25 outubro 2008

Crato - Iniciadas melhorias no Sítio Fundão

Patrimônio cultural

Clique para Ampliar

Maquete da casa de taipa situada no Sítio Fundão, que será transformada em centro de visitação (Foto: Antônio Vicelmo)

Projeto de restauração do Sítio Fundão foi apresentado ontem pela Semace, em novo escritório no Cariri

Crato. Iniciada a construção da cerca de proteção do Sítio Fundão, uma área de 93 hectares, que foi comprado pelo Governo do Estado, por R$ 2 milhões, para ser transformada em parque ecológico. O projeto, elaborado pelo arquiteto Alexandre Lacerda Landim, foi apresentado ontem pelo superintendente da Semace, Herbert Vasconcelos, durante reunião realizada no auditório da Coordenadoria Regional de Saúde do Crato ( 20ª Cres ), com a presença de ambientalistas e representantes de órgãos ligados ao meio ambiente.

A Semace, segundo Herbert, dispõe de mais R$ 1 milhão para execução do projeto que contempla a nova sede do escritório da Semace-Cariri, uma unidade da Companhia de Policiamento do Meio Ambiente (CPMA), além da restauração do engenho velho e da casa de taipa com um pavimento que será transformado em um centro de visitação, guardando a memória do ambientalista Jéferson de Franca Alencar, antigo proprietário do Fundão.

A construção imediata da cerca atende a um pedido dos ambientalistas que enviaram ofício ao governador Cid Gomes, advertindo que o sítio estava sendo devastado pelos moradores das proximidades com a retirada de madeira. Nesta semana, além de um princípio de incêndio, foi registrado o roubo de parte da fiação de alta tensão que passa por dentro da área ambiental.

De acordo com o projeto, o engenho de pau, desativado a 50 anos e puxado a bois, será restaurado. A casa de taipa será transformada em centro de visitação. A idéia, segundo o superintende da Semace, é fazer do Fundão um centro de estudos do ecossistema regional. A reforma começa pela entrada do parque, onde será erguido um portal de madeira com uma placa e o nome: “Parque Estadual do Sítio Fundão”.

No dia 14 de março passado, o Governo do Estado criou o Parque Estadual do Sítio Fundão, uma área de 93,520ha em unidade de conservação de proteção integral, conforme o Decreto Estadual 29,179. O sítio faz parte do Geotope Batateiras, do Geopark Araripe, que é outra ação de preservação ambiental da Bacia Sedimentar do Araripe.

Reportagem: Antonio Vicelmo
Fonte: Jornal Diário do Nordeste

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.