30 junho 2008

A Responsabilidade de cada postagem no Blog é do autor do tópico, não do Blog !

Muita Atenção !
Olá, Pessoal,

Novamente, chamo a atenção para uma das normas do Blog do Crato que vêm desde o início, há quase 2 anos. Como somos um Blog comunitário, onde mais de 50 pessoas escrevem, e possuem tendências diferentes, é inevitável que a cada tópico, o Blog muda de fisionomia.

Quero apenas lembrar que a responsabilidade inclusive jurídica, criminal, sobre cada tópico postado é do próprio autor do tópico e não do Blog, posto que cada um possui sua própria SENHA e essa publicação independe do administrador, portanto eu como administrador não tenho controle sobre a postagem de um autor, a não ser em momento posterior.

O Blog do Crato não se responsabiliza por opiniões emitidas por essa ou aquela pessoa, até porque cada um poderá postar em N lugares, jornais se quizerem, assim, quem escreve para o Blog do Crato, deve assumir pelo que escreveu. Isso é um critério de justiça. As eleições vêm aí, os ânimos podem se acirrar, e por isso mesmo, é bom deixar bem claro que não queremos postagens que dê margens a interpretações em favor de determinado candidato. Vamos procurar manter a isenção. Temos candidatos a prefeito e candidatos ao cargo de vereadores. É bom que as pessoas possam comentar certos assuntos políticos sem mencionar nomes, ou se mencionar, que não seja algo que os comprometa.

Atenciosamente,

Dihelson Mendonça
Administrador
.

6ª Festa do milho - Por Amilton Silva

.



Realizou-se no útimo dia 28, no parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante, a 6ª feira do milho, arroz, amendoim e mandioca.Na ocasião, foram oferecidos produtos da nossa cultura, e bem
aceitos pelas pessoas que por lá passaram. O evento foi uma realização da COOPERCRATO (Cooperativa de Crédito dos Agricultores Familiares da Microregião do Crato).


Espaço Publicitário - Amilton Som - A Melhor loja de CDs e DVDs do CARIRI:

.

Foto do Dia: Feirantes no Centro do Crato - Em plena Segunda-Feira


Aí está, em pleno sol do meio-dia, a famosa esquina do Bradesco, cruzamento da Rua Cel. Luis Teixeira com Av. Dr. João Pessoa, pertinho do outro lado, da Praça São Vicente...

Abraços,
Tenam um Bom Dia!

Dihelson Mendonça
.

Violência - Ninguém Escapa - Ministro-presidente do STF é assaltado em plena Beira-Mar em Fortaleza

CRIMINALIDADE EM ALTA


Clique para Ampliar

Ataque surpresa: Gilmar Mendes sofreu um pequeno ferimento no pescoço no momento em que um dos assaltantes tentou arrancar, à força, seu cordão (Foto: Kid Júnior)

Clique para Ampliar

Clique para Ampliar

Gilmar Mendes foi atacado quando fazia cooper acompanhado de seguranças. Um dos ladrões acabou preso

O ministro-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) - o mais alto cargo da Justiça brasileira - Gilmar Ferreira Mendes, tornou-se a mais recente vítima da criminalidade que domina Fortaleza e sua Região Metropolitana. Na manhã de ontem, ele foi assaltado no mais famoso cartão-postal da capital cearense: a Avenida Beira-Mar, no Meireles.

Passavam poucos minutos das 10 horas quando Gilmar Mendes, acompanhado de três seguranças, à paisana, fazia uma caminhada pelo calçadão, quando foi atacado por assaltantes. Os ladrões eram dois garotos oriundos do bairro Vicente Pinzón (Zona Leste). Um deles se aproximou do ministro, pelas costas, e avançou sobre seu cordão de ouro. Tentou arrancá-lo à força, mas os seguranças impediram.

Polícia

O ministro sofreu ferimentos leves no pescoço e logo foi retirado do local, sendo levado de volta à residencia dos familiares de sua esposa, onde o casal está hospedado. Enquanto um dos assaltantes era dominado e preso pelos seguranças do ministro, o segundo ladrão conseguiu fugir. Logo, apareceram no local várias viaturas da PMTur e do Ronda.

Levado para o plantão do 2º

DP (Aldeota), o assaltante foi identificado como Jéfferson Hermínio Coelho Moreira, 18. O delegado plantonista, Franco Pinheiro, lavrou o flagrante contra o rapaz, indiciando-o por tentativa de roubo. Jéfferson, que completou 18 anos em fevereiro último, e, segundo seus pais, estuda, não tem antecedentes criminais, nem mesmo quando adolescente.

Jovem que assaltou não tem antecedente criminal

Jéfferson Coelho Monteiro

Jéfferson Hermínio Coelho Monteiro, 18 anos, acabou preso, em flagrante, na tentativa de roubar o cordão de ouro do presidente do STF. O advogado dele, Oliveira Brito, garante que o rapaz não tinha antecedentes e, por conta disso, vai pedir sua liberdade provisória. Na instrução do processo tentará desclassificar o crime para tentativa de furto.

ZONA PERIGOSA

Homens, carros e câmeras não intimidam os delinqüentes

Policiamento a pé, em cabines, patrulhas do Ronda do Quarteirão e da PMTur em constante circulação, além de câmeras de vigilância ligadas diretamente à Ciops (Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança) e a presença de guardas municipais.

Mesmo com todo este aparato de segurança funcionando praticamente 24 horas, a Avenida Beira-Mar continua sendo alvo da ação de marginais. Os pequenos assaltos e furtos incomodam os fortalezenses, freqüentadores habituais daquela via, e causam surpresa e medo aos visitantes, turistas brasileiros e de outros países.

A mais recente ´novidade´ anunciada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) para garantir tranqüilidade nos 3,5 quilômetros de extensão da avenida é a utilização de dez patinetes motorizados chamados ´segway´.

Valor

A aquisição dos patinetes - que deverão ser utilizados pelos PMs no calçadão - já causa polêmica, assim como foi a compra de caminhonetes importadas para o Ronda do Quarteirão. Cada patinete custa R$ 28,5 mil.

Fernando Ribeiro
Editor

Fonte: Jornal Diário do Nordeste.

De 2 a 5 de julho : I Fauna Cariri :: Mostra Nacional de Cinema Ambiental e Eco-Cidadania

O I Fauna Cariri – Mostra Nacional de Cinema Ambiental e Eco-Cidadania, que acontecerá de 2 a 5 de julho de 2008 nos municípios de Crato e Juazeiro do Norte. Nasce com a missão permanente de difundir e debater estes temas e de incentivar ações de promoção da eco-cidadania tendo o audiovisual como referência principal. Exercer a eco-cidadania implica em trabalhar para que todos os humanos tenham respeitados seus direitos civis, políticos, sociais, suas diferenças culturais e individuais, em harmonia com os ecossistemas.

PROGRAMAÇÃO:

Programação de Abertura:
Dia 02 de Julho
Às 19h Show musical com Pablo Lerner (Argentina)
Pablo Lerner, nascido na Argentina, tem estudado viela de roda na Escola de Folclore de Óbuda, na Hungria. Amante da música nordestina para rabeca, ele tem aproximado o som da viela ao d rabeca, criando um novo estilo no seu instrumento.

As 19h Teatro do SESC – Crato Entrada Livre
Participação: Dupla de Cantadores Zé Francisco e Zé Teles
Exibição do Filme - “Meu Brasil” de Daniela Broitman
Oficina – Colônia Cinematográfica Dias 03,04 e 05 de Julho
David Pacheco - RJ Duração 3 dias Horários:
Manhã: 9:30h às 12h
Tarde 14h às 17h
Local: SESC - Crato

Enviado por Tânia Peixoto
.

Atenção Artistas - Hoje Dia 30 de Junho é o dia "D" - Reunião na Câmara dos Vereadores do Crato contra a exclusão dos Artistas na ExpoCrato.


Hoje, às 18:30 na Câmara dos Vereadores de Crato

"Foto: Dia D - Desembarque na Normandia"

.

Artistas unidos contra exclusão na Expocrato

O Coletivo Camaradas convida todos os artistas da região do Cariri, em especial do segmento musical para participarem de importante reunião na Câmara Municipal do Crato, hoje, segunda-feira, dia 30 de Junho às 18:30 Hs. A pauta da reunião será sobre a exclusão dos artistas locais no Palco Principal da Expocrato. O Coletivo Camaradas tem recebido apoio de importantes nomes da intelectualidade e do campo artístico nesta luta. O grande ponto de discussão é favorecer que o público tenha acesso a diversidade musical em contraposição a música comercial, tendo em vista, que se trata de um evento público, que na ultima década vem sendo privatizado e monopolizado pela indústria cultural que promove a apologia à violência, à vulgarização sexual, à bestialidade, as drogas, ao machismo e a homofobia.

A reunião contra a exclusão dos artistas locais no palco principal da Expocrato e pela diversidade musical será hoje, dia 30, a partir das 18h30, na Câmara Municipal.

Informações adicionais nos blogs:

www.blogdocrato.com e
www.coletivocamaradas.blogspot.com

Não Percam! Essa Batalha a Classe Artística não pode Perder!
Que hoje, Dia 30 de Junho, seja um dia histórico para a Cultura dessa cidade
- O Dia D -

Por Alexandre lucas
Editado por Dihelson Mendonça
.

29 junho 2008

Carta do leitor... Parabéns pelo Blog do Crato !

Tenho acompanhado as notícias da minha cidade através do Blog do Crato e quero parabenizar a todos que fazem o blog, principalmente ao Dihelson Mendonça que tem tão bem o conduzido. Gostaria de colocar algumas postagens minhas por lá e para isso aguardo sua autorização.

Obrigada
Fernanda Freixeiro


Resposta:

Prezada Fernanda Freixeiro. Será um prazer publicar seus artigos. E obrigado pelos elogios.

Dihelson Mendonça

Você se liga em Filmes ? Então seu lugar é Aqui: Cinemania Cariri

A dica pra você, que como eu, é vidrado em cinema. As últimas dicas nas locadoras. os lançamentos, comentários, e o bate-papo gostoso dos outros cinéfilos caririenses. O Cinemania Cariri é a seção de Cinema do Blog do Crato, brilhantemente comandada pelo especialista "Demétrius Tarantino...."



O Ponto de encontro dos "viciados em Filmes no cariri"

Visite agora mesmo AQUI

.

A Frase da Semana - Pres. TSE Ayres Britto - Uma voz sensata em defêsa da Democracia !

.


A frase da semana é do Presidente do Tribunal Superior Eleitoral - TSE que diz:

"não há que se falar de propaganda antecipada ( extemporânea ) nos jornais. Pelo contrário. É bom que o candidato exponha sua opinião em época eleitoral, que é o clímax da democracia. É um período que deve ser aproveitado para que a população conheça seus possíveis candidatos e que se tornarão candidatos mesmos"

Carlos Ayres Britto
.

Notícias do Cariri - Jornal O POVO - Edição de hoje, 29 de Junho de 2008


As Notícias da Semana

MEIO AMBIENTE

O advogado Márcio Correia de Oliveira Júnior, da comissão de meio ambiente da OAB Crato vem realizando bom trabalho no setor. O meio ambiente do Cariri, e em especial do Crato, merece atenção especial da OAB. Mais ainda, quando sabemos dos problemas que acontecem com as nascentes no Município.

GREVE NO PSF
Continua a greve dos profissionais do Programa Saúde da Família, no Crato. Reivindicam melhores salários e afirmam que recebem os menores salários do triângulo Crajubar. A secretária da saúde Nizete Tavares contesta os grevistas. Para ela, não há a defasagem salarial apontada pela categoria.

RETORNO
Dom Fernando Panico retorna da Europa e Canadá, onde representou a Igreja Católica em congresso eucarístico internacional.

PARA PENSAR...
Tudo bem que a nova lei de trânsito em muito contribuiu para a melhoria do setor em muitos municípios. Mas, dá a sensação que criou um monstrengo chamado Demutran. Os departamentos municipais de trânsito podem, em alguns casos, se tornarem num verdadeiro balcão de multas.

INQUÉRITO
O promotor Ythalo Frota abriu inquérito civil público contra a Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte. Motivo: quer saber como se deram as licitações para realização do Juaforró 2008. Detalhe: o processo se dará em sigilo por conta do período pré-eleitoral.

E AGORA, TUCANOS?
Uma pergunta que será respondida hoje. A convenção do PSDB de Juazeiro do Norte irá definir candidato do partido nas eleições municipais deste ano. Manoel Salviano e Raimundo Macedo na disputa. Só Deus sabe esse resultado.

ÁGUAS
Uma boa novidade para os cratenses. Numa parceria com Centec, a Sociedade Anônima de Água e Esgoto do Crato (Saaec) fez um exame das águas que são fornecidas aos cratenses. Os exames atestaram a boa qualidade da água do Crato, consumida por milhares de pessoas diariamente.


ANOTE

Precisamos de projetos
As eleições municipais deverão monopolizar os debates e as páginas de jornais, revistas e noticiários de emissoras de rádio e televisão. A Região do Cariri que vive esse momento com muita efervescência, mais do que campanhas de baixo nível e besteirol, os cidadãos esperam propostas exeqüíveis e compromissos que possam ser cumpridos pelos candidatos eleitos. Que os políticos apresentem suas idéias e deixem os ataques pessoais na vala do esquecimento.

MOVIMENTAÇÃO
A Expocrato 2008 será um dos bons acontecimentos deste início do segundo semestre. Tradicionalmente, a terra de Frei Carlos Maria de Ferrara receberá milhares de pessoas durante os oito dias da exposição. Hotéis, pensões, bares, restaurantes, lojas, uma intensa movimentação do comércio. Momento para o Crato aglutinar renda e gerar empregos.

EXPOCRATO
Retornou ao Cariri esta semana Leitão Moura, presidente da comissão gestora da Expocrato. Fica agora até terminar a exposição, coordenando de perto, cada passo da 57ª Expocrato.

BAIXA, QUE É NA FAIXA!
Enquanto pelas festas de São João no Ceará o hit do momento espalha sutis refrões como "chupa, que é de uva" ou "senta, que é de menta", Os Cabinha chegam fazendo rock - e algum estardalhaço. Antes mesmo de ganhar forma física, seu primeiro CD já está disponível para download no Overmundo (http://overmundo.com.br/overblog/baixa-que-e-na-faixa) e no site Trama Virtual (http://www.tramavirtual.com.br/os_cabinha). Mas o que pode haver de tão novo em mais um quinteto que faz referências aos grandes nomes do rock mundial? A resposta está na certidão de nascimento: Os Cabinha, banda de iniciação musical da Fundação Casa Grande (escola de gestão cultural localizada em Nova Olinda, Cariri cearense), é formada por meninos entre nove e 11 anos. Rodrigo Alves, Renê Nascimento, José Wilson, Arthur Diniz e Iêdo Lopes, são os astros de shows pouco ortodoxos, em que empunham guitarras e contra-baixos de madeira, acompanhados de percussão feita de lata. E que se diga: instrumentos construídos por eles.

MÚSICA
Dentro do projeto Sonora Brasil realizado no Sesc acontecerá apresentação da Orquestra de Música do Estado de Mato Grosso. No Teatro Salviano Arraes Saraiva, em Crato, no dia 5 de julho às 20 horas. Imperdível.

OLIMPÍADA
A Escola de Ensino Médio Joaquim Valdevino de Brito, no distrito de Ponta da Serra, está promovendo as Olimpíadas de língua portuguesa "Escrevendo o Futuro". Irão trabalhar também o tema "O Lugar Onde Vivo" e debaterão polêmicas como "Município de Ponta da Serra "sonho ou realidade? ; "A relação sexual precoce, riscos e conseqüências" "Como atuar em relação à venda de bebidas alcoólicas" e permissão de jogos para menores?", "É possível diminuir a poluição sonora em nossa comunidade?" Dentro desse contexto Os alunos realizarão pesquisas e debates sobre os temas com o objetivo de escrever um artigo opinativo e concorrer a prêmios.

Por: Tarso Araújo - Jornal "O Povo"
.

Peças imortalizam Padre Cícero - Por Elizângela Santos - para o DN

"Mais uma bela reportagem da nossa querida amiga e Repórter Elizângela Santos."


Clique para Ampliar

Imagem do Padre Cícero feita por Mestre Noza. Ele foi o primeiro a produzir o material (Foto: ELIZÂNGELA SANTOS)

Juazeiro do Norte. Uma imagem que se tornou símbolo da devoção do povo nordestino e da cultura. No comércio, desde os estabelecimentos mais simples ao único shopping do Cariri, em Juazeiro. Nas casas e oratórios. Está lá a lembrança do Cearense do Século, eleito em 2001, o Padre Cícero Romão Batista. São décadas de uma tradição dos fiéis. Tudo isso, tem uma origem. Um mestre escultor, que também trabalhou como funileiro, um dia teve a idéia de fazer uma estatueta em madeira do sacerdote.

José domingos, conhecido como Mestre Noza, fez a imagem de Padre Cícero e teve a aprovação. Antes um pequeno comentário do padre sobre uma saliência nas costas e a confirmação do artesão. E assim, as estatuetas passaram a ser as mais requisitadas dentre todas as outras imagens de santos que ele produzia. Há artistas na região que constróem essa identidade, um deles Everaldo Ferreira da Silva, que desde 1998 realiza o trabalho de confeccionar estátuas do “Padim”.

Um produto que passou a ser da massa. Tanto que os chineses descobriram e há pequenas imagens feitas em resinas, comercializadas nas lojas de importados. Um símbolo da religiosidade e da cultura. As fábricas de fundo de quintal, em Juazeiro, principalmente no bairros do Horto e do Socorro, famílias inteiras começam a produzir neste período do ano para abastecer o mercado interno durante os seis meses do segundo semestre do ano, período em que são realizadas as grandes romarias. O carro-chefe são as estátuas do Padre.

Para o pesquisador da cultura popular e secretário de Cultura de Juazeiro, Renato Dantas, o Padre Cícero foi transformado pelas populações menos favorecidas num símbolo e apropriado pelas elites, como forma de se aproximar do povo. No alto do Horto, se encontra a imagem do sacerdote, de 27 metros de altura. Um olhar que se lança para todo o Cariri. Assim, se lança no imaginário popular o aspecto sagrado de um homem que se imortaliza, no semblante piedoso e de conforto do sertanejo.

Neste símbolo, para o professor Renato, está inserida a cultura nordestina. Não é estático, para ele é um santo que fala ao povo, que também se transforma em obra de arte, um emblema de identificação. Um dos aspectos importantes colocados por ele é que o Padre Cícero é dos grandes incentivadores da arte em Juazeiro. Tanto que são mais de 500 artesãos apenas no talho da imburana. “Dele provém os outros símbolos. Uma identificação direta, enraizada”, explica.

Essa identificação pode ser visualizada nas imagens produzidas por Mestre Noza. Todas têm ligação com o trabalho elaborado para o Padre Cícero. As costas das imagens são iguais a do sacerdote. Coincidências ou não, a marca está presente.

Everaldo se interessou pelo artesanato, por meio do projeto Meninos do Horto, e é o especialista do Centro de Cultura Mestre Noza em estátuas do “Padim”. No ano 2000 chegou ao local. “Comecei a fazer esculturas de Lampião e Maria Bonita, mas achei melhor continuar produzindo esculturas do Padre Cícero”, diz. São esculturas de tamanhos variados, como a de 1,55 metros, que chega a custar em média R$ 1.500, a de 60cm, de R$ 250,00. Seu trabalho já chegou às mãos do presidente Lula.

As estátuas em gesso são mais acessíveis. A dúzia com cerca de 12 centímetros custa R$ 10,00. Um custo reduzido para Marinalva Fernandes. Há 30 anos, a família, do bairro Socorro, sobrevive do ramo. Continua a aumentar o número de especialistas em imagens. Sem falar dos chaveiros, bonés e marcas de vinho, onde a face do Padre está presente.

Elizângela Santos
Repórter


Mais informações:
Secretaria de Cultura
Rua Catulo da Paixão Cearense, s/n Bairro Triângulo - Juazeiro do Norte
(88) 3571.5933

Fonte: Jornal Diário do Nordeste.

Cearense Reinventa a Roda - O Blog da Cidade !

Cearense Reinventa a Roda !

Saiu ontem matéria no Jornal Diário do Nordeste, que transcrevemo-la na íntegra, em que um rapaz cearense cria o "Blog da cidade", transformando o que normalmente é um blog, numa coisa mais abrangente, comunitária e de cada cidade, e a seguir, em uma rede desses blogs pelo Brasil. Uma idéia brilhante, se alguém não tivesse inventado isso antes. Quero dizer que pelo menos o Blog do Crato já existe há quase 2 anos, é coletivo e representativo do pensamento heterogêneo dos munícipes do Crato. E já há alguns meses, criamos naturalmente a Rede Blogs do Cariri cujo endereço www.blogsdocariri.com já possui mais de 25 Blogs de cidades cearenses e se expandindo cada vez mais, como por exemplo, Juazeiro do Norte, Iguatu, Icó, Várzea Alegre, Farias Brito, etc...





Aqui vai a matéria do Jornal Diário do Nordeste:

Zona Cyber (28/6/2008)

Sua cidade tem um blog

Clique para Ampliar

O Blog Cidade pretende conectar os usuários de diversos municípios do País (Foto: Arte)

Projeto criado no Ceará, o Blog da Cidade promete integrar todo o País com informações produzidas pelos próprios moradores dos municípios. Aberto e participativo, o espaço tem a missão de aguçar a cidadania dos internautas tupiniquins

Brasil é um país de dimensões continentais. Tão grande quanto o seu território é o número das suas cidades. Cada uma com uma peculiaridade, uma realidade, uma cultura diferente a ser mostrada. Um universo de fatos e histórias, aparentemente distantes, mas que podem ser aproximados por um novo projeto na internet brasileira: o Blog da Cidade, do analista de sistemas cearense Luthiano Vasconcelos.

Ananindeua? Belford Roxo? Carapicuíba? De qual dessas cidades você tem recebido notícias ultimamente? Essa nova idéia na blogosfera promete dar vez a todos os municípios, e o melhor de tudo, dar voz aos seus habitantes. Com facilidade e simplicidade, qualquer pessoa pode se cadastrar no Blog da Cidade e publicar textos livres sobre o lugar onde mora. Sejam notícias, propagandas de algum evento, constatações da realidade do município, ou mesmo denúncias. Tudo gratuito e sem compromisso de periodicidade.

Informações e opiniões locais produzidas pelos próprios habitantes sobre temas que eles próprios julgam interessantes. Conteúdo direcionado a quem mais interessa. Uma vantagem que pode representar também um intercâmbio entre diversos lugares do País. “A idéia é que seja um canal democrático, que venha quebrar os paradigmas da produção de informação na internet e também criar um espaço saudável de discussões”, explica o coordenador e criador, Luthiano Vasconcelos.

O Blog da Cidade apresenta um ambiente social centralizado, no qual as pessoas podem divulgar o que quiserem, falar o que pensam em um sistema que lembra um mural de recados. Tudo com a total liberdade sobre temas e conteúdos, cabendo aos próprios usuários o julgamento do que foi publicado por cada conterrâneo.

O coordenador do projeto deixa claro que o blog não é e nem pretende ser jornalístico. Nele, as pessoas e as suas opiniões e informações novas são o foco. ´O espaço não pretende concorrer com algum site de informação,nem com ninguém. É um espaço das pessoas´, salienta.

O Blog da Cidade ainda é recente e, por enquanto, abriu espaço para as 100 maiores cidades do Brasil. No entanto, o projeto promete disponibilizar novos espaços aos colaboradores de outros municípios. Luthiano Vasconcelos prevê que futuramente, em cada site específico, seja eleito um editor, que coordenará o conteúdo publicado e as questões de layout das páginas. ´Cada blog deve adquirir uma roupagem própria, de acordo com os valores da própria cidade´, explica.

Surgimento

A idéia inicial do Blog da Cidade não tinha a intenção de dar conta de municípios de todo o País. Acanhado, o projeto iniciou como um canal de discussões da cidade de Fortaleza, a partir das contribuições de um grupo seleto de blogueiros.

Participação que não se efetivou. Poucos dos que se comprometeram inicialmente a escrever no Blog, de fato, o fizeram, Luthiano decidiu radicalizar a idéia. “De umas 30 pessoas que participavam das discussões, cinco ou seis participaram de verdade. Decidi abrir um blog colaborativo e aberto. Algo mais abrangente em termos geográficos”, explica o criador do blog.

De acordo com Luthiano, espaços virtuais como esse, com a participação livre dos usuários, têm obtido relativo sucesso em outros países, principalmente nos Estados Unidos. “É algo parecido com o que acontece com os wiks, como a Wikipédia. Mas com um formato diferente”, observa o analista de sistemas.

Internet e cidadania

Um característica inerente à iniciativa do Blog da Cidade é a criação de espaços de interação entre as pessoas e a própria realidade. Ao escrever sobre a cidade em um site aberto, não institucionalizado, várias abordagens podem surgir e as discussões sobre o que é importante para os municípios podem aflorar entre os colaboradores. De acordo com Luthiano, o blog é propício para o exercício da cidadania, à medida que pessoas comuns colocam seus pontos de vista sobre os acontecimentos.

Outra vantagem que o criador observa é o próprio incentivo que o ambiente pode oferecer para a formação de internautas mais ativos na web brasileira. ´ O usuário brasileiro, normalmente, gosta mais de ler, contemplar a informação que está ali do que escrever, produzir e gerar opinião´, observa. Luthiano também acredita que o Blog da Cidade, como não exige uma peridiodicidade, pode ser uma porta de entrada para o surgimento de novos blogueiros.

Gustavo de Negreiros
Do Portal Verdes Mares


Nota do Blog do Crato:


Sua cidade tem um Blog. Sim, e a nossa cidade tem há 2 anos!
.

Posição do PCdoB nas eleições de 2008 no Crato diante dos últimos acontecimentos. - Por: Darlan Reis

Dando espaço para todos se manifestarem democraticamente, o Blog do Crato publica a seguinte nota emitida ontem e chegada na nossa redação:

"Camaradas, amigos e companheiros,

Diante dos últimos acontecimentos, onde o pré-candidato do Partido Socialista Brasileiro retirou unilateralmente sua pré-candidatura à prefeitura do Crato, abandonando o pleito em favor do senhor Walter Peixoto (PMDB), o "Waltim", ex-prefeito por 03 vezes da cidade, a Direção Municipal do PCdoB, referendada por seus militantes em Convenção Eleitoral, decidiu por unanimidade:

1- Não se omitir do processo eleitoral e procurar a melhor alternativa para a cidade do Crato, calcada na defesa de uma sociedade mais justa e fraterna, na defesa dos trabalhadores e demais setores populares e com um projeto que permita o desenvolvimento social na cidade do Crato, combinando com crescimento econômico e diminuição da desigualdade social. Estamos juntos com nossos companheiros históricos e participaremos ativamente do processo eleitoral, que entra em uma nova fase.

2- Não colaborar ou participar de coligação ou qualquer tipo de apoio à chapa encabeçada pelo ex-prefeito, sr. Walter Peixoto, "o Waltim", desfazendo desse modo a coligação firmada com o PSB, posto que este decidiu no dia de ontem apoiar a chapa peemedebista.


3- Encaminhar a participação, tanto majoritária quanto proporcional, na coligação formada pelos seguintes partidos: PV (Partido Verde) , PT (Partido dos Trabalhadores), PMN (Partido da Mobilização Nacional), PTdoB (Partido Trabalhista do Brasil) e PCdoB (Partido Comunista do Brasil).


4- Ratificar, por unanimidade, o nome do camarada Douglas Félix como candidato a vereador pelo Partido Comunista do Brasil.

5- Apoiar , por unanimidade, os candidatos a prefeito, André Barreto (PV) e a vice-prefeito, James Brito (PT).


6- Mobilizar todos os esforços, corações combinados com a coragem e a ousadia que marcam a trajetória comunista para a vitória de André Barreto- James Brito, bem como do Camarada Douglas Félix, que representará a vitória do povo do Crato.

7- Como afirmaram os companheiros, "O Crato pode ser mais". O Crato será muito mais.

Na certeza de um futuro comunista, deixo um abraço!

Atenciosamente,


Darlan de Oliveira Reis Junior
Presidente do Comitê Municipal do Partido Comunista do Brasil - PCdoB"

Por: Darlan Reis - Membro da Rede Blogs do Cariri
http://darlanreis.blogspot.com
.
.

28 junho 2008

PV E PT DO CRATO JÁ FIZERAM CONVENÇÃO

O Partido Verde do Crato realizou na noite de ontem, na Associação Comercial a convenção que homologou a candidatura de André Barreto para prefeito do Crato. O Partido dos Trabalhadores indicou o vice na chapa, o professor e líder comunitário James Brito.

A indicação do vice de Barreto foi feita pelo PT, mas pelo grupo ligado ao superintendente do INCRA no Ceará Amadeu de Freitas, que venceu a queda de braço no interior do partido, e bancou a indicação do vice de André Barreto.

A convenção foi marcada por discursos emocionados. André Barreto disse que desde o início pensava numa candidatura que refletisse uma possibilidade de mudança.

O vice James Brito falou dos problemas sociais que o Crato enfrenta e dos investimentos feitos pelo governo Lula na cidade.

A coligação ficou fechada com PV, PT, PMN, PT do B e PC do B.

Por Tarso Araújo.
Notícias Políticas no Blog do Tarso:
http://tarsoaraujo.blogspot.com

Carta do leitor - CONVITE MISSA DE CORPO PRESENTE - Por Valdetário Brito

Lembra aquele jovem de 28 anos de idade que agonizava num leito de UTI? Não houve jeito, apesar de todo empenho da equipe médica que acompanhou o caso, da corrente de solidariedade e do esforço de muitos políticos importantes: não resistiu e foi a óbito neste frio início de noite de 27.06.08. Segundo o atestado de óbito assinado pelo chefe da equipe médica, a causa da morte foi Falência de Múltiplos Órgãos em conseqüência de um tumor cerebral que gerou metástases para os principais sistemas.

O corpo está sendo velado, com a presença dos seus algozes e alguns aventureiros, na sede do Palácio do Comércio, no centro da nossa cidade, de onde será levado, em marcha fúnebre, até o cemitério local. Esta noite será rezada uma missa de corpo presente em despedida daquele que sempre sonhou muito e quase nada conseguiu realizar pelo nosso povo.

O falecido, como prova de sua honestidade, não vai deixando herança alguma. Morreu muito pobre, não tendo nem mesmo uma casa para morar. Viveu seus últimos tempos numa salinha de um sindicato, no mais cruel e completo ostracismo. Alguns dos seus "filhos" tentam esconder a sua morte juntando-se a outros grupos que fingem não enxergar o óbvio. Num clima fúnebre tentam soltar rojões que abortam, não ecoam e se perdem no vazio da sua ausência. Numa prova de que o medo venceu a esperança e assim a luta não pode continuar. Chamava-se PT do Crato.

Recife (PE), 27.06.2008

Valdetário Brito. Médico e membro do DM do PT.
e-mail valdetariobs@ig.com.br
.

Luís Karimai - Artista dialoga entre divindade e natureza do ser

Artes plásticas

Clique para Ampliar

Luís Karimai volta a expor a obra dele individualmente após dois anos em trabalhos coletivos (Foto: Elizângela Santos)

O artista Luís Karimai apresenta exposição no Espaço ´Lá na Praça´, no Crato, combinando cores e traços fortes

Juazeiro do Norte. Uma arte que não se limita e traz o sentido da transcendência do ser. É dessa forma que o artista plástico Luís Karimai busca em seus traços animar a criação, na procura do ilimitável existente no ser. Esse é o diálogo que a sua arte promove, do homem com a natureza e a divindade. Depois de dois anos sem expor seus trabalhos individualmente, o artista abre exposição no espaço “Lá na Praça”, em frente à Praça da Sé, no Crato, um ambiente voltado para a valorização da cultura e gastronomia. Os quadros de Karimai estão em exposição no local.

Cores e traços fortes são características desse artista, que vem de longas datas atuando na região. O ex-secretário de Cultura de Juazeiro do Norte tem militância dentro das artes visuais e já influenciou muitas linguagens das artes plásticas na região. Há cerca de um ano, alguns dos seus trabalhos poderiam ser vistos numa exposição coletiva no Instituto José Lourenço, em Fortaleza, com artistas dos municípios de Juazeiro do Norte, Aurora, Missão Velha e Crato.

Esse momento foi reservado para o artista. O novo espaço, no Crato, tem sido oportuno para dar visibilidade a várias formas de manifestação da arte. Há fotografia, xilografia e artes plásticas, além do lançamento de livros. Segundo os proprietários do restaurante, Hélio Santos e Jéssen Macedo, o estabelecimento nasceu com essa proposta de trazer algo diferenciado. Um espaço alegre, tranqüilo e com a presença criativa dos trabalhos de artistas da região do Cariri.

Longevidade

De acordo com Luís Karimai, são mais de três décadas no Cariri e quase o mesmo tempo do seu envolvimento com as artes plásticas. A exposição tem disso tudo. A absorção da cultura ‘caririzeira’ sempre está presente. A natureza regional. A exposição de cerca de 40 telas se chama “Ôxi Aôi”. O primeiro nome, a expressão comum do nordestino, é o “ôxi, menino”. E a segunda, o azul em japonês. Uma mistura elegante.

A oportunidade de expor no “Lá na Praça” é enfocada pelo artista. “O Hélio traz uma proposta limpa e pura da arte. Do espaço. É um resistente, como muitos dos que permanecem nessa região e que poderiam viver muito bem em capitais. No entanto, escolheu o Interior e busca promover uma arte genuína”, ressalta o artista. O diálogo com o público é outro ponto interessante, para Karimai. E é principalmente com a leitura interna e externa que ele traduz em seus traços fortes e cores sublimes essa interação permanente com o público.

Na cor, conforme Karimai, há uma ciência em que, cada vez mais, se busca entender. “Nas formas do corpo humano, busco exprimir a força do homem e da beleza”, explica o artista. E reitera que não há em seu trabalho a pretensão da racionalidade política. Karimai é um dos artistas que participou do Movimento Massafeira, no Ceará, no fim dos anos 70 e início dos anos 80, com dezenas de cearenses.

A religiosidade popular, bem forte nas terras do Juazeiro, é também uma de suas grandes inspirações. Seus traços são uma maneira de entender o sofrimento do sertanejo que se extravasa em forma de fé.

Hélio Santos destaca a importância de poder contribuir com o seu espaço para a promoção da arte. “A idéia foi incorporar o ambiente com arte na cozinha, trazendo um novo estilo de alimentação, possibilitando as pessoas o acesso à cultura”, diz ele. Os ingredientes são interessantes, resgatando o poder da natureza, com alimentos orgânicos nos pratos. São sucos de gengibre com abacaxi ou com hortelã. Um estudo de combinações e sabores. Entre as pedidas, o açaí, o “petit gateau”, tradicional sorvete de creme com chocolate, e pratos quentes, exclusivos.

É importante destacar ainda que o local onde se situa o espaço é um dos berços históricos do Cariri. Bem em frente à Praça da Sé, há centenas de anos, havia uma aldeia indígena: a dos índios Cariris, inspiradores para o local.

ELIZÂNGELA SANTOS
Repórter

Mais informações:
Lá na Praça - aberto de terça-feira a domingo, das 17h às 23h
(88) 3523.3333
Luís Karimai
(88) 8804.2721

Fonte: Jornal Diário do Nordeste
.

CAMILO APÓIA WALTER PEIXOTO EM CRATO

O secretário de desenvolvimento agrário do Estado Camilo Santana(PT) participou ontem, da convenção do Partido Socialista Brasileiro (PSB), em Crato. No mesmo horário, acontecia a convenção do Partido dos Trabalhadores (partido a qual é filiado), na Associação Comercial do Município. Estranho, um petista na convenção de um partido que tem um candidato diferente do seu partido. Mais estranho ainda o fato do secretário ter dito que vai pedir voto e apoiar Walter Peixoto (PMDB) adversário histórico dos petistas em Crato. O secretário disse em suas palavras que o proejto do governo é maior que o proejto pessoal dos grupos nos municípios, isso inclui o PT. Ou seja, o que vale agora é o projeto do governador Cid Gomes (PSB).

Na convenção que indicou Walter Peixoto, Camilo Santana fez uma avaliação de que o candidato do PMDB é a melhor alternativa para o Crato. Detalhe: Camilo esqueceu de falar que na outra convenção tinha a candidatura de André Barreto (PV) até poucos dias atrás fazia parte do primeiro escalão do governo Cid Gomes.


Por: Tarso Araújo.
Para mais notícias políticas visite o Blog do Tarso:
http://tarsoaraujo.blogspot.com
.

Uma Última Homenagem à Violeta Arraes...




Em silêncio mortal caminhava a multidão, embalada pelo som fúnebre da Banda Municipal solfejando acordes tristes. Fotógrafos e cinegrafistas corriam de um lado para o outro procurando o melhor ângulo. Assim foi uma última homenagem à Violeta Arraes que partiu da URCA ontem, por volta das 18:30. Ali ao lado, no Crato Tênis Clube, acontecia a convenção do Ex-candidato Sineval Roque sem que ninguém prestasse atenção...

Por: Dihelson Mendonça

Entrevistas estão Suspensas - Tópico Editado


Tópico Editado dia 01 de Julho de 2008:

De acordo com a lei eleitoral, todas as entrevistas do Blog do Crato com candidatos estarão suspensas até data indeterminada, pelo fato da legislação acerca do papel dos Blogs durante a eleição não ser ainda de forma clara pelo menos para este administrador. Pedimos desculpas aos nossos leitores pela inconveniência !

Dihelson Mendonça


O Blog do Crato dá Oportunidade a Todos Democraticamente !


Se você nunca viu a entrevista de algum candidato aqui no BLOG DO CRATO, não foi por falta de convite ! Tenho feito convites periódicos a muitas lideranças políticas da cidade e da região, que nossos canais estão abertos, bem como câmeras e microfones à disposição de quem nos solicitar, e de quem atender às nossas solicitações.

Somos um Site totalmente Imparcial no sentido Político, e abrimos espaço para todas as correntes. Tanto isso é verdade, que aqui são veiculados todo tipo de idéia política. Convites são abertos a todos se expressarem, desde os autores aos comentaristas, e se esses outros ainda não compareceram, foi puramente porque não quiseram aparecer. Aqui não temos censor político. Temos mais de 50 cabeças pensantes, escritores, de forma totalmente independente.

A razão desta minha justificativa, é que vez por outra esbarro com esse tipo de crítica. Ainda existem pessoas nessa cidade, muito INJUSTAS, por sinal, que vez por outra nos acusam de sermos parciais e de tentar privilegiar um ou outro político ou idéia. ISSO É MENTIRA! Respondo a isso com a ressalva de que certas pessoas não admitem o sucesso de outras e de empreendimentos como o Blog do Crato que é seguramente um grande veículo de comunicação sem fins lucrativos, e de grande Utilidade Pública, que tem prestado inestimáveis serviços à comunidade Cratense tanto locais como os que moram longe do Crato. Esses críticos inúteis se expressam como "Os donos da Verdade", ou os "Profissionais da Crítica Destrutiva".

Quem tem acompanhado o Blog do Crato desde o início, tem visto a pluralidade de idéias não só em política, mas em Religião e qualquer outra área da atuação humana. Com relação à política, a bem da verdade, eu nem possuo candidato no Crato, até porque meu título de eleitor é da cidade de Farias Brito, cidade de que gosto muito e nunca tive a coragem nem a necessidade de retirar esse vínculo com minhas raízes.

Alguns alegam erroneamente que eu protejo o prefeito atual, mas isso não é verdade. Recebo elogios da minha atuação até de gente da oposição que sabe diferenciar as coisas, como o Vereador TUTU, ferrenho opositor à administração, e que nos rasga elogios. Quantas vezes fiz pesadas críticas ao Sr. prefeito aqui no Blog por achar que sua atuação deveria ser bem melhor, mas também, como cidadão, gosto de ser justo também, e não apenas falar mal como os imbecis fazem. A eterna infâmia de se torcer para que o pior aconteça. Não sou assim. Em entrevista realizada recentemente com o Sr. prefeito, este se queixou das minhas críticas, mas aceitou-as como parte do processo democrático e da nossa isenção aqui no Blog, inclusive parabenizando-nos por essa imparcialidade. Quando questiono a qualidade do Asfalto, a idoneidade do Demutran, do seu secretariado, de boatos, sei bater também no administrador, e sem medo de qualquer retaliação. Porque o POVO é soberano, e o Blog do Crato está com o POVO, não com algum político.

Acho que o que falta é diálogo. Mas existe uma grande diferença entre conversa e diálogo: Conversa, todo mundo tem. O Diálogo é a aceitação, a compreensão do ponto de vista contrário ao da pessoa, e a aceitação da possibilidade do outro ter razão. É possível manter um diálogo com o atual gestor do município em termos administrativos, de modo que quando vejo um problema na cidade, ou sei através de alguém que divulga aqui, o Sr prefeito nos concedeu ( Ao Blog do Crato ) autonomia para comunicá-lo a fim de solucionar o mesmo, se possível. E isso é uma coisa que deveria acontecer com todos os sites da cidade, e com todos os administradores.

Sempre defendi a idéia de se construir um canal de comunicação com o gestor, em todas as cidades, como meio de se reivindicar e de se propor idéias. Eu conclamo o povo: façam suas reivindicações, pois o Sr. prefeito lê o Blog, o que é muito bom para os destinos da população.

Por outro lado, não é todo mundo que aceita críticas. Já trabalhei com gente que não sabe aceitar as menores críticas. Se acham os donos da verdade. Um outro político que possui um excelente tratamento para conosco é o Dep. Ely Aguiar, sempre atencioso e gentil às nossas reivindicações.

Já o mesmo eu não posso dizer de outros políticos, que pelo contrário, se afastam de nós.

Então, eu creio que o BLOG DO CRATO seja assim um ponto de encontro da Sociedade Cratense na Internet, aonde o povo vem ver os acontecimentos, ler uma boa crônica, com idoneidade e veracidade. Da minha parte, já procurei aproximação com diversos políticos da cidade, não no sentido da amizade, pois isso é difícil, envolve empatia, e às vezes nem interessa, mas para que eles façam parte desse canal de comunicação com a população também.

Estou aqui esperando essas pessoas que sequer dão as caras...e não a mim, nao tenho nada com isso, mas sempre aguardo alguma notícia deles para a população, afinal o povo lê o Blog, temos mais de 22.600 acessos mensais, é uma vitrine boa para qualquer um que tenha TRABALHOS realizados pela cidade e um canal com a população.

Muita gente não aparece mesmo porque foge do debate. Desde o início do Blog, há cerca de 1 ano e meio atrás, eu enviei carta aberta aos políticos da cidade e da região, colocando-me à disposição para esclarecimentos, divulgação, etc. Sabe quantos apareceram ? Aqui vai a listagem:

01 - Samuel Araripe - Prontamente
02 - Ely Aguiar - Prontamente
03 - Dr. valdetário - Prontamente
04 - André Barreto - Prontamente
05 - Edson Vilar - Recentemente
06 - Amadeu de Freitas - Ocasionalmente

Políticos que não atenderam às solicitações do Blog do Crato:

- Fabíola Alencar
- Dep. Sineval Roque ( já nos enviou carta através de acessoria)
- Walter Peixoto


Bem, falta de convite não é. Esse texto aqui é mais um convite aliás, que espero contar com a participação desses outros e entrevistas. Acho até antipático a pessoa ser convidada ao diálogo e não comparecer nem que seja com um comentário. Se essas e outras pessoas convocadas sequer respondem nossos convites, devemos presumir que se acham importantes demais, INTOCÁVEIS, eles não precisam disso... afinal, quem precisa do Blog do crato, ...nada de esclarecimentos à população, nada de diálogos, nada de planos, nem projetos, nem um sorriso...

É por isso que uns aparecem mais nas manchetes e outros nunca aparecem. Não por mnha culpa, mas porque quem enfia a cabeça na areia não deve querer aparecer. O Convite está sempre renovado: Apareçam, mostrem a cara, a população agradece ! Nossos microfones e câmeras estão à sua disposição e o telefone está aí pra quem desejar acesso.

088-3523-2272

Abraços,

Dihelson Mendonça

Notícia de última hora: Dep. Sineval Roque abre mão da candidatura em favor de Walter Peixoto.

"Deputado e ex-candidato Sineval Roque"


Amigos do Crato,

Muita gente que encontro nas ruas me diz que abrir o Blog do Crato é uma caixinha de surpresas. E ontem à noite aconteceu um fato que certamente mudará os rumos da política Cratense. Para surprêsa de alguns e um fato já esperado por outros; O Deputado Sineval Roque abriu mão da sua candidatura em favor do Candidato Walter Peixoto. O fato se deu na convenção do ex-candidato Sineval Roque, onde o fato aconteceu.

"O candidato Walter Peixoto ao lado do farmacêutico Laércio Vasconcelos"

Como Aconteceu:

O Dep. Sineval Roque falou que em conversas que manteve na semana passada quando foram em comitiva para Fortaleza, ele ( Sineval ), Waltim, Eunício Oliveira, e outros mais, conversar com o governador, que após muitas reuniões teria lhe dito:

"Roque, vá até o cariri fazer uma união das lideranças para ganharmos essa eleição"
Roque fala:
"Eu coloquei à disposição do governador: "Cid, o que é que você acha ? "
Em seguida, Cid teria dito:
"Roque, pra mim é muito difícil opinar pelo seu destino político...mas você saberá resolver"

Terminada a reunião, Dep. Roque diz que foi pensar nas palavras do governador e decidiu abrir mão da sua candidatura em favor de Walter Peixoto.


"O Vice-prefeito escolhido de Walter Peixoto, José Airton"

A Análise Política:

Creio que decisões dessa natureza, de união de candidaturas, se refletem profundamente no seio da população, que quando decide optar por um candidato, opta por um projeto político que este possua, e possa se sentir ( nem sempre ), até embarassada em ter que votar em outro candidato indicado pelo anterior. De qualquer modo, a luta política no Crato está apenas começando e muita coisa ainda poderá acontecer. Creio que a intenção de Roque e Waltim foi de somar os votos a fim de derrotar o candidato Samuel Araripe, atual prefeito do Crato. Se essa teoria irá se confirmar na prática, só o tempo mesmo poderá revelar...

27 junho 2008

TSE muda resolução e libera entrevistas com candidatos antes do dia 6 de Julho.


TSE Libera Entrevistas com Pré-Candidatos e Candidatos antes do Dia 06 de Julho, inclusive com exposições de plataformas e projetos políticos.




Por: FELIPE SELIGMAN
da Folha de S.Paulo, em Brasília

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu ontem, por 6 votos a 1, modificar a resolução da corte sobre propaganda eleitoral que deu margem para a Justiça Eleitoral de São Paulo mover ações contra veículos de comunicação que publicaram entrevistas com pré-candidatos à sucessão municipal.

Os ministros revogaram o artigo 24, que proibia os pré-candidatos de "expor propostas de campanha" antes do início da campanha eleitoral, e criaram um novo artigo que diz: "Os pré-candidatos e candidatos poderão participar de entrevistas, debates e encontros antes de 6 de julho de 2008 [data oficial do início da campanha], inclusive com a exposição de plataformas e projetos políticos, observado, pelas emissoras de rádio e de televisão, o dever de conferir tratamento isonômico aos que se encontrarem em situação semelhante".

Um parágrafo único também foi inserido, afirmando que abusos e excessos serão apurados e punidos de acordo com legislação já existente.

Segundo o presidente do TSE, ministro Carlos Ayres Britto, as rádios e televisões foram citadas no novo artigo por se tratarem de concessão pública. Sendo assim, ficam obrigadas a dar o mesmo espaço aos candidatos e pré-candidatos que venham a entrevistar. Os jornais e revistas, por outro lado, não têm essa obrigação.

O presidente do TSE levou o assunto ao plenário motivado pela recente decisão da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, que multou as empresas que editam a Folha e a revista "Veja São Paulo" e a pré-candidata Marta Suplicy, alegando suposta propaganda em entrevistas publicadas no início de junho.

Essa mesma zona eleitoral multou novamente a "Veja São Paulo" por outra entrevista, dessa vez com o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), candidato à reeleição. Em todas as condenações, o artigo 24, agora extinto, foi aplicado. Os recursos, portanto, devem cancelar as multas, com base na mudança da resolução.

Democracia

Assim que levou o tema ao plenário, na última terça, Ayres Britto afirmou que "não há que se falar de propaganda antecipada nos jornais. Pelo contrário. É bom que o candidato exponha sua opinião em época eleitoral, que é o clímax da democracia. É um período que deve ser aproveitado para que a população conheça seus possíveis candidatos e que se tornarão candidatos mesmos".

No dia, Britto sofreu resistência de três ministros: Ari Pargendler, Eros Grau e Marcelo Ribeiro. Os dois primeiros, porém, não estavam presentes ontem, substituídos pelos ministros Ricardo Lewandowski e Fernando Gonçalves.

Ambos votaram com Ayres Britto, que também foi seguido por Joaquim Barbosa, Caputo Bastos e Felix Fischer. Marcelo Ribeiro, que já havia demonstrado descontentamento com a mudança, foi o único vencido.

Ainda no dia em que apresentou sua idéia, Ayres Britto chegou a dizer que a resolução do TSE significava o seguinte: "Mãe, posso ir na piscina? Sim, tesouro, mas não vai se molhar". Ontem, Caputo Bastos afirmou que a mudança deixa claro que o que se pune é o "abuso, não o uso". "Temos que raciocinar que o ilícito é a exceção e não a regra", afirmou.

Os ministros resistentes alegaram que o "polêmico debate" sobre a possível mudança só valeria por 11 dias. Ontem, Ayres Britto respondeu: "Ainda que seja por 11 dias, não se pode perder um minuto sequer para a gente afirmar a liberdade de pensamento, de informação".

Fonte: Folha On Line - 27/06/2008
.

Decisões contra jornais representam "censura de toga", diz especialista - Folha de São Paulo

CENSURA DE TOGA

Da Folha Online:

As recentes decisões da Justiça Eleitoral contra jornais e revistas que publicaram entrevistas com pré-candidatos a prefeito de São Paulo representam a "censura de toga". A avaliação é da professora de Ciências da Comunicação Maria Cristina Costa, da USP (Universidade de São Paulo), em referência ao traje utilizado pelos juízes. Especialista em censura, a professora diz acreditar que a Justiça deve existir para que as pessoas usufruam dos seus direitos e não para fazer censura prévia.

"A Justiça está facultando o direito de uma pessoa de avaliar o que pode ir a público. Como é que um juiz pode saber o que se pode dizer a respeito de uma pessoa? [...] A Justiça está sendo usada como censura prévia, antes das coisas acontecerem, antes de se verificar os fatos", afirmou a professora.

Ontem, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) liberou a publicação de entrevistas com candidatos e pré-candidatos.

Para Maria Cristina, a decisão é um "recuo muito bom". "É uma forma de a Justiça Eleitoral se redimir e colocar em discussão qual é o papel da Justiça: assegurar o direito de liberdade de expressão e ao mesmo tempo garantindo às pessoas o direito à resposta ou uma indenização em caso de danos", disse.

A publicação de entrevistas com pré-candidatos a prefeito entrou em discussão no último dia 17, quando a Justiça Eleitoral acolheu duas representações propostas pelo Ministério Público Eleitoral e multou a pré-candidata do PT à Prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy, a Folha e a Editora Abril. A Justiça considerou as entrevistas realizadas com a ex-prefeita como "propaganda eleitoral" antecipada.

Em uma outra decisão, Editora Abril foi novamente foi multada por publicar entrevista com o prefeito Gilberto Kassab (DEM), também multado.

Com a decisão de ontem do TSE, candidatos e pré-candidatos às eleições municipais podem conceder entrevistas jornalísticas e participar de debates e encontros antes do dia 6 de julho, quando começa a propaganda eleitoral. Com a mudança, os entrevistados podem falar sobre suas propostas de governo sem que as entrevistas sejam consideradas propaganda eleitoral antecipada.

"A entrevista de um candidato em um período pré-eleitoral é extremamente esclarecedora, porque é na entrevista que o candidato vai falar aquilo que o público quer saber e não aquilo que ele quer dizer. E nós não ficamos numa posição passiva aceitando tudo o que eles querem falar, da maneira que querem falar e quando querem falar", disse Maria Cristina.

Retorno à ditadura

Para o advogado Everson Tobaruela, presidente da Comissão de Direito Político e Eleitoral da OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil) de São Paulo, a proibição de publicação de entrevista com candidatos é uma forma de retornar à ditadura que existiu durante o regime militar.

"Nós não temos liberdade de imprensa, nós temos obrigação de informar o eleitor. E a informação que interessa o eleitor é quais são as propostas de governo. Isso [o momento atual] não é mais ditadura e nós estamos voltando para o regime militar, só que tecnicamente nas mãos de alguns juizes do tribunal eleitoral. Isso é muito ruim", afirmou.

Na avaliação de Tobaruela, o TSE "choveu no molhado" ao liberar que candidatos falem de seus programas de governo em entrevistas, pois a resolução que trata sobre propaganda eleitoral já permitia a "manifestação" dos políticos.

"Teoricamente, o TSE repetiu aquilo que já estava na resolução. A única mudança é que falava em 'manifestação' e eles inseriram 'entrevista'. Mas, tecnicamente, se você pode fazer a manifestação que é um ato unilateral é claro que a entrevista tem muito menos propósito [de propaganda], porque é muito mais de cunho jornalístico", afirmou.

Para o presidente nacional da OAB, Cezar Britto, a decisão do TSE de distinguir entrevista jornalística de propaganda eleitoral repõe o princípio democrático e constitucional de liberdade plena de expressão.

"A decisão do TSE afasta as nuvens sombrias de autoritarismo que ameaçavam ofuscar a campanha eleitoral e a gerar jurisprudência nociva e obscurantista. A vitória é da democracia e do povo brasileiro", afirmou Britto, por meio de nota.

Fonte: Jornal Folha de São Paulo - 27/06/2008

Roubei a bicicleta do Dihelson com paisagem e tudo


Andava de bobeira quando vi esta bicicleta dando sopa. Perfeita. Na moda. Aquele mito consumista que todo coitado deseja. Sem ninguém perto, apenas o porto e a ponta do mucuripe juntando dois séculos de Fortaleza. Bicicleta de marchas, selim anatômico, a cor rubra dos desejos, o garfo preto, uma verdadeira oferta para este transeunte anêmico. Desprovido de bens e rico de vontades. A bicicleta dando sopa.

Mas o ato não se consumia. A paisagem dispersava o a fazer. O porto do mucuripe, seus moinhos, sua porta para o mar, por onde as primeiras janelas do distante mundo se abriram. Por onde os mascates da beira mar traziam o contrabando de bar em bar. Cigarros americanos, whisks escosês, perfume francês, isqueiro, gravatas e sedas. Naqueles prédios do horizonte as fantasias meretrizes, as dunas escorregadas e o futuro na praia que assim denomiram.

A ponta do mucuripe, sua colônia de pescadores. As velas que carregaram o Ceará pelo cancioneiro popular brasilerio. Os pescadores heróis do dia-a-dia e da história, que de lá partiram como um Odisseu por mares bravios. Aportaram no centro da capital brasileira para a conquista dos direitos sociais dos pescadores. Aquela mesma odisséia que o grande Orson Welles tentou filmar.

Então na dispersão que me encontrava, na confusão em que me encontrava, roubei a bicicleta com paisagem e tudo.

Pedro

O ritual repetia-se quase que diariamente. Um pobre verdureiro, geralmente no horário do almoço, deslocava-se penosamente até a igrejinha do Pimenta. Galgava a rampa do templo fechado àquelas horas e, na entrada da capela, improvisada de púlpito, solenemente retirava de uma tosca sacola, nobres vestes que ele mesmo fabricara. Paramentava-se, cuidadosamente, com toda solenidade que o momento exigia. De início, se enfronhava numa alva talar que lhe cobria os pés, perceptível a forma artesanal da fabricação pela sujidade em alguns pontos da indumentária e pelo amarrotado do tecido. Encilhava depois um cíngulo branco à cintura e apunha uma estola vermelha sobre os ombros, que lhe caía delicadamente sobre o peito. Tomava, então, às mãos um livro antigo e punha-se a pregar numa linguagem intraduzível, talvez um dialeto do sânscrito, para uma platéia completamente imaginária. Terminado o culto, recolhia os paramentos e voltava ao trabalho, com um ar feliz, renovado , como se imerso em gotículas do sagrado.

Vi-o diversas vezes nas suas atividades sacerdotais, tantas que terminei por embotar os olhos com as sombrias tintas da normalidade. Hoje, soube que nosso padre já não prega nas paragens terrestres e, estranhamente, senti o meu dia oco e a paisagem do Pimenta sem o seu habitual verdor. Nem sequer sei o seu nome. Vou batizá-lo de Pedro, em homenagem àquele primeiro sacerdote que de pescador de peixes, viu-se na complexa missão de transformar-se em pescador de almas.

Os transeuntes sequer lhe davam atenção, o tinham por louco. Anestesiados pelo curare do cotidiano , crucificados nos ponteiros do relógio, passavam sem perceber o mundo que palpita e ferve à sua volta. Por outro lado, o nosso Pedro sequer olhava a inexistente multidão que deveria atentar para seu sermão, compenetrado, olhos analfabetos fitos no livro, continuava a celebrar o rito com uma aparência de plácida gravidade. Como se todos os fiéis deste mundo ouvissem devotos, e hipnotizados sorvessem sua pregação. Havia algo de profético naquela figura excêntrica que passava a manhã enchendo de verde o mundo e ainda se via impelido em semear o sagrado e difundir o mágico. Como um João Batista redivivo fez-se mais uma voz que clamava no deserto. Pregando fora do templo, como que buscava endireitar os caminhos do Senhor: fugir da pompa e da gala e procurar Deus no irmão que sofre na manjedoura e na criança faminta que chora na favela. Pregava de costas para o templo e de frente para o misterioso e enigmático mundo que se abria à sua frente.

Pedro talvez nem tenha percebido como são ínvias e espinhosas as veredas da profecia. João Batista simples, vestido em pele de animais, decapitado sem piedade por Salomé; Elias perseguido sem trégua e misteriosamente desaparecendo na sua carruagem de fogo e Isaías desacreditado e serrado ao meio com seus serafins. Todos encorpando o destino inflexível dos profetas: a incompreensão, a fama de louco, o martírio. Todos cientes também que montados no corcel do futuro falavam a incompreensível língua do porvir. E mais, que há bem mais verdade na sua pregação visionária do que nas palavras jogadas boca para fora por muitos filisteus travestidos de pastores. Aqueles mesmos que um dia já foram expulsos a chicotadas do templo, por venderem abertamente uma mercadoria que simplesmente não possuíam: a esperança.

J. Flávio Vieira

Coletivo Camaradas solicita posicionamento de Vereadores

Reunião do Coletivo Camaradas será dia 30, na Câmara dos Vereadores do Crato, às 18h30.

Continua a luta dos artistas do Cariri contra a exclusão no Palco Principal da Expocrato e pela moralização e criação de políticas públicas para o segmento da música em eventos financiados pelo Poder Público. O movimento iniciado pelo Coletivo Camaradas solicitou formalmente a Câmara Municipal do Crato o posicionamento dos Vereadores em relação a discussão. Circula na Internet e entre os artistas uma carta aberta ao Governo do Estado do Ceará exigindo a abertura imediata de seleção pública ( Edital) para contratação de bandas e artistas. Mais que a participação dos artistas locais na Expocrato, o Coletivo Camaradas propõe a criação de políticas publicas para o setor pautada pela diversidade musical, contrapondo-se ao monopólio da indústria cultural que oferece ao grande público repertórios de degradação e alienação cultural que fazem a apologia ao machismo, a homofobia, vulgarização sexual, a violência e as drogas.
Os artistas se reunirão novamente na próxima segunda-feira, dia 30 de junho, as 18h30, no Plenário da Câmara de Vereadores do Crato. A reunião é aberta para todos que queiram contribuir com o movimento.

Serviço:
www.coletivocamaradas.blogspot.com

Nota da AFAC ao Blog do Crato - Por Wilton Dedê

"Em Solidariedade à Luta dos Artistas Locais para a Expocrato."


Amigo Dihelson,

Vimos acompanhando de perto a árdua luta dos artistas cratenses por espaço na maior festa popular do nosso município. Observamos que al longo dos anos a nossa festa se enche de motivos alheios à nossa história, à nossa cultura e ficamos a nos perguntar: Ainda somos a “Terra da Cultura”? Se formos, onde ela andará?

Nós que fazemos a AFAC - Associação dos Filhos e Amigos do Crato temos uma opinião muito clara à chegada desses motivos estranhos aos nossos valores: eles são bem vindos e até certo ponto necessários, desde que não tomem o lugar dos nossos motivos culturais. São bem vindos porque a nossa festa é regional como o próprio nome diz – EXPOSIÇÃO CENTRO NORDESTINA DE ANIMAIS E PRODUTOS DERIVADOS, mas não podemos substituir aquilo que é nosso.

No entanto, ao longo do tempo, assistimos o sufocar de muitas de nossas tradições as quais sempre estiveram presentes à festa. Aqui falamos especificamente da situação dos músicos e dos grupos populares como chamam as elites. Quer seja pelo curto e mal aparelhado espaço dado a estes artistas, quer seja pelo curto e desrespeitoso aparelhamento e espaço cedido aos músicos da região.

O protesto que ora vemos, embora heróico, veio com muito atraso. Talvez fruto da passividade do cratense, pois somos gente ordeira e responsável. Porém, já devíamos ter levantado essa bandeira muitos anos antes, pois sabemos que esse problema e essa pendenga são antigos. Mesmo assim somos da opinião de que “ANTES TARDE DO QUE NUNCA”.

É necessário destacar que a cidade de Crato é conhecida nacionalmente pelo talento e qualidade profissional dos nossos artistas e pela beleza e singularidade das nossas manifestações populares. São eles que levam o nome do Crato aos mais longínquos recantos desse país, e do mundo. A Banda Cabaçal dos Irmãos Anicetos se apresentaram em Paris, capital mundial da cultura, ano passado. Os nossos artistas são os grandes responsáveis pelo título que temos de “TERRA DA CULTURA”. Portanto, esse desrespeito é injusto e descabido.

Por esse motivo, nós que fazemos a AFAC – ASSOCIAÇÃO DOS FILHOS E AMIGOS DO CRATO, entidade que congrega filhos e amigos do Crato residentes em Fortaleza-Ceará, queremos neste ato, unir forças com todos aqueles que direta ou indiretamente conjuminam da idéia de que a comissão organizadora da EXPOCRATO tem o dever de assumir o compromisso e a responsabilidade de abrigar de forma respeitosa e profissional atrações regionais e, principalmente, shows e apresentações de artistas da cidade de Crato, no palco principal da festa da Exposição (EXPOCRATO). Não queremos exclusividade no espaço, queremos somar. O Crato merece ver os seus filhos participarem da sua festa maior.


AFAC – ASSOCIAÇÃO DOS FILHOS E AMIGOS DO CRATO
.

AFAC apoia movimento em defesa dos artistas

Amigo Dihelson,

Vimos acompanhando de perto a árdua luta dos artistas cratenses por espaço na maior festa popular do nosso município. Observamos que ao longo dos anos a nossa festa se enche de motivos alheios à nossa história, à nossa cultura e ficamos a nos perguntar: Ainda somos a “Terra da Cultura”? Se formos, onde ela andará?

Nós que fazemos a AFAC - Associação dos Filhos e Amigos do Crato temos uma opinião muito clara à chegada desses motivos estranhos aos nossos valores: eles são bem vindos e até certo ponto necessários, desde que não tomem o lugar dos nossos motivos culturais. São bem vindos porque a nossa festa é regional como o próprio nome diz – EXPOSIÇÃO CENTRO NORDESTINA DE ANIMAIS E PRODUTOS DERIVADOS, mas não podemos substituir aquilo que é nosso.

No entanto, ao longo do tempo, assistimos o sufocar de muitas de nossas tradições as quais sempre estiveram presentes à festa. Aqui falamos especificamente da situação dos músicos e dos grupos populares como chamam as elites. Quer seja pelo curto e mal aparelhado espaço dado a estes artistas, quer seja pelo curto e desrespeitoso aparelhamento e espaço cedido aos músicos da região.

O protesto que ora vemos, embora heróico, veio com muito atraso. Talvez fruto da passividade do cratense, pois somos gente ordeira e responsável. Porém, já devíamos ter levantado essa bandeira muitos anos antes, pois sabemos que esse problema e essa pendenga são antigos. Mesmo assim somos da opinião de que “ANTES TARDE DO QUE NUNCA”.

É necessário destacar que a cidade de Crato é conhecida nacionalmente pelo talento e qualidade profissional dos nossos artistas e pela beleza e singularidade das nossas manifestações populares. São eles que levam o nome do Crato aos mais longínquos recantos desse país, e do mundo. A Banda Cabaçal dos Irmãos Anicetos se apresentaram em Paris, capital mundial da cultura, ano passado. Os nossos artistas são os grandes responsáveis pelo título que temos de “TERRA DA CULTURA”. Portanto, esse desrespeito é injusto e descabido.

Por esse motivo, nós que fazemos a AFAC – ASSOCIAÇÃO DOS FILHOS E AMIGOS DO CRATO, entidade que congrega filhos e amigos do Crato residentes em Fortaleza-Ceará, queremos neste ato, unir forças com todos aqueles que direta ou indiretamente conjuminam da idéia de que a comissão organizadora da EXPOCRATO tem o dever de assumir o compromisso e a responsabilidade de abrigar de forma respeitosa e profissional atrações regionais e, principalmente, shows e apresentações de artistas da cidade de Crato, no palco principal da festa da Exposição (EXPOCRATO). Não queremos exclusividade no espaço, queremos somar. O Crato merece ver os seus filhos participarem da sua festa maior.

AFAC – ASSOCIAÇÃO DOS FILHOS E AMIGOS DO CRATO

Conselho da Mulher

Caro amigo Dihelson,

Sei que você é um homem consciente e preocupado com as causas sociais, venho por meio deste lhe pedir uma ajuda.
O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher Cratense, entidade que existe há 14 anos, passa por muitas dificuldades, mas nunca deixamos de ajudar nossas mulheres, todos sabem como nossa região e extremamente violenta contra as mulheres, mas não deixamos as amarguras, problemas, a falta de verbas impedir nosso trabalho.
Temos um convênio com a prefeitura de R$ 300,00, que recebemos sempre em atraso.
O que queremos te pedir é que você ,que tem um canal aberto com o prefeito, intercedesse num oficio que foi entregue há quase 2 meses e até agora não obtivemos resposta, neste ofício
pedimos um computador completo c/ impressora e um sofá, mas parece que a prefeitura não se preocupa com a nossa realidade, está mais preocupada em fazer festas.Precisamos do computador para fazer nossos encaminhamentos, oficios, etc.
Será que realmente a prefeitura não pode dispor disso para uma entidade que luta pelos direitos da mulher?
Sendo que somos 52% da população do Crato.
É uma vergonha esse descaso.
Será que nem a primeira dama se preocupa com a realidade dura e cruel que passamos?
As mulheres que fazem parte do conselho trabalham de graça, voluntariado.
Não queremos muita coisa so queremos que a prefeitura dê um computador c/ impressora , de preferencia com entrada usb, e um sofá .
Dihelson, será que você, um ser preocupado com nosso município, pode nos ajudar nesta luta?

Agradecemos muito.

Seminàrio Direitos Humanos, Sexualidade e Orientação Sexual

A Galosc ( Grupo de Apoio a Livre Orientação Sexual do Cariri) convida a todas e a todos para Seminário "Direitos Humanos, Sexualidade e Orientação Sexual - Construindo a Igualdade de Gênero" que acontecerá nos dias 01º e 2 de julho , no SESC de Juazeiro do Norte.
Este evento faz parte da Parada do Orgulho GLBT do Cariri da Diversidade , que acontecerá dia 04 de julho de 2008, em Juazeiro do Norte, a partir das 15h na praça do Triangulo Crajubar.


PROGRAMAÇÃO

Dia 01º de julho de 2008
Primeira Noite
Tema :Direitos Humanos , Sexualidade e Orientação Sexual.

18:00h
credenciamento
19:30
Abertura com Composição de Mesa
20h
Palestra de Abertura : Drª Salete Maria- URCA
20:30h
Debate sobre sexualidade e orientação Sexual : Ms Roberto Marques- Antropologo- URCA
Ana Paula Macêdo - Assistente Social
21:30
Encerramento


Dia 02/07/08
Segunda Noite
"Construindo a Igualdade de Gênero"

Palestrantes/ debatedores
Dr. Fabio Rodrigues- URCA
Orlando Pereira- Colaborador Voluntário da Galosc
Gorett Gomes - Presidente da Liga Brasileira de Lésbicas -Seção Nordeste

21h
entrega dos Certificados
21:30
Coquetel de Encerramento


Esperamos Contar com a sua presença nesse momento tão importante para os GLBTs.

EM DEFESA DA EXPOCRATO

O Coletivo Camarada é a forma organizada de luta dos artistas caririenses por um espaço de sua arte na Exposição Agropecuária do Crato (EXPOCRATO). Evento relevante da atual cultura nordestina. Especialmente a cultura interiorana que se manifesta com muita força nos meses de junho e julho. A EXPOCRATO é um exemplo clássico da "USURPAÇÃO" da coisa pública por grupos privados em associação com "REPRESENTANTES" do governo.

A EXPOCRATO tornou-se uma festa que depende do Governao Estadual. Ele é o principal meio balizador da programação e da aplicação dos recursos da festa. Em síntese por via indireta, pois tudo é terceirizado, o governo é quem define quem se apresentará e quem não o fará.

Aliada ao fato, para estranhamento maior ainda, surgiu nos jornais do Brasil inteiro, inclusive aqui no Rio, que o sogro do Governador do Ceará tinha como "sonho" ser indicado para conduzir a EXPOCRATO. E o sonho realizou-se. Ele, portanto gente da família do governador é aquele que dirige a festa. NESTE CASO O RESPONSÁVEL PELA EXCLUSÃO DOS ARTISTAS LOCAIS.

Toda a luta do Coletivo Camarada tem o maior sentido. A EXPOCRATO não é uma invenção de uma geração apenas, não é uma promoção de grupos empresariais e menos ainda uma coisa de governo. A EXPOCRATO é um patrimônio cultural e econômico do povo do Cariri, construído ao longo de várias gerações sobre a base real de sua vida coletiva.

Assim como os candidatos às próximas eleições costumam ampliar o debate sobre temas relevantes, é bom que todos repercutam e tratem de corrigir o desvio da programação cultural do evento. Os atuais prefeitos e vereadores da região têm que emitir notas solidárias com a mudança na programação e a favor da inclusão dos artistas regionais na programação do palco principal.

A mídia regional tem uma grande tarefa ao dar voz ao Coletivo Camarada e que esta repercuta na política estadual. Os blogs da região poderiam escolher um mesmo dia e todos postarem uma mesma nota, construída conjuntamente sobre esta questão.

Por último: é importante mostrar a cara. Fazer faixas, soltar notas, distribuir panfletos. É preciso criar uma voz popular para que este conluio deletério da cultura loca se desfaça e no seu lugar se crie algo mais democrático.

Hoje no DN - ELEAZAR DE CARVALHO - O festival do clássico

Clique para Ampliar

Apresentação realisada o ano passado na nona edição do Festival Eleazar de Carvalho, na Universidade de Fortaleza: concertos, recitais e oficinas (Foto: Gustavo Pellizzon)

A Unifor sedia, mais uma vez, a nova edição do Festival Eleazar de Carvalho

A música “Aleluia”, de Randall Thompson (1899-1984), abre o Festival deste ano, no próximo domingo, no Teatro Celina Queiroz. Será a trilha sonora para o desfile de professores, uma tradição no evento. Em seguida, é a vez da apresentação do trio de cordas da Escola Maestro Eleazar de Carvalho, de Iguatu. O violinista Everton Praxedes de Souza, o violista Hemerson Praxedes de Souza e o violoncelista Ítalo Rafael Nogueira vão executar músicas do repertório de Joseph Haydn (1732 - 1809), incluindo “Divertimento nº 113 em “D” maior”, “Hoboken XI: 113”, “Adágio”, “Allegro di molto” e “Menuetto” (Allegreto).

Na solenidade de abertura, assim como na edição passada do Festival, vai ser exibido o filme “Tributo ao Maestro Eleazar de Carvalho”, que passeia sobre um pouco da vida e da obra do ilustre cearense. “É uma homenagem pelo trabalho e a herança que ele deixou. É importante esta nova exibição do filme, até porque tem alunos novos que ainda não conhecem a trajetória do Eleazar”, justifica Sonia Muniz de Carvalho, diretora Artística do evento e viúva do maestro.

Uma extensa programação marca a décima edição do Festival. O evento deste ano contempla apresentações de concertos sinfônicos, recitais, cursos de instrumentos musicais (violino, viola, violoncelo, contrabaixo, flauta, clarinete, fagote, oboé, trompa, trompete, trombone, Percussão), cursos de dança e coreografia, canto e técnica vocal, regência de coro, regência de banda, música de câmara, história da música e história da arte. Além disso, mais um grande espetáculo a céu aberto marca o encerramento do Festival, que este ano acontece no dia 20 de julho.

Esta edição do Festival promove uma comemoração do centenário da imigração japonesa no Brasil, com a participação do maestro Daisuke Nagamine. Ele faz parte da programação na terceira semana do Festival, dando continuidade ao trabalho do maestro Lanfranco Marcelletti, ministrando as aulas na oficina de Regência de Orquestra. No encerramento do Festival, o maestro japonês também vai assumir a regência do concerto dos estudantes do evento.

Os 200 anos da chegada da Família Real ao Brasil também serão lembrados este ano, com a utilização de músicas de alguns compositores que desembarcaram no país a convite de D. João VI. E, pelo quarto ano consecutivo, o Festival Eleazar de Carvalho acontece no Campus da Universidade de Fortaleza. “A Unifor é um cartão de visitas do nosso Festival. Além de adequado para todas as atividades, o local é muito bonito”, diz a diretora. “A Unifor também nos dá o maior apoio, todos vibram com evento. E, como resultado desta torcida, o Festival Eleazar de Carvalho tem tido um eco muito positivo”, completa. Depois de dez anos de estrada, o Festival já colhe bons frutos deste trabalho de formação, do investimento no talento dos músicos brasileiros. “Um de nossos alunos, o Francisco Daniel, se tornou exemplo para nossa juventude. Ele participou das todas as edições do Festival, como aluno de Robert Black. Destacou-se ao longo do tempo, passou um ano como professor da Escola de Iguatu e, em seguida, foi aprovado no concurso para primeiro contrabaixista da Orquestra Profissional da Bahia”, informa. Francisco Daniel volta para o Festival deste ano, participando dos dois concertos - dentro da programação do evento - que serão realizados no Theatro José de Alencar, sob a regência do maestro Franco Marcelletti.

Bolsas de estudo

Segundo Sonia Muniz, assim como Francisco Daniel, muitos outros alunos conseguiram progressos a partir do Festival Eleazar de Carvalho. “O que eu esperava aconteceu: todos evoluíram bastante”, avalia. Recentemente, a diretora artística acompanhou, em Nova Iorque, a apresentação do flautista cearense Tiago Alves. Depois de passar pelo Festival, o flautista conseguiu, no ano passado, uma bolsa para estudar nos Estados Unidos, onde vem alcançando grande destaque.

Além de Tiago Alves, outros dois alunos da edição passada foram contemplados com bolsas de estudo no exterior, o oboísta paraense Moisés Pena e o regente paulista Rafael Palace Luz. “O Festival oferece muitas oportunidades”, conclui a diretora. Só no ano passado, o evento contou com 380 alunos inscritos, de todos os lugares do país. Mas o número de estudantes é ainda maior quando se considera uma categoria especial, a dos alunos-ouvintes, aqueles que, mesmo sem estarem inscritos no evento, participam de algumas apresentações específicas.

Raízes americanas

O modelo do Festival Eleazar de Carvalho, em Fortaleza, vem de Tanglewood, um pitoresco recanto na cidade de Lenox, Estado de Massachusetts, nos Estados Unidos, onde Eleazar de Carvalho estudou na década de 40 e foi sucessor de seu mestre Sergei Koussewitzky. Depois, Eleazar trouxe a semente para outro pitoresco recanto, Campos do Jordão, onde a semente germinou. A mesma semente foi levada para Gramado, no Rio Grande do Sul; Itu, em São Paulo; e João Pessoa, na Paraíba.

Com a morte de Eleazar de Carvalho, Sonia Muniz de Carvalho fez a semente germinar também na capital cearense, uma maneira de atender um antigo sonho do marido, que era natural do Ceará. “Esta é uma homenagem que fiz através da Fundação Eleazar de Carvalho aos conterrâneos cearenses e nordestinos, que sempre tiveram um lugar especial no coração do grande Mestre”, explica.

O modelo do Festival se inspira na dicotomia festa e aprendizado. “Festa é o próprio Festival. É a festa musical constituída por eventos que são realizados em teatros, ao ar livre e igrejas, compreendendo apresentações de orquestras, conjuntos de câmara, óperas, recitais, corais e bandas”, comenta. Já o aprendizado, segundo ela, fica por conta do curso de extensão ministrado aos bolsistas durante o Festival, por 40 professores de diversos países, perfazendo uma carga horária de 120 horas.

“Aprendizado é também um acontecimento paralelo à festa musical, no qual se reúnem jovens estudantes numa ação comunitária de amizade e amor comum pela arte e tem a privilegiada oportunidade de dialogar com mestres e artistas executantes de reputação internacional”, completa a diretora. Segundo ela, os bolsistas também farão sua própria festa Festival, realizando seus próprios concertos.

FIQUE POR DENTRO

Trajetória do mestre Eleazar de Carvalho

Eleazar de Carvalho nasceu em Iguatu, em 1912. Ainda jovem, transferiu-se para o Rio de Janeiro, onde foi tocar tuba na Banda do Batalhão Naval. Mais tarde, quando estava com 27 anos, estreava sua primeira ópera, ´O descobrimento do Brasil´, no Teatro municipal do Rio. Um ano depois, receberia o diploma de maestro. Em 1946, uma nova mudança em sua vida, desta vez para os Estados Unidos. Lá, tornou-se doutor em música (1963) pela Washington State University. E fez doutorado em Letras e Humanidades, pelo Hofstra College, em Hempstead.

Nos Estados Unidos, Eleazar de Carvalho estudou regência com Sergey Koussevitzky, no Berkshire Music Center, em Massachusetts. Em 1947 dividiu com Leonard Bernstein a função de assistente do maestro Koussevitzky, que o sucedeu após sua morte, ficando até 1965. Também fez apresentações na Europa, estreando, em 1950, no Palais Beaux-Arts, em Bruxelas. No Brasil, atuou longamente como regente titular na Orquestra Sinfônica Brasileira, no Rio de Janeiro. Foi diretor artístico e regente da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e fundador da cadeira número 32 da Academia Brasileira de Música.

Teve relevante atuação pedagógica tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil, onde seu nome está intimamente ligado ao do Festival de Inverno de Campos do Jordão. Em seu tempo de vida, Eleazar de Carvalho era conhecido por seu temperamento forte e pelo vigor de seu fazer musical, respeitado tanto no repertório tradicional quanto em dois campos que ele sempre se empenhou divulgar: a música contemporânea e a brasileira.

Délio Rocha
Repórter


Mais informações:

Abertura do Festival Eleazar de Carvalho, neste domingo, às 18 horas, no Teatro Celina Queiroz (Unifor). Entrada gratuita. Informações: (85) 3477.3239.

Fonte: Jornal Diário do Nordeste