13 setembro 2008

O Anonimato é a Primeira Arma dos Covardes !

Nota:

Aqui no Blog do Crato, com o objetivo de facilitar a postagem das pessoas que ainda não possuem contas no Google, necessárias para que as postagens fiquem automaticamente identificadas, estamos tendo uma onda de postagens totalmente e irresponsavelmente anônimas. Indivíduos que não tem coragem de mostrar a própria cara, atacam pessoas idôneas, suscitam problemas de toda espécie, desvirtuando o real propósito do Blog, da abertura, da liberdade que lhes foi concedida para que a postagem pudesse ser fácil, desde que assinada embaixo, ao final.

Um leitor ( possivelmente o anônimo que gerou a polêmica num tópico do Dr. José Flávio ), se irritou quando eu disse numa postagem, que todo anônimo é essencialmente, um "MERDA". Eu afirmo e repito, que todo anônimo é antes de tudo um "Merda", um "frouxo" mesmo, no sentido pejorativo da palavra, e explico o fato, porque não têm a devida coragem de se identificarem e virem a público assumir seus atos. Todas as pessoas de bem, possuem nome, sobrenome e endereço. Não convém que alguns teimem em querer atirar pedras no telhado dos outros e se esconder no anonimato.

Já não é a primeira vez que me proponho a acabar com a postagem anônima, e vou bem mais longe, qualquer postagem inclusive defendendo o anonimato poderá também nem ser aprovada. Para quem não sabe, cada comentário antes de aparecer por aqui, passa pelas mãos dos moderadores, e certamente que teremos mais cuidados para que nem os comentários elogiosos anônimos cheguem a passar. Ao chamar o comentarista anônimo de um "merda" estou até sendo generoso para com os anônimos, e me colocando em plena defêsa dos que assumem aquilo que escrevem, pois todo anônimo é essencialmente um covarde, que não tem coragem de mostrar a própria face, e merece TODO O NOSSO MAIS PROFUNDO DESPRÊZO ! Reitero meu propósito de tornar este um ambiente de respeito aos nossos leitores corretos, que agem de boa fé, e todo anônimo desrespeita os leitores honestos do Blog, quando não assumem o que escrevem. o fazemos a mínima questão de leitores anônimos, nem de comentaristas anônimos, pois o anonimato é essencialmente desprezível.

Em corroboração a este posicionamento contra o anonimato, fato que invariavelmente vem se repetindo aqui no Blog do Crato, reproduzo aqui um texto da minha autoria publicado meses atrás, sobre este mesmo assunto:

O Anonimato é a Primeira Arma dos Covardes !


O Anonimato é a primeira arma dos Covardes!

Aqueles que defendem o anonimato, defendem os covardes, e são cúmplices da covardia dos que anônimos, praticam atacar tudo e a todos e se esconder impunemente nas sombras.

Pois quem é verdadeiro, não precisa ser anônimo. Quem tem coragem de olhar olho no olho e tem luz própria não precisa do anonimato. Somente as larvas pusilânimes mais primitivas e fracas podem valer-se do anonimato para atacar os outros, porque não tem caráter e coragem para assumir aquilo que são.

O valor de um homem está no seu caráter. Toda pessoa que se esconde no anonimato É ANTES DE TUDO, UM MAU CARÁTER ! Ninguém que possui bom caráter precisa se esconder de nada nem defende o anonimato! Morre-se até para defender um ideal! Um anônimo prova que não é digno nem de morrer. É abaixo do que se pode considerar um homem.

A tática de atacar nas sombras é uma tática que foi adotada por arruaceiros em décadas anteriores para jogar pedras e paus quebrando vitrines das pessoas e depredando o patrimônio público em nome de falsos ideais, de pessoas cujo único compromisso na verdade, era e é com seu próprio EGO e o cult à própria personalidade, com falácias, seduzindo o povo para uma luta, mas na hora de lutar, se escondendo atrás, nas últimas fileiras, por medo das balas.

É esse tipo de gente que por ter a personalidade de um covarde, faz alianças nas sombras, para conseguir galgar aquilo que pretende. São bôbos-da-corte, disfarçando-se de filósofos, para conduzir multidões inteiras ao precipício sob pretexto de progresso. São enfim, gente que definitivamente, não merecem a nossa confiança, traiçoeiras, víboras que podem nos atacar à primeira oportunidade disponível. Todo aquele que se utiliza do anonimato para atacar alguém é necessariamente um frouxo, um covarde, assim como é cúmplice da covardia, e do Mau-Caratismo aqueles que a defendem. Eu diria em resumo a tudo isso: "um merda"...

Falamos, e mostramos a cara!
Não somos anônimos.
Não precisamos nos esconder nas sombras.
Alguns é que precisam, pois tem suas ações questionáveis. Sua irresponsabilidade.

Falamos, e ASSINAMOS EMBAIXO.
Não devemos, não tememos,
acima de tudo, não somos anônimos!

Dihelson Mendonça
www.blogdocrato.com

.

5 comentários:

  1. Caro Dihelson, disse-lhe que escreveria alguns textos fora da temática política e como prometido, mandei este último "A Desigualdade Social" que tem causado tanta polêmica. Não era este o meu propósito, mas o que poderei fazer? Muitos colegas médicos ficaram revoltados com o infeliz comentário daquele "anônimo". Realmente é muita covardia agir com tamanha insanidade e se ocultar no anonimato. Abraços.
    Dr. Valdetário

    ResponderExcluir
  2. Dr. Valdetário,

    Há muito tempo que como "gerente" de 12 blogs, e 14 anos de acesso á internet, quando esta ainda era uma criança, pude perceber o quanto é horrível se escrever coisas para multidões. Sempre haverá um idiota para confrontar nossas idéias, por mais centradas que sejam.

    Mas o mundo é um lugar de idiotas. Não escrevemos para eles, mas para nossos companheiros. Não nos interessa aqueles que por defender a pluralidade de pensamento, defendem a extinção dos animais, defendem o Nazismo, o Facismo, o Anti-Semitismo... Na internet as pessoas se manifestam livremente. Tem gente aqui que odeia negros, odeia brancos, odeia animais, gente que tem a mente deturpada e francamente PSICOPATA que deveria ser afastado do seio da sociedade e passa despercebido no meio da multidão. É preciso ter cuidado com essas pessoas que defendem o anonimato, a extinção dos animais e ao mesmo tempo a pluralidade das idéias. Não é possível que eu possa ser solidário, mesmo a pretexto de liberdade de expressão à aqueles que defendem o Neo-Nazismo ou coisa parecida. Há um limite pra tudo.

    Quando uma comunidade, um site começa a ficar gigantesco, esse tipo de problema começa a acontecer. E para isso existe ORDEM, organização. Vou começar a aplicar certas regrinhas que as coisas por aqui facilmente voltarão à normalidade. Alguns chamarão de autoritarismo, mas até o ser supremo sabe ser autoritário quando necessário.

    No CÉU não existe Democracia!
    Existe Ditadura!

    Um grande abraço, e fique tranquilo. Manda mais textos.

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  3. Por trás do anonimato,se esconde o pior dos covardes. Milhares de estórias verdadeiras vivenciadas por pessoas como o Dr. Valdetário, são vividas e contadas todos os dias pelo Brasil afora.Não participam desse contexto, pessoas com a índole de determinadas pessoas que vieram ao mundo apenas para infectar a convivência humana.
    A personalidade do Dr. Valdetário posso testemunhar, pois num momento dos mais difíceis da minha vida, encontrei nele a mão profissional e amiga,que me atendeu, apenas cumprindo o seu papel social, sem no entanto receber nada por isso, sem me conhecer, e não tendo nenhuma ligação que fosse de seu interesse.
    E o trabalho social do Dr. Vilmar,
    Dr. Roberto Jamacaru,Dr. Zé Flavio, e outros do Cariri,que os fazem verdadeiros deuses para uma população pobre dessa região?
    Infelizmente a irresponsabilidade, e o mau caratismo, permeia a mente
    de determinadas pessoas, apenas pela diferença existente por diferenças políticas, sociais, e participativas.

    ResponderExcluir
  4. Caros amigos, permitam-me entrar nessa polêmica e discordar de algumas coisas.

    Li a matéria postada por Valdetário e li o comentário feito pelo anônimo. Sinceramente eu não vi nada demais no comentário, não acho que a imagem de Valdetário tenha sido denegrida em momento algum. Apenas li um comentário de alguém que não concordou com o que foi postado. Não entendo esse estardalhaço todo. Quando existe uma agressão particular, pessoal, acredito que deva existir realmente uma moderação. Quando não, o que deve prevalecer é a liberdade de expressão mesmo.

    É necessário compreender que quando se publica algo, você está passível de diferenças. São argumentos contra argumentos. Sei que o anonimato muitas vezes serve como escudo para um ataque pessoal, mas esse não foi o caso. Li o comentário de Zé Flávio e o comentário posterior de Valdetário, ambos rebatendo os argumentos do anônimo, cada um à sua maneira, com argumentos. Creio ser esse o caminho.

    Enquanto um blog se diz aberto e permite o acesso para postagens, leituras e comentários, quando ele não é pago e tem assinantes como leitores cativos, acredito que deva existir liberdade de expressão, exceto nos ataques pessoais.

    Sinceramente Dihelson, acho que o blog é dinâmico, tem postagens super-interessantes, são vários os colaboradores capacitados e não precisa de protecionismo de espécie alguma, mesmo porque os autores são extremamente capacitados e sabem refutar uma contra-argumentação com autenticidade, você mesmo é um exemplo disso, tamanha a sua gama de argumentação.

    A propósito, Valdetário, a sua postagem foi feliz justamente por causar essa polêmica toda. Espero voltar a ler textos assim no blog do Crato mais vezes.

    Compreendo a sua indignação com as postagens anônimas, Dihelson, pois algumas são cretinas realmente. Mas acredito que o blog do Crato é mais autêntico com elas. Desde que não sejam ataques pessoais.

    ResponderExcluir
  5. Olá, meu caro Marcos,

    Como vai, rapaz?

    na verdade, o estardalhaço é sempre maior que o fato, da maneira que faço, exagerada, como uma preventiva. É claro que eu concordo contigo quanto à postagem anônima lá não foi lá esses desaforos, e já houve bem piores e que eu nem comentei. Mas de vez em quando é bom a gente fazer um enxame desses para advertir o pessoal de que deve postar com nome e sobrenome. Vamos tentar reduzir o anonimato. Até porque ninguém precisa disso.

    Pela minha experiência com essa coisa, os seres humanos não dão muita importância se vc apenas fala de maneira polida. Por exemplo, se escrever palavras leves admoestando, eles pulam o artigo e vão pra outro. Quando se quer por um AVISO, é quase preciso escrever em letras garrafais e grifado de vermelho para ser ouvido ou pelo menos lido.

    Infelizmente é estressante e cansativo manter as coisas sempre com aparência de austeridade, embora nem sempre o seja. Mas o Blog cresce, aparece muita gente mal intencionada, outro dia humilharam a Mônica Araripe em ataques puramente pessoais dizendo que iam distribuir panfletos na rua.... eu tive de intervir.Bem, vc sabe,tudo que cresce muito está sujeito a essas e outras coisas ainda piores.

    Um grande abraço,

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.