01 setembro 2008

Adeus ao Mestre Salu


Músico pernambucano Mestre Salustiano morre aos 62 anos
Um dos artistas mais influentes de Pernambuco morreu de arritmia cardíaca provocada pela doença de Chagas
Da Redação - 31/08/2008, 16:32


O artista pernambucano Manoel Salustiano, mais conhecido como Mestre Salustiano, morreu aos 62 anos de arritmia cardíaca provocada pela doença de Chagas, na manhã deste domingo (31), no Pronto-socorro Cardiológico de Pernambuco.Mestre Salustiano influenciou uma série de artistas pernambucanos como Siba, Chico Science e Antônio Nóbrega. Nascido em Aliança, Zona da Mata de Pernambuco, o artista sempre lutou pela preservação das manifestações culturais da Zona da Mata, como ciranda, coco, maracatu e caboclinho.Apesar de ser um dos artistas mais influentes da cultura popular pernambucana, Salustiano gravou apenas quatro álbuns em mais de 50 anos de carreira: "Sonho da rabeca", "As três gerações", "Cavalo-marinho", e "Mestre Salu e a sua rabeca encantada".Em 2007, Salustiano recebeu o título de Patrimônio vivo de Pernambuco. Ele também participou das mini-séries da Rede Globo “A Pedra do Reino” e “Hoje É Dia de Maria”.O velório do artista acontece na Casa da Rabeca, em Olinda, local onde Salustiano fazia suas apresentações e recebia outros representantes da cultura popular. O enterro acontecerá na próxima segunda-feira (1º de setembro), no cemitério Morada da Paz, em Paulista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.