25 outubro 2008

Fundão será restruturado

O patrimônio ecológico Parque Estadual Sítio Fundão, criado em março deste ano pelo governo estadual, vai ser reestruturado. A área fica na cidade do Crato, na Região do Cariri

por Rita Célia Faheina

O projeto de reestruturação do Parque Estadual Sítio Fundão, patrimônio ecológico que fica no Crato, Região do Cariri, será lançado hoje, às 8 horas, no auditório da Coordenadoria Regional da Saúde (20ª Cres), no bairro São Miguel. A área, de 93.54 hectares desapropriada pelo Governo do Estado em fevereiro deste ano, estava sendo motivo de preocupação dos ambientalistas que denunciavam a ação de caçadores de animais silvestres e de vândalos que roubavam a fiação elétrica dos postes localizados no parque.Edmundo Alencar, filho do antigo proprietário do sítio, Jefferson da Franca Alencar, é um dos denunciantes. Ele se diz preocupado com o abandono da área que é rica em biodiversidade e mata nativa. Possui, inclusive, vegetação remanescente da Mata Atlântica. Segundo Edmundo, já houve no local a ocorrência de queimadas, a retirada ilegal de madeira e a colocação de arapucas para capturar animais nativos.O Sítio Fundão, localizado a três quilômetros da sede do Crato, ainda conserva um carro de boi feito de pau, uma barragem construída no período da escravidão e casa de taipa antiga com dois andares. Segundo o projeto que será apresentado hoje pelo superintendente estadual do Meio Ambiente do Ceará (Semace), Herbert Vasconcelos, o engenho será reestruturado e a casa de taipa vai ser transformada em um centro de visitação.Segundo Herbert, quando o governo estadual comprou a área, foi recebida com 400 metros de cerca danificada. Essa cerca de proteção será reconstruída. O projeto, que será lançado hoje, inclui também a nova sede do escritório da Semace-Cariri, uma unidade da Companhia de Policiamento do Meio Ambiente (CPMA). Dentro do Sítio Fundão está localizado o geotope Batateiras, um dos nove que compõem o Geopark Araripe.O decreto de desapropriação da área data de 8 de fevereiro passado, mas só foi publicado no Diário Oficial do Estado no dia 11 daquele mês. No dia 14 de março deste ano, o Governo do Estado criou o Parque Estadual do Sítio Fundão, uma área de 93 metros quadrados, 520 hectares em unidade de conservação de proteção integral. (Colaborou Amaury Alencar)
SAIBA MAIS
O Sítio Fundão Faz parte do Geotope Batateiras do Geopark Araripe que é uma outra ação de preservação ambiental do contexto geológico e paleontológico da Bacia Sedimentar do Araripe. Neste âmbito, existem também compromissos públicos de transformação desta ação em um Programa Estadual de Governo e consolidação efetiva do parque, já que o próprio Governo do Estado está à frente da realização da 1ª Conferencia Americana dos Geoparks Unesco, no Crato, em 2009.O Geopark Araripe é uma iniciativa do Governo do Estado do Ceará, representado pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Educação Superior, coordenado pela Universidade Regional do Cariri (Urca). Em dezembro de 2005, o Governo do Estado do Ceará apresentou postulação à Divisão de Ciências da Terra da Unesco, que reconheceu em setembro de 2006 o Geopark Araripe como primeiro Geopark das Américas.O conceito do Geopark Araripe está baseado no estabelecimento de uma rede de Unidades de Conservação da Natureza, que se estendem por uma área de mais de 5.000 km, abrangendo seis municípios diferentes da região. Cada unidade é denominada de Geotope e corresponde a um estrato e tempo geológico definido, permitindo ao visitante uma abrangente compreensão da origem, evolução e estrutura atual da Bacia Sedimentar do Araripe.Os geotopes são nove: Exu (Pontal de Santa Cruz, em Santana do Cariri); Arajara (Parque do Riacho do Meio em Barbalha); Santana (Parque dos Pterossauros em Santana do Cariri); Ipubi (antiga Minas Chaves entre Santana do Cariri e Nova Olinda); Nova Olinda (Mina de pedra cariri em Nova Olinda).Outros geotopes são: Batateiras (rio das Batateiras no Crato); Missão Velha (floresta fóssil); Devoniano (Canyon do rio Salgado) e Granito (Colina do Horto, onde fica a estátua do padre Cícero em Juazeiro do Norte). O Geopark Araripe possui ainda um escritório central na cidade de Crato e o Museu de Paleontologia da Urca, como unidades fundamentais.FONTE: www.geoparkararipe.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.