19 janeiro 2008

Notícia Maravilhosa: Ladrões de banco morrem em confronto em Barbalha !

NO CARIRI

Clique para Ampliar

O armamento da quadrilha foi encontrado pela PM numa casa, em Barbalha, onde ocorreu o tiroteio (Foto: Elizângela Santos)

Clique para Ampliar

Casal preso: Emival Gomes, o ´Orelha´, e sua mulher, Maria Gorete de Almeida, 32, foram capturados armados

Dois assaltantes morreram no tiroteio com a Polícia, em Barbalha. O terceiro foi localizado em Santana do Cariri

Juazeiro do Norte. As Policias Federal e Militar conseguiram desarticular a quadrilha de assaltantes de bancos que vinha agindo no Cariri, há vários meses. O grupo, de ação interestadual, estava sendo procurado pelas polícias dos Estados do Piauí e Pernambuco. Três acusados de participação nos assaltos a bancos foram mortos.

Dois deles, Ivan Jaguaribe e Jardel Barros, tombaram sem vida em confronto com a Polícia, na noite de quinta-feira última, numa residência do bairro Cirolândia, no Município de Barbalha (505 km da Capital). O terceiro, Cícero Fernandes de Alencar, de 38 anos, foi encontrado morto na Serra do Araripe, a 12 quilômetros do Município de Santana do Cariri, na manhã de ontem. Ele era apontado com um dos líderes da perigosa quadrilha.

Munição

Várias armas de grosso calibre - uma escopeta, pistolas e revólveres - e farta munição foram encontradas com os assaltantes, e parte de dinheiro roubado, cerca de R$ 4,6 mil. Segundo a Polícia, os ladrões planejavam assaltar mais um banco, em Barbalha, e outra agência no Estado de Goiás, no dia 25 próximo.

Todos são acusados de participação no assalto à agência do Banco do Brasil, no Município de Potengi, na Região Sul do Estado, no último dia 11, onde houve troca de tiros entre policiais e assaltantes; e ao BB de Mauriti, no mês de dezembro. No confronto em Potengi, foi morto pelos assaltantes o soldado PM Antônio Iracildo Alves e de um dos assaltantes, Ivan Sobrinho, encontrado à altura da Serra do Rosário, no Município de Santana do Cariri. Ao lado do corpo estava um colete à prova de balas e munições.

A Polícia conseguiu chegar ao esconderijo dos assaltantes, uma residência na Rua LO-5, 252, no bairro Cirolândia, em Barbalha, através do assaltante Emival Gomes de Figueiredo, 37 anos, conhecido por ´Orelha´; e sua mulher, Maria Gorete de Almeida, 32 anos. Eles estavam em uma moto Falcon, de cor preta, placa HWC-4144, ano 2004, na CE-060, que liga Missão Velha a Barbalha.

Debaixo do banco da moto foram encontradas duas pistolas com 25 cartuchos intactos. Ao serem interrogados, disseram onde estava o restante do bando. Mais duas motos, uma Falcon verde, HWI – 6683, roubada em Juazeiro do Norte, no último dia 9; e uma Bros, placa HYD-9347, estavam com os assaltantes. A ação foi comandada pelo delegado da Polícia Federal, Francisco Bonfim.

Elizângela Santos
Repórter
www.diariodonordeste.com.br
.
.

2 comentários:

  1. É Dihelson,
    Pelo menos uma vez a polícia foi polícia e os bandidos foram bandidos mesmo! Mas não se admire se, logo, logo, surgirem movimentos defendendo os "direitos humanos" dos marginais.
    Afinal, vivemos no Brasil. Nunca se ouviu notícias de que as vítimas dos assaltantes fossem visitadas pelos defensores dos "direitos humanos". Já os ladrões,assaltantes,terroristas et caterva possuem muitos defensores...

    ResponderExcluir
  2. É isso que revolta, a colocação de Rafael faz sentido e é mais pura realidade! Os vitimados seriam por acaso ETs?
    Ainda assim, é sem dúvida uma notícia e tanto!

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.