07 maio 2008

O Exemplo de Barbalha para o Brasil - "Projeto Anjos da Enfermagem" é referência nacional

Anjos da enfermagem

Clique para Ampliar

A campanha do projeto para a Casa de Apoio foi lançada, com crianças autorizadas pelas famílias (Foto: Elizângela Santos)

Clique para Ampliar

Jakeline Duarte afirma que sempre buscou realizar o trabalho de apoio à saúde por meio da humanização

Alegria como fator de saúde. É com esse objetivo que crianças portadoras de câncer são beneficiadas no Cariri

Barbalha. Um projeto iniciado no Cariri se torna modelo para o Brasil. O lançamento nacional do Programa Anjos da Enfermagem aconteceu em Barbalha, com a presença de representantes do Conselhos Federal (Confen) e Estadual de Enfermagem (Coren), além de representantes de diversas instituições. O evento foi realizado no auditório do Centro de Oncologia, com o lançamento do Projeto de Intenção de Construção do Centro de Apoio à Criança com Câncer do Cariri. A iniciativa será lançada em quatro Estados do País nos próximos dias. Será a Casa de Apoio para a criança portadora de câncer. A pretensão é que a construção seja iniciada no começo de agosto.

Também foi assinado um convênio de cooperação técnico-financeira, no valor de R$ 232 mil, entre o Instituto Anjos da Enfermagem e o Confen. Segundo o representante da instituição, esse é apenas o primeiro de uma série de convênios que serão assinados para o trabalho, hoje modelo para o País. A meta do Cofen é transformar o Anjos da Enfermagem no maior projeto de inclusão social da enfermagem do Brasil. Segundo o Confen, a classe tem hoje a participação de 1,3 milhão de enfermeiros.

Em Barbalha já existe uma Casa de Apoio destinada a adultos com câncer. A necessidade provém de muitas crianças que não residem na cidade e durante o tratamento têm de ficar em Barbalha até mais de três dias. Atualmente, o Hospital São Vicente de Paulo, no município, é referência para Estados fronteiriços no tratamento de câncer.

O projeto nasceu em 2003, durante o período em que a idealizadora Jakeline Duarte ainda cursava Enfermagem na Universidade Regional do Cariri (Urca). Em abril, um convênio foi assinado com a instituição, que passa a fazer parte do grupo de “Universidades do Bem”, que reunirá todas as universidades nacionais parceiras dos Anjos da Enfermagem. Além dela, a Faculdade Leão Sampaio, em Juazeiro do Norte, também participa.

Uma campanha de divulgação do projeto de arrecadação de meios para construção da Casa de Apoio foi lançada, com a imagem de crianças portadoras de câncer, com autorização das respectivas famílias. Uma das quatro crianças, Damião Barbosa, faleceu no mês passado, aos 10 anos. A idealizadora do projeto salientou a importância de Damião como uma força que encontrou para dar continuidade aos trabalhos.

O evento contou com uma apresentação prévia dos trabalhos desenvolvidos pelo instituto. Para Jakeline não foi fácil. “Batemos em muitas portas de políticos, empresários, em busca de apoio. Houve situações em que o meu nome ficou no Sistema de Proteção ao Crédito (SPC) para dar continuidade aos trabalhos”, diz ela.

Jakeline realizou a sua monografia de conclusão de curso abordando a situação sócio-econômica das crianças portadoras de câncer. Foi quando passou a entender melhor a realidade de vida das crianças. “Quero lançar esse projeto no Brasil, mas não vou sair do Cariri, onde iniciei esse trabalho com as crianças”, ressalta.

O primeiro grande momento para iniciar a divulgação de Casa de Apoio será em Belém (PA), durante o Congresso Brasileiro de Enfermagem. Um estande será cedido pelo Confen. Uma conta bancária será criada para arrecadação de dinheiro. O terreno para construção está sendo negociado entre o Instituto, administração local e Casa de Apoio.

Segundo o assessor do Confen, Magno Guedes, o intuito é transformar o Anjos da Enfermagem no maior Programa de assistência social da enfermagem brasileira. “Faremos o possível para que esse programa chegue a todas as cidades do Brasil”, enfatiza. O assessor ressalta a importância do trabalho, como forma de estender não apenas à criança portadora de enfermidade, mas à família, a rua que ela mora e ao País. No próximo ano, será assinado outro convênio entre o Confen e o Instituto, com maior abrangência, para que os Anjos possam estar presentes em todos os Estados do Brasil.

Os Anjos da Enfermagem tem o apoio do maior órgão de representatividade da classe da Enfermagem do País, isso segundo o assessor, se traduz em apoio técnico, financeiro, de cooperação e todos os meios disponíveis para que o projeto chegue às mãos de pessoas que necessitam dele. “É uma forma de atender a alma das pessoas, um lenitivo. Não tem nada mais importante do que um projeto como esse”, diz.

SAIBA MAIS

Origem

O Instituto Anjos da Enfermagem foi fundado em 2004, após a estudante de Enfermagem, Jakeline Duarte, ler o livro ´Terapia do Amor´, que retrata a vida do médico norte-americano Hunter Adams, mais conhecido como Patch Adams.

Parceria

Em 2007, o grupo firmou uma parceria com o Hospital Maternidade São Vicente de Paula - Centro de Oncologia do Cariri, onde foram desenvolvidos vários projetos, voltados para à assistência a crianças com câncer.

Humanização

A equipe também busca humanizar a saúde, com palestras e cursos e incentivar as práticas humanas, exercício da cidadania e inclusão social.

OBJETIVO

Meta é fortalecer a rede social de apoio

Barbalha. A assistência à criança com câncer já existe no Cariri, feita pelo Hospital São Vicente de Paulo. Só que não existe cura do câncer infantil, sem ajuda das redes sociais de apoio. Segundo Jakeline Duarte, é exatamente a proposta do Instituto Anjos da Enfermagem, com a criação da rede social de apoio.

A Casa de Apoio deverá ser destinada não somente à hospedagem, mas também tratamento nutricional, assistência precisa e mais resolutiva, no sentido de estar mais presente e acompanhar o paciente. Outro aspecto deverá ser o diagnóstico precoce do câncer infantil, que ainda é precário, já que o hospital faz a assistência quando a criança está doente. “A prevenção precoce é defendida nacionalmente, porque precisamos detectar precocemente, para que as chances de vida das crianças sejam maiores”, diz Jakeline Duarte, ao acrescentar que é preciso se trabalhar numa perspectiva de tratamento precoce.

Quanto ao projeto, Jakeline afirma que sempre viu a importância não apenas da formação profissional, mas trabalhar como ser humano. “Sempre tive essa vontade de atuar em prol da humanidade. Não há como trabalhar em hospitais, com doença, e não se envolver, simplesmente fechar os olhos para essa realidade”.

A sede do projeto, no município de Crato, foi doada com toda estrutura pelo Confen, com recursos de áudio-visual de ponta. Em 12 meses, o objetivo é implantar o projeto em 10 estados. No próximo ano, mais dez e depois os sete restantes. Os recursos de viagens serão destinados pelo Conselho Federal para a equipe técnica da ONG. Os primeiros quatro estados a implantarem o projeto serão Rio Grande do Norte, Maranhão, Rondônia e Manaus. Em junho, Goiás, Pernambuco, Paraíba, Bahia e, no Ceará, em Fortaleza. A finalidade é também promover o protagonismo juvenil dentro das universidades brasileiras. A ex-aluna da Universidade Regional do Cariri recebeu o convite para ampliar sua experiência pelo presidente Conselho Federal de Enfermagem, Manuel Nery. O projeto foi votado em reunião ordinária da entidade no dia 29 de fevereiro de 2008 e aprovado por unanimidade pela categoria.

Para o presidente do Confen, trata-se de uma iniciativa única na Enfermagem brasileira, que merece o respeito e apoio de todos. O reitor da Urca, onde foi iniciado o trabalho, Plácido Cidades Nuvens, reconhece também a importância do projeto, principalmente para região do Cariri. “Precisamos apoiar o pluralismo de idéias. O empreendedorismo social é um grande instrumento de democracia. O projeto dos Anjos une três vertentes, a educação, a ciência e a solidariedade”.

ELIZÂNGELA SANTOS
Repórter

Para o Jornal: Diário do Nordeste.

Mais informações:
Instituto Anjos da Enfermagem
Avenida Duque de Caxias, 714, sala 206, Ed. Cícero Araripe, Crato (CE)
(88) 9614.5974


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.