18 maio 2008

A Nação Cariri está apreensiva.


A mobilização popular para a implantação do curso
de Ciências Agrárias no Crato, é mais do que um
movimento bairrista, é a busca de cidadania para
uma região, tão infectada por uma praga de ratazanas
da política cearense.
Tentar tirar do Crato esse direito, é plantar a semente
da discórdia e da discriminação, criando e alimentando
uma disputa territorial por espaços políticos,
de uma natureza mesquinha e nefasta, que só empobrece
o Cariri nos príncípios básicos de civilidade e bôa convivência.
Esperamos da direção da Universidade Federal do Ceará,
uma demonstração de responsabilidade e de respeito,
afastando o interesse particular nessa causa tão nobre,
e dando ao povo de tôda região sul cearense, esse exemplo
de competência e soberania , frente a uma série
de interesses escusos.
Esse direito assegurado, é uma conquista de todos aqueles
que residem nos municípios adjacentes, e que comungam
por uma causa tão importante, que é o resgate de fato
e de direito, da nossa região como um todo.
.
Hoje no Cariri não queremos chuva, queremos dignidade.

Um comentário:

  1. Parece brincadeira via a tona novamente este assunto, esta mais do que provável que o Crato oferece condições técnicas, logísticas do que a cidade do Juazeiro para o funcionamento deste curso. Hoje (18 de maio) mesmo assistindo na TV Verde Vale, o verde Vale Rural, a maioria das materias que tratavam deste assunto foram feitas em cidades da região do cariri que tem a vocação rural e espaço para desenvolvê-la, a única matéria sobre esse tema (agropecuária) vinvulada a cidade de Juazeiro foi sobre uma plantação de fava no terreiro de uma casa localizada na área urbana períférica desta cidade. Está mais do que provado que o Juazeiro tem vocação para o comércio, já na agropecuária nem espaço físico a cidade tem mais.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.