31 janeiro 2008

Vitória da categoria DOCENTE - Assembléia da UECE

Ontem por volta das 10 horas da manhã teve início a Assembléia do SINDUECE com a presença significativa de 240 professores, um grande número de estudantes e a participação de representantes do COMANDO DE GREVE DA URCA (professores Zuleide Queiroz, Fábio José e Fábio Rodrigues, além da representante do Movimento Estudantil, Daiana Araújo).

A pauta apresentada pela mesa consistiu em Informes, Esclarecimentos sobre a decisao Judicial (Ilegalidade da greve da UECE) e Avaliação da Greve. Nos informes, o Comando de Greve da URCA, representado pelo Prof. Fábio Rodrigues apresentou um resumo dos últimos acontecimentos na URCA e o resultado da Assembléia do 21 de janeiro que resultou na
ratificação da greve por maioria expressiva de docentes (111 professores) e o apoio massivo dos estudantes.

No item Decisão Judicial, o Inocêncio Uchôa (Assessor Jurídico do ANDES-SN), numa atitude de esclarecer sobre a Ilegalidade da Greve da UECE demonstrou que a referida notificação apresentava inconsistência teórica e juridica, além de lembrar que o juiz que declarou a ilegalidade da greve hoje é o mesmo que em novembro de 2007 assinou pela legalidade da mesma (o que aconteceu???). O referido advogado chegou a conclusão de que mesmo com estas lacunas a decisão deveria ser acatada pelo SINDUECE, porém que no seu entendimento era uma posição política e nao juridica a continuidade da greve.

Logo após tais esclarecimentos, a mesa abriu inscrições para que a categoria avaliasse tanto a decisao judicial como os rumos da greve. Nesta ocasião, um representante do Comando de Greve da URCA soliciou a mesa um tempo para dar um informe da CARREATA que havia conquistado uma reunião de negociação com o governo para esta segunda-feira as 14:30 na URCA. Mediante este informe, a plenária parabenizou as conquistas do SINDURCA e do Comando de Greve.

Logo em seguida muitos docentes numa atitude serena e convicta do valor da greve como um direito legitimo da categoria nao só demonstravam posição fechada contraria a decisao judicial como, também, ratificavam a continuidade da greve, além de fortalecer e legitimar o SINDUECE como verdadeiro representante dos interesses dos docentes da UECE. Estas falas foram pouco a pouco sendo fortalecidas por um grande número de filiações (28 novas adesões durante a assembléia).

Em nenhum momento a categoria demonstrou qualquer interesse por retroceder e atender aos apelos do governo Cid Gomes e tão pouco de se curvar a decisao da justiça o que ficou evidente em muitas falas que resgatavam a falta de coerência da própria justiça em não fazer-se respeitar pelo governo que descumple a decisão de implantação do Piso da Categoria.

Após um amplo debate mediatizado por professores, estudantes e representantes do Comando de Greve da URCA, o SINDUECE levou para votação proposta de continuidade da greve e realização de assembléia da categoria para o próximo dia 30 e uma assembléia unificada das três estaduais logo após o feriado de carnaval. A referida proposta foi aprovada por unanimidade, ou seja, os 240 professores da UECE e 04 professores da URCA presentes ratificaram a greve e deliberaram outros encaminhamentos.

COMANDO DE GREVE

nota: a assembléia aconteceu nesta segunda-feira, deixamos o texto como enviado pelo comando de greve

por: Tarso Araújo, radialista
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.