20 junho 2008

O Festival Cariri da Canção

Amigos,

Aconteceu. E foi muito, mas muito legal. O Festival Cariri da Canção teve momentos muito bons. Achei de um nível bastante elevado em termos de produção e principalmente da qualidade das músicas apresentadas. Quem esteve no Centro Cultural do Araripe (Café Estação), sabe do que estou falando. Quero aqui deixar o meu carinho todo especial a nossa Secretária de Cultura Danielle Esmeraldo que soube muito bem conduzir esse evento que, diga-se de passagem, é bastante difícil de se produzir, por ser um festival competitivo e que traz diversas discussões. O "nosso" festival retornou e veio com força total, apesar de sabermos que muita coisa ainda precisa melhorar. Acho que tudo ajudou para que tivéssemos os resultados que aconteceram. O apoio da Prefeitura do Crato através de Samuel Araripe que prometeu que o festival saía e realizou, dando total apoio para a secretária Danielle. Às empresas que chegaram junto, como a Grendene e Coelce, puxa, temos muito que enaltecê-las pois são empresas como essas que fazem o diferencial, que colocam a sua marca junto a um evento e que sabe que está apoiando um evento de qualidade. Eu, como produtor, sei muito bem do que estou falando porque esse tipo de festival só acontece realmente porque existem empresas que têm a responsabilidade de dar suporte para que a produção faça acontecer o evento. As dificuldades são enormes, mas somente com o apoio de empresas fortes e que têm responsabilidade cultural é que os festivais, shows, concertos, etc, acontecem. Quero aqui parabenizar a toda a equipe de Danielle Esmeraldo, pois sei o quanto penaram para que tudo ficasse bem afinadinho como ficou.
Críticas? Tenho sim, claro, inclusive já tive a oportunidade de tecê-las pessoalmente à Danielle. São críticas que certamente ela e a sua equipe já recebeu e também percebeu, mas que aqui vou colocar e espero que vocês coloquem as suas também, pois só assim o festival ganha mais corpo e o evento se torna mais forte. Em primeiro lugar o palco. Acho que a produção poderia ter feito um esforço maior para conseguir um palco melhor. Banheiros químicos: como o Café Estação não tem estrutura de banheiros para receber tanta gente, ficou meio complicado a utilização de banheiros, principalmente no primeiro dia, pois nos dias seguintes chegaram alguns banheiros químicos, mas a galera nem sabia e entupia os banheiros do Café Estação. O certo é que houve poucas críticas, tudo bem, mas que elas sirvam para o engrandecimento da festa.
No mais, tenho só que agradecer a oportunidade de estar presente nesse grande evento de resgate. Resgate do nosso maior potencial, que é a qualidade cultural dos nossos artistas caririenses.

Um comentário:

  1. Kaika, você é um cara antenado além de querido por todos.

    Vamos nessa, luta!!!

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.