08 novembro 2008

Cariri debate ações para o desenvolvimento

Crato. O desenvolvimento do Cariri e suas múltiplas dimensões, envolvendo diversos setores inseridos no Programa Cidades do Ceará, do Governo do Estado, foi debatido durante o dia de ontem, em Reunião de Trabalho na Universidade Regional do Cariri (Urca). O evento reuniu representantes das secretarias estaduais de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Cidades e Turismo, além de instituições estratégicas voltadas para o desenvolvimento da região e Banco Mundial. A reunião aconteceu no Salão de Atos da Urca.

A consultora do Banco Mundial (Bird), Mônica Amorim, destacou os investimentos previstos pela instituição financeira internacional, em parceria com o Governo do Estado, para o Projeto Cidades do Ceará, em negociação para o Estado, em torno de R$ 40 milhões, tendo como contrapartida do Governo do Estado R$ 20 milhões. Ressaltou o trabalho a ser desenvolvido no Cariri como uma experiência inovadora e a expectativa otimista em relação aos investimentos a serem realizados nas áreas de infra-estrutura, equipamentos produtivos e serviços na área de capacitação institucional.

A mesa redonda de abertura dos trabalhos trouxe como tema “Projetos de Desenvolvimento e a contribuição para sustentabilidade do Cariri”. O reitor da Urca, professor Plácido Cidade Nuvens, destacou inicialmente o papel da instituição como prioritária para o processo de desenvolvimento regional, a partir de procedimentos metodológicos, enfatizando a participação ativa da universidade dentro desse trabalho com os seus respectivos parceiros de ação.

Lideranças locais

A secretária-adjunta de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Teresa Mota, ressaltou os trabalhos previstos pelo Projeto Cidades do Ceará, voltados para o turismo e cadeia produtiva calçadista. Além disso, a presença das lideranças locais, importantes para o processo de articulação junto ao governo. Já o secretário-adjunto do Turismo, Osterne Feitosa, ressaltou a possibilidade de se encontrar caminhos novos para o desenvolvimento regional.

A tecnologia foi enfatizada como um dos pontos fortes para possibilitar esse crescimento dos diversos setores. O diretor do Centec Cariri, Raimundo Barreto, diz que para isso é necessário haver um fortalecimento desse setor, envolvendo as instituições regionais, por meio da educação tecnológica.

O “Capital Humano e Desenvolvimento do Cariri” foi abordado dentro desse tema e apresentada uma proposta de definição do papel da Universidade dentro do Projeto Geopark Araripe, para as áreas de ensino, pesquisa e extensão. Representantes de administrações locais também participaram do evento, a exemplo de Crato, com o prefeito Samuel Araripe.

De acordo com Samuel Araripe, o desenvolvimento regional deve ser pensado hoje a partir de uma proposta de integração. Focalizou o Cariri como o maior agrupamento de cidades, depois da Região Metropolitana de Fortaleza. O Geopark Araripe foi destacado pelo prefeito como um projeto que irá dimensionar a região no âmbito internacional. “Não há como vermos cidades isoladas uma das outras, a exemplo de Crato e Juazeiro do Norte”, diz ele, ao acrescentar obras previstas para serem implementadas na região como o Centro de Convenções do Cariri, em Crato, Hospital Regional e Aterro Sanitário, em Juazeiro.

Mais informações:
Secretaria das Cidades
Centro Administrativo Governador Virgílio Távora
Edifício Seplan Cambeba, Fortaleza
(85) 3101.4448

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.