17 novembro 2007

Aprendizado


Estou aprendeno a enterrar amigos,
corpos conhecidos, e começo as lições
de enterrar alguns tipos de esperança.
Ainda hoje
supultei um braço e um desejo de vingança.
Ontem, fui mais fundo:
sepultei a tíbia esquerda
e apaguei três nomes da lembrança.
Affonso Romano de Sant'Anna.

Mostra Crato

Depois de tudo, a calmaria... huuuuuum!


Dez coisas que levei anos para aprender...



Dez coisas que levei anos para aprender...
Luis Fernando Veríssimo


1. Uma pessoa que é boa com você, mas grosseira com o garçom ou empregado, não pode ser uma boa pessoa. (Esta é muito importante. Preste atenção, nunca falha)

2. As pessoas que querem compartilhar as visões religiosas delas com você, quase nunca querem que você compartilhe as suas com elas.
(Tá cheio de gente querendo te converter!)

3. Ninguém liga se você não sabe dançar. Levante e dance.
(Na maioria das vezes quem tá te olhando também não sabe! Tá valendo!)

4. A força mais destrutiva do universo é a fofoca.
(Deus deu 24 horas em cada dia para cada um cuidar da sua vida e tem gente que insiste em fazer hora-extra!)

5. Não confunda sua carreira com sua vida.
(Aprenda a fazer escolhas!)

6. Jamais, sob quaisquer circunstâncias, tome um remédio para dormir e um laxante na mesma noite.
(Quem escreveu deve ter conhecimento de causa!)

7. Se você tivesse que identificar, em uma palavra, a razão pela qual a raça humana ainda não atingiu (e nunca atingirá) todo o seu potencial, essa palavra seria "reuniões".
(Onde ninguém se entende... Com exceção das reuniões que acontecem nos botecos...)

8. Há uma linha muito tênue entre "hobby" e "doença mental".
(Ouvir música é hobby... No volume máximo às sete da manhã pode ser doença mental!)

9. Seus amigos de verdade amam você de qualquer jeito.
(Que bom!!!!!)

10. Lembre-se: nem sempre os profissionais são os melhores. Um amador construiu a Arca. Um grande grupo de profissionais construiu o Titanic.
(É verdade mesmo !!!)

Termina a Maior Mostra Cultural que já houve no Cariri . Quem viu, viu...


Ontem, dia 16 de Novembro, foi o último dia da Nona Mostra SESC Cariri de Cultura. Um incrível acontecimento cultural como jamais houve outro de iguais proporções aqui no Cariri: Teatro, Música, cultura popular, etc. Tudo num verdadeiro caldeirão cultural ocorrendo paralelamente, e aonde foi até difícil documentar!

Antes, a mostra era mais direcionada ao teatro, mas hoje em dia engloba diversas manifestações culturais. Mas ainda é astronômica a diferença da quantidade de público que vai ver as peças de teatro para o público que vai ver os shows musicais, por exemplo. É preciso que haja uma espécie de maior incentivo ou Marketing para que a parte dos shows tenha igual interêsse por parte do público. Do público presente às peças de Teatro, não há o que se reclamar. Casa cheia em todos os espetáculos. pelo contrário, faltou lugares, e as filas eram imensas.

Alguém do próprio SESC quando questionado porque não se aperfeiçoava as filas de modo que estas se tornassem mais confortáveis para o público, o funcionário respondeu que "O público que frequenta esse tipo de espetáculos, vem assistir de qualquer forma, e que a princípio não haveria necessidade de se mudar o sistema."

De qualquer modo, o SESC e a FECOMÉRCIO estão de Parabéns e o público caririense está de parabéns por prestigiar esses grandes espetáculos, com som ideal, iluminação ideal, e artistas de primeira qualidade.

Eis algumas fotos da última noite, a OVERDOZE:












Esta última foto: Alguém segurando a programação da mostra.

Por enquanto é só, pessoal. Depois eu posto mais fotos, porque são 07:44 do dia 117. A Overdoze acabou agora há pouco, e estou cansadíssimo, assim como todo mundo que estêve lá.

Fui...

Fotos: Dihelson Mendonça

.

Chico da Cascata, Amigo do Rio Batateiras

Seu Chico da Cascata e Ed Alencar

Na manhã desta última quinta-feira, dia 15, eu e Ed Alencar estivemos conversando com seu Chico da Cascata, quando solicitamos seu apoio para salvar o Rio Batateiras. Seu Chico é o fundador do Balneário Chico da Cascata, tradicional restaurante dotado de tanque para banho que utiliza água vinda da fonte do Rio Batateiras. Conforme, noticiamos aqui neste blog, o Grupo de Trabalho que coordena a campanha SOS Rio Batateiras e Sítio Fundão decidiu conversar com proprietários de sítios, clubes serranos e levadeiros para solicitar que as águas desviadas do leito do rio sejam liberadas no período das 18 às 6 horas. Aqueles que contribuirem com a campanha irão receber o título de Amigo do Rio Batateiras. O primeiro a ser contatado foi seu Chico, que prontamente se colocou solidário ao apelo. Por isso, seu Chico será o primeiro a ser agraciado com o diploma. Esperamos que os demais donos de propriedades que se utilizam das águas da fonte do Rio Batateiras tenham a mesma sensibilidade de Seu Chico. Desta forma, estaremos dando um grande passo para preservação do Rio.