13 agosto 2008

Cariri - Calçados faturam R$ 110 mi por ano - Por: Elizângela Santos - DN

Clique para Ampliar

Estandes já estão montados no pavilhão de eventos do Sebrae, em Juazeiro do Norte. A Fetecc é o maior evento do setor calçadista no Interior do Estado (Foto: Elizângela Santos)

Para incrementar ainda mais os negócios em Juazeiro começa, hoje, a Feira de Tecnologia e Calçados do Ceará

Juazeiro do Norte. Será aberta na noite de hoje, no Palácio da Microempresa, neste município, o maior evento na área de calçados do Interior do Estado, a Feira de Tecnologia e Calçados do Ceará (Fetecc), na sua 11ª edição. O setor emprega uma mão-de-obra regional de mais de 15 mil pessoas. É considerado o mais importante da área produtiva e em franca ascensão na região. O Sindicatos das Indústrias de Calçados e Vestuários de Juazeiro do Norte (Sindindústria) não tem o faturamento oficial das empresas de calçados no Cariri, mas estima-se valor médio de R$ 110 milhões anualmente.

São aproximadamente 250 empresas formais, sendo 97% micro e pequenas empresas. Mensalmente são fabricados 480 mil pares de sandálias femininas sintéticas, 1,5 milhão de pares de sandálias injetadas, 6,3 milhões de pares de sandálias microporosas, além de 500 mil pares de solados em PVC e 500 toneladas de placas de E.V.A. Todo esse volume demonstra a forma no mercado nacional e internacional, principalmente em países do Mercosul e América do Norte, onde a região vem tendo espaço.

Esses números fortalecem o posicionamento do Estado do Ceará como 4º pólo produtor de calçados do País e o primeiro na produção de sandálias verão. No cenário internacional, o setor ocupa o primeiro lugar na pauta de exportação do Ceará. Por meio de projetos em parceria com Sebrae, Prefeitura de Juazeiro, governo estadual, Sindindústria, Banco do Nordeste, Fiec e outras instituições, os empresários têm acesso à tecnologia e promoção comercial, como participação em feiras a exemplo da Couromoda, Fimec, Francal, Fetecc. Além disso, a qualificação do setor é feita durante todo o ano com cursos profissionalizantes e capacitação de técnicos para o mercado de trabalho.

A XI Fetecc acontece de hoje a sexta-feira, no pavilhão de eventos do Sebrae. Objetiva oferecer a todos os participantes, a oportunidade de realizar negócios, integrando todos os elos da cadeia produtiva, incluindo máquinas, componentes, produtos acabado, varejo e serviços. O evento é reconhecido como o mais tradicional do setor no Interior.

Isto potencializa a qualificação da indústria calçadista cearense. Neste ano, a finalidade da feira, conforme o presidente do Sindindústria, Antônio Barbosa Mendonça, é fortalecer o caráter regionalizado, trazendo para a programação micro e pequenos empresários.

Um estande coletivo dará oportunidade a dez microempresários do setor para exposição de seus produtos e realização de negócios. Este ano, o evento poderá bater um recorde em negociações de até R$ 20 milhões. Pelo menos essa é a expectativa dos organizadores. Nesta edição, não haverá participação de empresas estrangeiras, como em eventos anteriores, por conta do pouco espaço. “O aproveitamento melhor seria num momento específico para essas negociações e empresas locais que queiram abrir espaço para o mercado de exportação”, diz Mendonça.

Ele afirma que essa é até uma forma de equilibrar a comercialização no mercado interno, nos momentos de baixa no mercado nacional. Indústrias de calçados de Juazeiro exportam para países do Mercosul, América Central, Europa e Estados Unidos.

Expositores

São aproximadamente 100 empresas expositoras. A cidade de Juazeiro centraliza o maior número de indústrias de calçados do Nordeste. O sindicato está com cerca de 82 afiliadas, mas ele destaca as pequenas empresas espalhadas pela cidade, além das informais. Há empresas que chegam a exportar para mais de 20 países, inclusive a Europa.

Mendonça explica que a finalidade de fortalecer os pequenos empresários dá condições das pequenas empresas serem mais competitivas. 70% dos expositores são de outros Estados. São empresas de todos os pólos calçadistas do Brasil. Os representantes dos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraíba e Santa Catarina marcarão presença.

SAIBA MAIS

Abertura

A Feira de Tecnologia e Calçados do Ceará (Fetecc) este ano será aberta às 16 horas para o público e solenidade de abertura oficial começa às 18 horas, com fabricantes do setor e autoridades locais. Acontecerá no auditório do Sebrae, e não na parte externa, como em anos anteriores.


Regionalização

Este ano, diferente dos anteriores, não existirão empresas estrangeiras durante a feira, proporcionando mais espaço para a regionalização do evento. A meta é fazer dos produtos uma vitrine para o mercado nacional.

ELIZÂNGELA SANTOS
Repórter

Mais informações:
Sindicato das Indústrias de Calçados e Vestuários de Juazeiro do Norte (Sindindústria)
Avenida Leão Sampaio, 839, km 01, bairro Triângulo
(88) 3571.2010

Fonte: Elizângela Santos - Jornal Diário do Nordeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.