28 novembro 2008

Programa BNB de Cultura 2009 seleciona 192 projetos artísticos nordestinos, entre 2.238 inscritos


FORTALEZA, 29.11.2008

Um total de 192 projetos, entre 2.238 inscritos, foi selecionado pelo Programa BNB de Cultura 2009 – uma linha de patrocínio direto do Banco do Nordeste, com dotação orçamentária de R$ 3,0 milhões, para apoio à produção e difusão da cultura nordestina, mediante seleção pública de projetos nas áreas de Artes Cênicas, Artes Visuais, Audiovisual, Literatura, Música e Artes Integradas ou Não-Específicas. A lista de projetos selecionados está disponível no portal do BNB (www.bnb.gov.br). Mais da metade dos recursos (R$ 2,019 milhões, ou 67,3%) serão destinados para projetos com ações culturais em municípios de até 100 mil habitantes, dentro da área de atuação do Banco (Nordeste, Norte de Minas Gerais e do Espírito Santo).

Dos 192 projetos, foram aprovados 40 de Artes Cênicas, 31 de Artes Visuais, 14 de Audiovisual, 29 de Literatura, 44 de Música e 34 de Artes Integradas ou Não-Específicas. Entre 543 inscritos no Ceará, foram contempladas 26 propostas, oriundas de 16 municípios – sendo 5 de Artes Cênicas, 4 de Artes Visuais, 1 de Audiovisual, 3 de Literatura, 7 de Música e 6 de Artes Integradas ou Não-Específicas.

A lista de cidades cearenses com projetos contemplados abrange: Aquiraz, Campos Sales, Fortaleza (oito), Iguatu, Irauçuba, Jaguaretama, Jaguaribara, Juazeiro do Norte (três), Madalena, Meruoca, Milagres, Missão Velha, Nova Olinda, Pentecoste, Quixadá e São Gonçalo do Amarante. Desses 20 municípios, apenas dois (Fortaleza e Juazeiro do Norte) têm mais de 100 mil habitantes. Os 192 projetos selecionados procedem de 88 cidades diferentes. 77 propostas (40,1%) foram oriundas de 60 municípios da área de atuação do BNB, com até 100 mil habitantes. Outras 111 (57,8%) foram originárias das nove capitais da Região e mais 17 cidades interioranas localizadas na área de atuação do Banco, com mais de 100 mil habitantes. Houve ainda quatro projetos (2,1%) oriundos das cidades de Belo Horizonte/MG (dois), Mesquita/MG e Vitória/ES. Os 2.238 projetos inscritos foram provenientes de 363 cidades de 17 estados brasileiros – os 11 estados na área de atuação do Banco, mais Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins. Desse total, um montante de 1.094 (48,9%) propostas veio de 334 municípios interioranos localizados na área de atuação do Banco. Outros 1.068 (47,7%) projetos vieram das nove capitais nordestinas, e mais 39 (1,7%) propostas vieram de 12 cidades situadas nos sete estados retrocitados. 2.162 (96,6%) projetos foram elaborados por proponentes residentes dentro da área de atuação do BNB.

Para a seleção dos projetos culturais, deverão ser considerados os seguintes critérios: qualidade técnica e/ou artística; ineditismo da proposta; atendimento de interesse da comunidade; formação ou aperfeiçoamento profissional; condições de sustentabilidade; viabilidade físico-financeira; potencialidade de consolidação a imagem do BNB junto à sociedade; e ações e investimentos dos recursos financeiros voltados prioritariamente para municípios da área de atuação do BNB, menos providos de atividades culturais.


Fonte: Programa BNB de Cultura
Fonte da Foto: website: http://www.colegiocruzeiro.com.br

Um comentário:

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.