01 junho 2008

LULA para OBAMA: "Quem desmatou suas florestas, não pode dar palpite na política ambiental do Brasil"

"OBAMA, VAI DEVAGAR COMPANHEIRO!"



Lula diz que não admite palpites de países poluidores na política ambiental do Brasil

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira que não vai admitir que países que não têm "uma árvore em pé" dêem palpites à política ambiental brasileira. Lula cobrou respeito e afirmou que o Brasil não tem que aprender mas sim ensinar ao mundo como é que se preserva.

"O que nós não admitimos é que, quem não cuidou das suas florestas, quem não preservou e desmatou tudo e é responsável pela maioria dos gases de efeito estufa emitidos no ar, não dê palpites no Brasil. Pelo amor de Deus, deixe que nós cuidamos das nossas coisas aqui", afirmou Lula.

Querem Tomar a Amazônia

Reportagem publicada no jornal americano "The New York Times" no último dia 18 afirmou que a sugestão feita por líderes globais de que a Amazônia não é patrimônio exclusivo de nenhum país está causando preocupação no Brasil.

No texto intitulado "De quem é esta floresta amazônica, afinal?", assinado pelo correspondente do jornal no Rio de Janeiro Alexei Barrionuevo, o jornal diz que "um coro de líderes internacionais está declarando mais abertamente a Amazônia como parte de um patrimônio muito maior do que apenas das nações que dividem o seu território".

O jornal cita o ex-vice-presidente americano Al Gore, que em 1989 disse que "ao contrário do que os brasileiros acreditam, a Amazônia não é propriedade deles, ela pertence a todos nós".
Reação

Esta não é a primeira vez que Lula reage às críticas externas sobre a política ambiental brasileira. Em evento no Rio na última segunda-feira, Lula disse que o povo brasileiro é o dono da Amazônia. Ele destacou que é preciso diminuir o desmatamento e as queimadas na região e criticou a interferência de países estrangeiros no debate.

"É muito engraçado que países que são responsáveis por 70% da poluição do planeta agora ficam de olho na Amazônia, como se fosse apenas nossa a responsabilidade de fazer o que eles não fizeram todos os anos passados. O mundo precisa entender que a Amazônia brasileira tem dono. É o povo brasileiro, que são os índios, os seringueiros, os pescadores, mas também somos nós, que temos consciência que é preciso diminuir o desmatamento e as queimadas."


Toda essa polêmica veio à tona depois que OBAMA, virtual vencedor das eleições americanas e futuro "GOVERNADOR DO MUNDO", já disse que a "AMAZÔNIA É RECURSO GLOBAL"...

O futuro da Amazônia

Causou apreensões e temores no Brasil o longo artigo publicado em 18 de maio, no "The New York", o mais importante jornal norte-americano, sob o título "De quem é essa floresta tropical?" O artigo registra o aumento do coro dos líderes internacionais que declaram abertamente que a Amazônia não pertence apenas ao Brasil e aos outros países que dividem o seu território, mas é propriedade de todas as nações. O coro foi engrossado ontem pelo pré-candidato democrata à Presidência dos EUA, Barack Obama(foto), que divulgou documento classificando a Amazônia como "recurso global".

Matéria publicada na Folha de São paulo, republicada no Blog "O Democrato" e editada.

Um comentário:

  1. Qual é a politica ambiental do Brasil?
    É aquela que o fantastico mostrou domingo de entregar a amazônia a quem tem dinheiro para comprar? como o suiço que comprou uma área equivalente ao estado de São Paulo. È por causa dessa política ambiental que a ex ministra Marina Silva, deixou o governo.

    Abraço a todos
    Gilson de Araújo
    Campina Grande -PB

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.