz parte da cultura católica nos 32 municípios que formam a diocese de Crato, todos possuidores da associação de fiéis do Apostolado da Oração.
Para o Cura da Sé Catedral, Padre Edmilson Neves, “As peregrinações contribuem para fazer conhecer a mensagem do Coração de Jesus no mundo, que é uma mensagem de paz, amor e reconciliação, além de reavivar a fé dos cristãos no profundo Amor do Divino Coração pela humanidade”.

Quem foi a Santa
Santa Margaria Maria Alacoque era francesa, nasceu em 1647 e acreditava que sua missão era dar impulso à devoção ao Sagrado Coração. Ela morreu no dia 17 de outubro de 1690, aos 43 anos de idade. Foi beatificada no dia 18 de setembro de 1864 e canonizada no dia 13 de maio de 1920.

Um comentário:

  1. Amigo Armando.

    Que Santa Margarida Alacoque abençoe a todos nós. Estamos precisando de sua benção.

    Abraços.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.